A situação foi praticamente resolvida mas infelizmente o “vilão” não pagou devidamente por seus pecados e nosso protagonista passivo nada fez. Sinceramente eu acho um pouco decepcionante o Tsutsui ser tão passivo mas até entendo os motivos. Ah e finalmente a última personagem importante apareceu e sinceramente ela é bem simpática (como já mostrou ser).

Como disse no artigo anterior, Tsutsui é um cara extremamente passivo que simplesmente acha que por conta do costume, não se fere facilmente. E até certo ponto ele não está errado porém percebe-se que possui seus limites. Toda essa situação lhe causou danos de diferentes pessoas e sinceramente foi irritante de assistir. Começando por sua suposta amiga que sequer pensou em confirmar a veracidade do boato e mesmo após os esclarecimentos não se desculpou. Depois temos o irmão mais novo e a própria mãe que duvidaram de sua índole. E apesar disso tudo ter sido de certa forma puxado para o lado cômico, teve o efeito oposto. Quando você analisa toda a situação, percebe que praticamente todos os personagens são péssimas pessoas que não tem o mínimo de consideração pelo Tsutsui e sabe qual é o pior disso tudo? Ele acha que possui parte da culpa.

De qualquer forma ao menos temos duas pessoas que salvam o anime no meio de tanta escória: Iroha e Ito. Ambos apoiaram Tsutsui em todos os momentos e acreditaram nele (o que foi extremamente fundamental) e no fim, a insegurança e o complexo de inferioridade atrapalharam tudo isso. Ok, ele não entende muito bem dos sentimentos e não sabe se expressar, mas era realmente necessário fazer aquela pergunta? Poxa, quantas vezes ela precisa dizer que o ama para ele não chegar com uma pergunta daquelas?; De qualquer forma, a Aya chegou e teremos um desenvolvimento interessante não só nela como também em outro personagem importante. E o interessante disso é a nova perspectiva é dinâmica que a história vai receber por conta dos eventos que vem por aí.

Apesar de uma animação ruim e mal acabada, 3D ao menos vem nos entregando uma história que apesar de legal, acaba caindo na mesmice em certos aspectos. Tsutsui ainda precisa evoluir para fugirmos dessa questão dos complexos e afins e irmos para novos desafios. E como dito anteriormente, a introdução da nova personagem vai acabar trazendo isso de certa forma.

  1. Eu não ia comentar nada deste anime, mas até estou a gostar da forma como ele se está a desenvolver.
    O Tsutsui tem que sair daquela casca de coitadinho, a Iroha já disse um monte de vezes que gosta dele, qual a necessidade do TsunTsun estar sempre inseguro e a fazer perguntas fúteis a esta altura do anime (na cena do festival, fiquei no lado da Iroha, ela teve razão em ficar chateada).
    Quanto ao vilão, ele não pagou o que devia, pela nojice e covardia que ele fez com o Tsutsui, é por pessoas como ele, que a vida de muitos estudantes japoneses é um autêntico inferno. A irmã do vilã, ao menos tem bom coração e forçou o irmão a ir à casa do Tsun esclarecer o mal intendido que ele gerou por motivos fúteis.
    A introdução da nova personagem, foi muito bem feita. Logo no primeiro frame que a Ayado apareceu deu para ver, que ela era das poucas personagens, que não são estúpidas e más neste anime (a Ayado e a Iroha, são as duas personagens que salvam este anime e o Ito também).
    A animação deste anime, está mesmo no patamar inferior, mas consegue fazer o trabalho minimamente bem (a cena do festival foi mediana, mas esteve longe de ser feia ou muito mal acabada).
    Espero que no próximo episódio, o Tsun ganhe mais um pouco de atitude, porque estar sempre a achar-se inferior ou um coitadinho, já começa a chatear.
    Como sempre, mais um excelente artigo Kiraht.

    • Muito obrigado XD. Sinceramente esse e um dos grandes defeitos da obra, o Tsutsun demora para evoluir seu pensamento sobre si mesmo e a históri sempre tenta justificar isso. A Iroha é na verdade alguém que acredita até demais nele por aguentar tanta negatividade e erros que não deveriam mais acontecer.
      A Ayado logo mais irá entrar de vez na história e vai ser bem interessante inclusive. No fim, as vezes eu penso que a história foca muito nessa questão do Tsutsun do que em outros detalhes que poderiam ser mais importantes.

  2. E aí peoples!!! Domingão da Lasagna e vinho!!! Yehhhaaa
    Bem, o que tenho a dizer que o Ks (O K-San e Kiraht) não disseram…Pouca coisa…Se confirma que o Hikari é aferrado a uma estratégia otaku de defesa (ele deveria escrever uma manual de defesa guerrilheira otaku para principiantes)…Pode ser um palermão, mas “gosh” a resiliência e caráter desse personagem é digno de prêmio!!

Discussão