Noblesse é o quarto (acho) anime original da Crunchyroll e o terceiro webtoon adaptado. Desde o momento em que foi anunciado, confesso que estava animado com a ideia, afinal, esperava ver uma produção bem legal de um webtoon que gosto bastante. Essa expectativa aumentou após ver The God of High School e Tower of God, porém, quanto maior a expectativa, maior a decepção…

Primeiro devemos falar um pouco sobre a obra em si. Noblesse é um dos webtoons mais antigos dentre os mais populares e consolidados na indústria coreana. Atualmente conta com mais de 500 capítulos e encontra-se finalizado, desde o ano passado. Foram mais de 10 anos de publicação, um spin-off e uns dois episódios antes dessa adaptação. Inclusive Noblesse foi o primeiro webtoon a receber uma adaptação (ao menos dos mais populares).

Enfim, vamos comentar sobre essa trist-digo, adaptação. Logo de cara já gostaria de deixar bem claro que você precisa ver um OVA antes de assistir o primeiro episódio. Noblesse Awakening é o verdadeiro episódio 1, que mostra detalhes importantes e básicos da história, diferente desse “episódio 2” que tivemos essa semana. Ele é de 2016 e provavelmente vai ter umas boas diferenças, mas ainda assim é anos-luz mais indicado para ser o ponto de partida.

Se tivesse que explicar melhor a burrice que fizeram, tente pensar num edifício. Ele precisa de várias preparações antes de ter seus vários andares e uma parte importante disso são os alicerces. Esse primeiro episódio tenta construir o prédio sem os alicerces, apenas fazendo os andares, um em cima do outro. E como mencionado acima, o OVA é de 2016 e provavelmente não faz parte da mesma ideia que essa temporada feita pela Crunchyroll tem (apesar de você também poder encontrá-lo na plataforma).

Mesmo eu que conheço a história, os personagens e tudo mais fiquei perdido por alguns bons minutos. Tudo o que acontece não faz muito sentido, ou melhor, até pode ter, mas você não entende o que veio antes. É como se você assistisse uma partida de futebol a partir do segundo tempo e o placar estivesse 2×1 para o time da casa. Tu não sabe como foram os gols, quem os fez e por aí vai. Então perde o interesse na partida ou simplesmente continua assistindo para ver no que vai dar.

Sério, se pergunte sobre o que você entendeu da história. Você sabe que a obra se passa num colégio japonês, que o diretor é servo de um aluno e tem um agregado na casa deles que parece ter habilidades sobre-humanas. E do que adianta saber disso tudo? Nada, pois não tem nenhuma outra explicação sobre tudo isso e parece que não vai ter. A obra indicou apenas que vamos ter alguns flashbacks sobre partes específicas e pronto.

Já sobre a adaptação, houveram mudanças relativamente importantes. A história originalmente se passa na Coréia e os nomes dos personagens humanos é obviamente coreano. A localização para o Japão faz muito sentido, considerando que o maior mercado desse setor é o japonês, mas bem que poderia ter seguido o exemplo de The God of High School que manteve as origens e fez adições que tornaram a história bem mais interessante.

Mas ok, “digamos” que esses problemas não estivessem presentes, o restante consegue se salvar? Bom, nem tanto. A partir do momento que você começa a desgostar de uma obra, fica difícil o restante te agradar e com isso, mesmo aquilo que não é necessariamente ruim fica ruim. Então, sendo franco, não deu para aproveitar o restante, seja o visual, as músicas de abertura e encerramento e por aí vai.

Na verdade ficou a impressão de que eu estava vendo um OVA de alguma obra mais antiga e desconhecida. O design dos personagens ficou bem legal, dentro do esperado, mas o restante ficou meio pobre, simples e nem a parte técnica animou. Para piorar, a história inicial foi bem ruim, sendo o clichê dos protagonistas enfrentando os delinquentes por algum motivo inútil.

Enfim, o começo foi completamente desanimador e a sequência obviamente não empolga. Como um fã da obra original, vou continuar assistindo para ver no que vai dar, mas sem esperar nada (ainda que tenha espaço para piorar). Além disso, vale destacar que estamos tratando de uma obra do selo da Crunchyroll, algo que na teoria deveria ter uma grande qualidade.

  1. Avatar

    O OVA de Noblesse no Crunchyroll está legendado em Inglês, muitos não conseguirão acompanhar… E, pra piorar, eles colocaram o novo episódio em uma designação diferente, como se fosse outro anime…

    Mas, sigamos em frente!

  2. Avatar

    Pois é, o que está ruim pode piorar, infelizmente.

    Engraçado que eu só fui lembrar que talvez tivesse na CR depois de terminar o artigo, tamanho o esquecimento e o descanso por parte da equipe de produção.

Comentários