Ao terminar de ver esse episódio fui olhar o que acontecia no respectivo do primeiro anime e vi que ele caminhava de forma mais lenta, pois o que aconteceu no final desse ainda não havia acontecido naquele, e isso quer dizer o quê? Que a história está se desenvolvendo de forma mais rápida? Creio que sim, pois não são mais necessários arcos básicos de personagens e os parâmetros para a trama se desenvolver já foram definidos. Situações se repetirem, mesmo que com elementos diferentes, é sinal de preguiça do roteiro? De forma alguma, pois mesmo em outra linha temporal acontecimentos parecidos podem resultar em finais também parecidos. Será esse o caso? Que se abra o Steins Gate!

Uma mãe não precisa ter o mesmo sangue que você para acalentar seu coração com afeto.

Se você me disser que o carinho e o amor de uma mão transcendem o tempo e a memória só posso acreditar, pois foi justamente isso o que aconteceu entre a Mayuri e a Kagari nesse episódio. Mesmo antes de ter visto o upa no episódio passado a Kagari ficou mexida quando viu a Mayuri e foi depois que os upas delas foram comparados que ela desmaiou. As duas têm o mesmo sobrenome, só ainda não sabem que foram mãe e filha em outra linha temporal, mas nem precisam saber, pois a conexão delas é algo tão forte que transpareceu o aconchego que a Kagari sente só de estar perto da Mayuri.

Foi muito gratificante ver isso nesse episódio, o que sutilmente destacou algo de relevante em toda a trama dessa obra: os laços, daqueles capazes de transcender quaisquer linhas do tempo e do espaço.

Vendo essa cena não consigo não pensar na palavra “família” para descrevê-la.

Os Labomen presentes no recinto prometem ajudar a Kagari no que for preciso e a única coisa a mais que eu poderia falar sobre esse momento é que achei um detalhe confuso: como ela foi encontrada.

Não ficou claro se ela foi encontrada sem memória quando criança ou já mais velha. Se for o segundo caso então a amnésia dela também cobre alguns anos nos quais ela viveu só nessa linha do tempo? O que aconteceu para fazer ela perder a memória? Ela estava sendo perseguida pela organização, mas conseguiu escapar e perdeu a memória no processo? Acho que foi exatamente isso ou algo parecido.

Só eu achei essa cena ambígua? Não pareceu que ela estava falando com outra pessoa?

A maior parte do episódio foi um clima de slice of life bastante agradável e divertido, mas em alguns momentos ficou claro que algo estava acontecendo e foi através de olhares e outros detalhes que indícios ainda mais contundentes de que a SERN faria alguma coisa foram dados – e ela fez mesmo.

Mais ou menos da mesma forma que aconteceu no primeiro anime, a diferença é que agora é mais fácil sacar essas coisas por sabermos a que personagens devemos observar e o que devem significar essas cenas. O grupo que está atrás da Kagari deve ser de gente da universidade que trabalha para a SERN, o Mr. Braun faz parte dela e ao que tudo indica a Moeka também. Isso ficou muito na cara quanto aos dois primeiros casos pelas cenas em que a professora vê a Kagari e que o Mr. Braun sai e na volta tem alguém de tocaia. Uma a preparação para um ataque e a outra sua ordem de execução?

A cena final lembrou muito aquela em que a Mayuri foi morta pela primeira vez, só que agora ela não parece ser um alvo, mas por estar próxima a Kagari pode acabar se tornando um, e é aí que o Okabe e a Suzuha vão ter que pensar em um jeito de protegê-las. Os outros personagens não devem estar correndo risco direto mesmo sob a mira das armas. A Maho deve ser útil para o desenvolvimento do Amadeus, então não acho que esteja em perigo. No máximo deve ser capturada caso descubra algo.

Falando na IA que andava sumida da história, ela perdeu tempo de tela para a busca pela Kagari, mas agora com a sósia de sua fonte encontrada, o Amadeus tinha que reaparecer na trama e quer forma melhor que no laboratório sendo cercada por Labomen e amigos? Era uma cena que eu esperava que acontecesse, mas não através do celular da Maho e nem que o fim dela fosse um sinal da vindoura.

Aquele momento em que a nostalgia bate e você não tem para onde correr.

O tempo parou, o Amadeus parou, a SERN já tem a máquina do tempo e agora eles estão atrás de uma viajante no tempo, Shiina Kagari. Para que exatamente querem a garota? Por que a semelhança dela com a Kurisu continua a ser algo evidenciado? Desenvolveram uma IA com as memórias da cientista que criou uma teoria bem-sucedida de máquina do tempo e estão atrás de uma viajante do tempo muito parecida com ela por acaso? Aí tem coisa! Não me estranharia se o objetivo deles fosse usar o corpo da Kagari como “receptáculo” para o Amadeus, o que seria bizarro e não sei se faria algum sentido, mas me parece ser a forma mais simples de conectar todos esses detalhes cruciais.

Isso é Steins;Gate, esses detalhes devem ser importantes e uma hora devemos saber qual é a relação que há entre eles. Por ora, a única outra coisa digna de nota que me vem à mente foi a Yuki não ter acompanhado os outros até o laboratório. Será que isso significa alguma coisa ou só foi usado para fazer a gente pensar em algo que não tem nada a ver e assim desviar o foco do que é mais relevante?

Devemos saber a resposta para isso em alguns episódios. No próximo essa situação desesperadora apresentada deve ser resolvida e se for para que alguém se machuque ou seja raptado, então que o Reading Steiner e a máquina do tempo possam ser usados para consertar o que for possível. É pelo que eu torço! Também quero que o Okabe decida logo de uma vez se vai continuar conversando com a IA e que ela volte a ter mais tempo de tela e importância na história – ela vai continuar, né, é óbvio.

A verdade é que o anime está ficando cada vez melhor, pois continua sabendo equilibrar bem duas qualidades importantes: momentos divertidos e agradáveis com mistérios e cenas de impacto. Temia que essa novo anime não fosse tão bom quanto o original, mas meus temores foram todos embora.

Mais uma vez o Okabe tem que salvar uma ruiva e sua amiga de infância! #ForçaOkarin

Discussão