Nesse episódio, logo na primeira cena, apresentaram algo extremamente importante para a consistência em geral da obra. Maki está doente, muito doente. Ao que tudo indica, ela sofre de tuberculose, e a debilitação que essa doença lhe causa, mais a frente no anime, nos apresentará a mais bela situação de combate de Blade. Desculpe pelo spoiler.

Ler o artigo →

Temos uma breve calmaria para Rin e Manji, que após protagonizarem os últimos eventos, se hospedam na casa do Mestre Sori, o espião do governo e artista de coração. Mas o central desse episódio é a história da família de Habaki!

Condenado à morte por seu fracasso retumbante, Habaki, agora desprovido de qualquer poder ou influência, usa como cartada final uma última súplica, a qual é concedida pelo poder monárquico, ganhando assim um mês de prazo para acertar a sua vida e, com honra e dignidade, retirar a própria vida. Ele foi um funcionário renomado, por isso possui alguns méritos de carreira que justificam essa colher de chá.

Ler o artigo →

A jornada do egoísmo ao altruísmo é representada pela empatia. Na relação direta, proativa e inevitável com o outro.

Chikyuu ga Ugoita Hi, narra um evento real, dramatizado em formato de animação. O desastre ocorrido em 1995, quando um terremoto assolou diversas cidades do Japão, incluindo Kobe, a cidade retratada no anime em questão.

Ler o artigo →

O episódio 16 de Blade, ou Mugen no Juunin para os íntimos, pincela as consequências definitivas das ações de Blando, nosso médico serial killer. Os experimentos multiplicam, mais de 100 prisioneiros já foram sacrificados. Na verdade, provavelmente, o dobro disso. Muitas das cobaias decaíram em insanidade, mas ao que tudo indica, Blando conseguiu algum êxito, pelo menos ele acredita que conseguiu, junto a alguns dos prisioneiros.

Ler o artigo →

A história da morte é a história da vida. Sakura, assim como a flor de Sakura, é efêmera, frágil e bela. Uma pessoa no limiar de seus sentimentos que pode morrer a qualquer instante.

Kimi no Suizou Wo Tabetai é um típico filme trágico afetivo que apenas os japoneses conseguem fazer; delicado e melancólico, engraçado e agridoce.
A protagonista sofre de uma doença crônica em seu pâncreas, órgão quase nunca lembrado a menos que de problema, e tem que enfrentar a dura realidade de seu fim. Sua morte é uma certeza, assim como para todos nós, a diferença é que ela sabe disso e sente isso na pele.

Ler o artigo →

Após uma pausa de uma semana, Blade volta com um episódio muito bom! Blando, o médico responsável por tentar descobrir os segredos da imortalidade de Manji, nos concede momentos intensos permeados pela quebra da razão, da ética e dos lastros humanos.

O ponto alto do episódio é a direção artística, ela capta o conflito de Blando de modo inovador. O médico, que, sem dúvida, é uma boa pessoa, que se preocupa com os seus pacientes, ou no caso, cobaias, embora seja ambicioso e curioso, acaba colapsando em insanidade.

Ler o artigo →

Um episódio legal dentre tantos episódios tortos. É meio chato até, mas se conseguem fazer um episódio coeso, sem trancos, com elaboração e diálogos claros e completos, poderiam ter feito isso em outros episódios. É fato que estão adaptando as mesmas falas e cenas do mangá, com pouca ou nenhuma edição das mesmas, tirando as inúmeras simplificações. O problema real do anime tem sido o equívoco em retirar trechos importantes, suprimir personagens e sagas que contribuem para a estrutura geral da obra, mas que não são substituídas, e também o anime não é reorganizado para que novas coisas, além mangá, preencham essas lacunas. O resultado é uma ambientação repleta de furos, trancos e coisas mal e insatisfatoriamente desenvolvidas.

Ler o artigo →

Porco, o guardião da barragem da colina, é um anime em formato de ONA composto de 10 episódios com uma média de cinco minutos cada. O nosso protagonista é um jovem Porco, designado, indiretamente, como a pessoa mais importante para o vilarejo onde habita.

Sua função é simples: manter o moinho de vento girando para afastar a nuvem tóxica que se espalha por toda a fronteira além da colina. Essa tarefa da qual é responsável é uma herança familiar, sendo o seu pai, um porco adulto, um pesquisador e aventureiro, o qual, em face a situação com a qual se depara, habilmente constrói o moinho, a defesa que protege a todos e a tudo da nuvem sombria que avança, ou avançaria, caso não fosse contida.

Ler o artigo →