Uma coisa que sempre desconfiei era sobre os ditos “animes para criança”. Sempre tão tachados como bobos e por não trazerem um conteúdo sério e relevante. Se muitas vezes são assim, e certamente há o espaço para serem assim, de forma alguma precisam ser assim. Na verdade, talvez justamente por ter esse público alvo é que deveriam dizer algo de importante.

E não raro olhando para as mensagens que essas obras expressam me pergunto quantos adultos, os que tanto se orgulham de ver suas “coisas sérias”, já as tenham esquecido. E esse episódio mostrou que uma coisa pode ser “infantil”, mas ainda assim impactante e admirável.

Ler o artigo →

Depois de uma sequência de episódios de qualidade bastante duvidosa parece que o anime finalmente conseguiu engatar uma sequência de excelentes episódios. E as coisas só parecem melhorar. Se esse episódio quarenta e um foi bom então o seguinte foi ainda melhor.

Ler o artigo →