Superstar!! é a terceira geração de Love Live! (Nijigasaki é considerado um spin-off dentro da franquia) e uma geração diferente, afinal, dessa vez só temos cinco integrantes, doze episódios e uns horários de exibição malucos que fizeram o anime atrasar bastante para terminar.

De toda forma, o importante é que essa geração da franquia trouxe um ânimo novo e uma história que até a metade pareceu um pouco menos clichê do que geralmente é, mas a verdade é que Superstar!! é bem parecido com todos os outros animes, até em ser apaixonante. Vamos a ele?

Ler o artigo →

Muitos grupos de idols escolares para poucas vagas só poderia resultar em eliminação por grupo mais zoeiro e nesse caso nossas heroínas do Liella! tem uma vantagem, apesar desse episódio ter sido mais drama que qualquer outra coisa.

Algo inusitado se pensarmos no primeiro centro da Sumire e no rap incorporado ao leque de gêneros do grupo. Sem mais delongas, vamos falar desse episodio Galaxy!?

Ler o artigo →

E começa um novo Love Live!, não outro anime, mas um novo evento no mundo de Superstar!!, que a gente saber ser o mesmo mundo dos outros animes. Mas para não dizer que não tem anime novo, anunciaram a segunda temporada de Niji para o ano que vem. Ebaa!!!

Em todo caso, focando em Superstar!!, nesse episódio vimos como se deu a escolha do nome do grupo quando, na verdade, a escolha foi por votação dos fãs na vida real. É sério? É sério! Ainda assim foi um bom episódio? Me acompanhe que irei lhe explicar o porquê!

Ler o artigo →

Como sempre nas gerações ditas “oficiais” de Love Live!, a ideia para salvar a escola é atrair novas alunas. Essa é a melhor saída mesmo, a questão toda era por que não unir o útil ao agradável fazendo isso através do trabalho de idol, que está na moda no Japão desde tipo sempre? A explicação veio e apesar dos clichês e outros pontos de incômodo posso dizer que gostei. E teve música, né. Posso converter você também?

Ler o artigo →

Eu me pergunto como deve ter sido a reunião entre os integrantes da equipe criativa do anime para decidir os rumos da trama.

Porque, sério, foi muita trollagem em seis episódios dar a entender que a escola não seria fechada para no sétimo recorrer a esse plot batido que é a cara de Love Live!, como também a cara da mediocridade.

Ainda assim, eu consegui gostar do episódio e agora vou explicar o porquê.

Ler o artigo →

O clichê do salvamento na infância sempre funciona comigo, sabe por quê? Porque se tratam de crianças, então eu super consigo entender a caracterização das personagens, assim como o tipo de promessa que fizeram e o tipo de amizade que se desenvolveu entre as duas, Chisato e Kanon. Acho que a Chisato complicou um pouco demais as coisas, mas no final deu tudo certo, né? Vamos aproveitar o verão?

Ler o artigo →

Esse foi o episódio da Chisato e nele vimos como o aquecimento global tem infligido um verão escaldante aos japoneses (coisa que pudemos confirmar pelas Olimpíadas, as quais provocaram adiamentos em alguns episódios de um certo anime aí…) e que a dinâmica de gato e rato da Keke com a Sumire é super divertida, mas claro, o principal era a Chisato e como ficaria a relação dela com o grupo. Vamo nessa?

Ler o artigo →

Por que a Heanna Sumire é um meme ambulante? Porque toda geração tem esse estereótipo e ele não pode deixar de existir. Não sei se você acompanhou meus artigos de Nijigasaki, se sim, sabe que apelidei a Kasumi de Kasumeme porque ela tinha essa função mesmo na história. Além disso, foi bom ver a Heanna trazendo novos cores ao grupo e a dinâmica do anime, se integrando de forma bem bacana ao grupo.

Ler o artigo →