Como já sabemos, Tsutsui muitas vezes foi um poço de vacilo ambulante. Cometia erros básicos que por muitas vezes prejudicou sua relação com Iroha e até mesmo seu melhor amigo Ito. Mas sempre conseguia consertar suas falhas e no fim, tudo dava certo. Agora, ele finalmente encontrou um desafio que talvez nunca consiga vencer e o bom de tudo isso é que sua vitória nem é necessária.

No episódio 11 Tsutsui estava simplesmente ótimo. Havia resolvido seus problemas com Iroha e por estar tão bem achou que deveria ajudar seu amigo. Como já sabemos, Ito gosta da Ayado que pouco tempo atrás se declarou para Tsutsui e provavelmente ainda não superou (ou já?). Ou seja, inicialmente é uma relação que ao menos nesse momento jamais daria certo e bom, o Tsutsui foi Tsutsui novamente. Tentar ajudar já era um erro por conta da situação mas no fim apenas iroha entendeu as reais intenções do nosso querido protagonista. Ou melhor, nem Ito ou Ayado entendeu de fato o que aconteceu e simplesmente seguiram aprofundando sua relação com um encontro que ao menos para Ito foi importante. No fim, Ayado me pareceu ser mais cabeça de vento do que o esperado por simplesmente não perceber que existe alguém que goste dela. Mas enquanto isso, Ito continua em sua jornada.

E apesar de tudo isso acontecer, no episódio 12 o problema realmente começou. O irmão de Iroha aparece do nada e simplesmente acha que pode mandar na vida da irmã e chega querendo exigir um término no namoro por parte de Tsutsui. Logicamente o mesmo iria recusar mas ao invés de falar com sua amada, Tsutsui consulta Ishino e ganha uma ótima idéia. E com a Ishino tendo um papel um pouco mais útil, é interessante ver a forma como o anime faz para ela ser desenvolvida aos poucos e numa boa dose. Ao nos mostrar sua “solidão” por ser a única sem um par romântico, vemos que a mesma até mesmo aceita encontrar-se com seu ex e após isso, ser enganada. Por outro lado tem a ideia e a solução que a mesma apresenta para Tsutsui quando ele precisa de uma “iluminação” para reverter a situação da Iroha para seu lado. Chika, o irmão dela, não gosta dele e se achando no direito, tenta impedir e atrapalhar o namoro. Inclusive nessa questão tem algo que me incomoda muito em 3D, os “vilões”. Sempre muito genéricos e pessoas extremamente ruins que simplesmente não tem salvação e a obra sequer trata de fazer uma redenção apropriada.

No fim, 3D acabou. Teremos sim uma segunda temporada que muito provavelmente será a última e pode-se dizer que as grandes emoções irão acontecer nela. Notícias a parte, gostaria de ressaltar a péssima animação e acabamento que o anime apresentou nos últimos episódios, em especial no décimo primeiro que simplesmente foi um dos piores em acabamento que eu já vi na vida. No mais, ainda nos veremos na resenha sobre o anime na semana que vem!

  1. Ñão vou dizer nada aqui…Bem eu vou a serie começou legal e tals , mas me enganou e não vou esperar 2019 para dizer como vai acabar pq já se no manga então senhores de 3D agradeço a excelente musica de entrada e o f racasso em terminar uma simples serie shoujo…Que fique registrado nos autos!!!

  2. Este anime como um todo, não foi mau nem bom, ficou-se pelo meio termo. Eu gosto de romances e tal, mas a forma como a história do anime foi demonstrada não foi boa. Ao ler um pouco do mangá de 3D Kanojo, eu entendi, as diferenças que o James Mays e mesmo tu, Kiraht sempre referiam, e ao ler o mangá, eu senti que a obra teve má sorte em pegar um estúdio fraco, voice actors fracos e na trilha sonora nem se diz nada.
    Deixando o meu pequeno momento de rage de lado, este último episódio, tirando os frames tortos e deformações em geral, eu gostei bastante dele, mas não foi um gostar a um ponto que me motive a ver a segunda temporada que já foi anunciada.
    Quem sabe, se pegares a segunda temporada deste anime, eu dê uma chance à mesma.
    Foi muito bom, acompanhar os teus artigos de 3D Kanoko Kiraht.

    • Muito obrigado XD. Sinceramente eu achei que anime ficou devendo e muito em relação ao original. No mais, eu gostei muito da ending porque é de uma banda que eu gosto (BiSH) mas de resto é complicado. Sobre a segunda temporada, tudo vai depender do que for lançado mas inicialmente eu não pretendo comentar sobre

      • A música da ending é boa e eu gostei bastante dela também, mas o resto da trilha sonora e aquela abertura fracas, estragaram um pouco o clima do anime.

      • A abertura pareceu-me ser cantada por uma pessoa aleatória, a letra e a sonoridade da mesma, não combinavam nada com as imagens de fundo. Eu só a abertura em questão uma vez, depois disso nunca mais.

  3. Cara vc teve muita paciência para chegar até aqui….Parabéns!!! Mas passado os meus faniquitos…Vamos a um balanço…A serie só valeu até o ep 4, daí em diante, altos e baixos. Mais baixos do que altos (e acredito que na segunda temporada vai ser o mesmo)…O Hikari começou com um personagem altamente “relatavel” para no fim virar a caricatura de um nerd teimoso em não entender pessoas em sua nerdice de otaku. Ficou unidimensional, previsivel e chatolino na forçação de barra do humor tosco, sem finesse e sem punch line….

    Bem da animação o pessoal aqui já espinafrou o que devia espinafrar. Se a animação é ruim os caras tem de se agarrar na força dramatica/humoristica do enredo, acho que foi um daqueles casos classicos de anime que o autor do manga não deu licença poetica nenhuma a equipe de animação. E o que era para ser um “feel good” anime virou uma coisa arrastada e dificil de assistir (na verdade a partir do ep 6 só assistia para ver como acabava). Voice acting foi aquilo que ouvimos, mediano…

    A segunda temporada eu ainda tenho esperanças que as coisas melhorem, pq tem bastante carga dramatica no restante do manga e material ainda bom a ser aproveitado acho que dá para salvar “os moveis da sala”.

    Para mim o opening foi o ponto alto, me surpreendia, de vez em quando, cantarolando a musiquinha…

    • Sinceramente você resumiu perfeitamente a obra. Inclusive eu realmente achei que tudo seria adaptado nesses 12 episódios (ao menos deveria) e muitas vezes eu assistia com a sensação de estar acompanhando uma história diferente do original ou daquilo que poderia/deveria ser.

  4. Só assisti ao episódio 1 e o 12 só para verificar se o protagonista da Historia, Tsutsui evoluiu alguma coisa, mais pra minha decepção ele só amadureceu 1% do que deveria e principalmente ao ganhar de Kami-sama uma linda namorada que é a mais bonita da escola, puro protagonismo pra variar. Gosto de bons romances, mais essa obra não me passou isso e sim mais uma historia de um virjão lutando incansavelmente para se manter virgem até os 30 anos para virar um mago, alías aprendi mais essa lenda urbana do mundo otaku, obrigado 3D kanojo pela informação nova e sucesso em sua 2 temporada que provavelmente só irei assistir ao último episódio novamente.

Discussão