Mairimashita! Iruma-kun é uma comédia um tanto quanto diferente. Não é nada fantástico ou fora da caixa, mas tem uma personalidade própria. Além disso é extremamente sagaz na forma como conduz a sua história.

Tudo isso devido a uma comédia que consegue contrariar expectativas criando cenários cômicos extremamente curiosos. Essa é a aventura de um frágil e inocente humano dentro de uma escola cheia de demônios que podem estraçalha-lo a qualquer momento.

Sim, Iruma é um garoto que vai parar em um mundo habitado por demônios, e de fato agora ele irá estudar em uma escola de demônios. Mas, ele não quis isso, pois Iruma foi vendido pelos seus pais irresponsáveis.

É…

O “vovô” do Iruma

Iruma é um garoto tão bondoso que não sabe dizer não a ninguém, então quando seus pais o venderam… ele meio que só aceitou.

E o demônio que comprou Iruma? Ele só queria um neto. Sim, ele trata muito bem o garoto, e o mima o máximo possível. Então ele de fato dá alguns empurrãozinhos para que o garoto se destaque entre os demônios.

Mas na verdade, tudo que o Iruma menos quer é se destacar naquela escola e chamar a atenção alheia. Pois, lembremos, é uma escola de demônios e Iruma é apenas um frágil e inocente garoto.

Uma das coisas que tenho que elogiar em Iruma-kun é a dublagem que é excelente. Poderia citar os personagens e dubladores, mas são tantas dublagens incríveis que é melhor deixar isso para lá.

Eu gostei bastante da animação também, acho que combinou muito com a proposta da obra. Aliás, Iruma-kun é adaptação de mangá. Então você pode dar uma pulada no mangá se quiser ver o que acontecerá.

Mas você não precisara ler nada para continuar a ver essa história, já que Iruma-kun já teve sua segunda temporada anunciada para 2021. Então é só esperar e se divertir quando voltar.

E espero que Iruma-kun continue contrariando nossas expectativas como tão bem faz. Isso pode ser visto quando se observa que esse é um anime com demônios. Quando alguém fala em demônios ninguém vai pensar em algo parecido com a Clara.

E falando nela, a dupla Clara e Asmodeus rende momentos muito engraçados também, já que ele é todo sério e maduro e ela toda alegre e infantil.

O azar do iruma também é um bom exemplo de expectativas contrariadas, na verdade é um exemplo hilário.

Pois de fato o Iruma é muito sortudo, já que tudo de bom acontece com ele. Só que aí entra a piada, pois ele ter sorte é em si um grande azar. Ao menos em inúmeras situações, por diversos motivos, entre eles o mais simples é o de não se destacar.

E aqui o azar-sorte do Iruma se sobressai. Tudo que ele faz chama atenção de alguém, o menino parece um imã de sucessos e conquistas. Mas no final Iruma só é um garoto normal e mediano no máximo. Tudo isso é acidental.

O Iruma é um ótimo personagem, e um dos motivos é que além de protagonizar diversas cenas muito interessantes e engraçadas, ele é a definição de boa pessoa. Não tem como desejar mal ao garoto.

O Iruma também parece ter diversas pretendentes a heroína, mas no final das contas “somente” a Amelie tem alguma atenção nesse sentido. Esse seria um relacionamento bem interessante, mas é necessário lembrar que romance não é nem de perto uma proposta da obra.

E além disso, Iruma tem ao longo do anime um desenvolvimento tremendo, o que faz o fato de eu estar a falar tanto do personagem algo inevitável. O título do anime é o nome dele, mesmo que ele seja um garoto normal, a grande verdade é que o Iruma carrega esse anime nas costas.

Enfim, será uma pena não poder mais acompanhar esse anime que tanto agraciava meus finais de semana. Principalmente depois daquele final que me deixou muito curioso para saber para onde a história irá.

Os personagens secundários são muito divertidos, e se não irei falar nada deles é justamente por ter muita coisa a dizer. Basta saber que é um melhor que o outro.

Se eu recomendo Iruma-kun? Comédia é uma coisa que você sabe de cara se gosta ou não, então deve-se sempre privilegiar a própria experiência. Vai lá ver se não viu, e se já viu seja paciente e espere junto comigo para a nova temporada que virá logo, logo.

É isso, até mais.

  1. Avatar

    Oh que bom, um dos meus animes favoritos recebendo uma resenha aqui, tô feliz!!! A trajetória deste anime merece seus destaques: ninguém dava bola ou achava nada deste, aí, na base sem falhas do boca-a-boca, foi conquistando espaço e figura entre as maiores surpresas da Temporada de Outono; com aspectos que o fariam passar por um anime infantil, pela coloração e comédia descompromissada, personagens carismáticos e um protagonista que quebra os clichês comuns de protagonistas de shounens, no bom sentido, “Mairimashita! Iruma-kun” foi um deleite de acompanhar.
    Animada pra chegar ano que vem pra ver mais. Bom que nas minhas escolhas de animes de outono 2019, de animes que não fossem continuações ou obras já populares, dei chances pra este e “Honzuki no Gekikujou” e nenhum de deles me decepcionou.

    • Avatar

      Não poderia concordar mais. Tanto “Iruma-kun” quanto “Honzuki” foram os meus queridinhos do ano passado. É por surpresas como essas que vale a pena acompanhar as temporadas.

Comentários