Mais uma semana e mais um episódio de Pop Team Epic! Minha vida não é mais a mesma depois que comecei a assistir essa animação. Dessa vez, a história principal saiu da indústria de animes para abordar a indústria de idols a partir de um documentário. Obviamente, é tudo com muito humor e paródias que não devem ser levadas a sério sob hipótese alguma.

Alguém perdeu o episódio 3 de Pop Team Epic

Eu acho bem legal eles terem escolhido essa indústria especificamente para abordar, já que faz tanto sucesso no Japão. Além disso, realmente existe uma discussão sobre “o lado negro”, como a vida regrada das garotas e a cobrança dessa profissão. A versão de Pop Team Epic contou com uma idol que fuma e agride seus fãs, e terminou com clones e a dominação mundial. Sem falar nas referências.

Eu demorei pra perceber que o tronco está substituindo a Popuko

Uma das piadas mais legais desse episódio foi essa com Peer Gynt. A música que toca no começo da esquete (e que você com certeza já ouviu em algum lugar) foi composta por Edvard Grieg para acompanhar a peça Peer Gynt, escrita por Henrik Ibsen (Anime21 também é cultura).

No caso, ouvimos a parte chamada “amanhecer” e por isso representa a manhã. O anime quis fazer uma brincadeira com aquela sensação de acordarmos achando que está amanhecendo, mas ainda está de noite. O mais interessante foi ver a Popuko batendo na cartela com o nome da música. Isso deve acontecer bastante nos mangás pra fazer a quebra da quarta parede.

Como curiosidade, na parte de cima deste clássico “jogo de navinha” temos uma conta e uma quantidade de RTs e FAVs. Logo que percebi isso, deduzi que estava se referindo ao Twitter, então fui pesquisar o nome e… Realmente existe!

O que você encontrou? Achou que era algo engraçado?” – Tradutor, Google

Ele é um perfil criado em agosto de 2015 com um único tweet publicado no mesmo dia. Ele já é conhecido pelos fãs de Pop Team Epic, pois também foi citado em um capítulo do mangá. Até o fechamento deste artigo, a meta de 18945 RTs e 13986 FAVs não foi batida.

Apesar da zueira – mesmo que estejamos falando de Pop Team Epic – estou achando bem interessante essa interação com os fãs, assim como aconteceu no episódio anterior com a roleta da sorte. Não é algo tão comum em animes, mas é uma forma de explorar o conceito de multitelas (TV e Twitter).

Mesmo que essa esquete não queira dizer muita coisa, aparentemente eles estão recebendo críticas negativas dos fãs em relação ao conteúdo do anime, o que é bom. Não sei se isso foi uma brincadeira ou se realmente teremos piadas originais a partir dos próximos episódios. Só esperando a próxima semana pra saber. Por mim, continua nas paródias que é sucesso.

Isso é uma referência ao Brasil? Tudo bem que Mambo é uma dança cubana, mas samba é brasileiro. Além disso, tá chegando o Carnaval, né? O pior é a mistura de um japonês negro vestido com metade de uma fantasia de Escola de Samba (provavelmente, Mangueira).

Caso não tenha percebido, os dubladores de Popuko e Pipimi desta semana, na retransmissão, foram Ryuusei Nakao e Norio Wakamoto, os dubladores de Freeza e Cell em Dragon Ball. Talvez pra você possa não significar nada, mas os fãs japoneses ficaram doidos com isso. Existem diversas montagens no Twitter com os personagens, como essa abaixo:

Mesmo com essa referência de dubladores famosos japoneses, acredito que a dublagem feminina (da primeira transmissão) é mais legal de acompanhar. Tudo bem que a voz masculina deixa o anime ainda mais ridículo – o que é bom, neste caso – mas a dublagem feminina se encaixa melhor, inclusive nas nuances das personagens, como a Popuko irritada ou a Pipimi séria.

É uma coisa bem idiota, mas achei genial esse final do episódio com a ending tocando na TV do fundo. Também fiquei curioso sobre o que aconteceu depois de 30 minutos.

Eles precisam fazer um anime de Hoshiiro Girldrop! Só estamos assistindo as prévias, mas já está melhor que muito anime desta temporada. Além disso, fica o aprendizado: se você ver na internet algum título apelativo (ou algo do gênero) com pergunta, a resposta é sempre não. Provavelmente é clickbait.

Daichi e eu vamos ensaiar sozinhos?” / “Não“.

Mais gotinhas de amor na semana que vem!

Discussão