Sangatsu9

Olá, pessoal! Aqui estou eu, Tamao-chan, trazendo mais um post de Sangatsu, e desta vez atrasada pra caramba. HIUSFDHUI

Pois bem, atrasei por diversos fatores, incluindo as pesquisas que precisam serem feitas para que seja entendido o básico do Shogi. Claro que o anime não se foca apenas no jogo, mas em todo o contexto social em que o Kiriyama passa. A vida cotidiana de Rei continua pacata como sempre, mas podemos perceber algumas mudanças de seu ponto de vista ao ver certas personagens, além de reencontros que mudarão um pouco a sua vida. Bem, vamos embarcar nesse trem! (Frase que pode ser interpretada de várias formas, dependendo se você percebeu a referência no anime, ou não)

Curta o anime21 no facebook:

Bom, eu gosto de começar com a parte Slice of Life dos animes e depois cair fundo nas explicações sobre esportes/jogos. Como é um anime com a parte “pacata” bem presente, é importante destacar algumas coisas que aconteceram durante os episódios, então lá vamos nós!

No episódio dois já somos apresentados a um dos meus personagens favoritos, o Nikaidou (inclusive, no mangá a autora o compara com o Morita de Honey&Clover por serem personagens parecidos, porém com cara de que comeu demais e agora engordou). Ele é aquele típico personagem rico que quer ser incluído nas coisas, sendo que ele é o próximo adversário de Kiriyama, como mostrado no episódio 3. E também somos apresentados a outros personagens peculiares, como Smith-san, o homem que inventou de fazer Kiriyama pagar por bebidas depois que um dos seus oponentes perdeu o jogo, e ainda fazer como que este veja a Akari no bar de sua tia, onde trabalha como atendente. E sua beleza fez Rei pensar que ela fosse uma pessoa completamente diferente, mas ao ver que seus trejeitos e maneira de falar não mudaram, convenceu-se de que continua sendo a mesma.

No terceiro episódio, temos o jogo de Nikaidou e Kiriyama, e este começou a se lembrar do passado, no qual nunca esqueceu a cara de tristeza de seu adversário e vê isso se repetindo após a partida atual. E, mais tarde, vemos mais uma vez o carinho e a afeição que as irmãs Kuwamoto têm por suas avó e mãe que morreram. No dia de Obon, montaram com total preocupação em preparar um jantar especial, além de um cavalo de pepino e um boi de berinjela, simbolizando a vinda para o jantar e a volta em segurança para a sua ”nova casa”.

E no quarto episódio, temos o dramalhão da Hinata para fazer o almoço de seu crush, não conseguindo entregar no final das contas, o acalento do abraço de Akari, e ainda o encontro de Nikaidou com Kiriyama (veja bem, não coloquei o contrário porque o protagonista gosta de estudar sozinho e o menino só foi entrando no apartamento dele sem aviso prévio), que culminou com o encontro das três irmãs, as quais os convidaram para jantar em sua casa (e somos apresentados a gostos peculiares da irmã mais velha).


CONHECIMENTO BÁSICO SOBRE SHOGI:

Bom, eu não sou nenhuma especialista sobre Shogi, mas umas pesquisas resolvem sempre, não é mesmo? Só resolvi colocar, por enquanto, alguns detalhes básicos sobre o jogo, já que os mais profundos virão a ser explicados nos próximos episódios e virei a cobri-los.

Bem, Shogi é um jogo de tabuleiro, assim como o xadrez, com dimensão de 9(filas)x9(colunas), onde cada jogador de cada lado recebe 20 peças. As vinte peças são: um rei, dois generais (sendo dois de prata e outros dois de ouro), dois cavalos, duas lanças, um bispo, uma torre e nove peões. É um jogo estratégico e dinâmico que pode-se até utilizar das peças que você descartou do seu adversário.

E nos episódios 2 e 3, fala-se sobre a promoção de peças. A promoção é feita de duas formas: opcional, quando você chega nas últimas três linhas do campo do adversário, e obrigatória, quando a peça que você usou não tem mais movimentos, e para sinalizar, é só virar a peça ao contrário e aparecerá o nome da peça promovida. As únicas peças que não são promovidas são o Rei e os Generais de Ouro.

—————————————————————————————————————————————–

Bom, espero que eu tenha conseguido deixar claro tudo o que quis dizer sobre os episódios. No próximo, dependendo do desenrolar da história, falarei como as peças se movem e mais um pouco sobre a história do Shogi.

Obrigada por lerem até aqui, e nos vemos no post de Udon!

Revisado por Tuts

Sangatsu no Lion está disponível no Crunchyroll.

Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Por agora, escreverei somente sobre o episódio quatro, o recém-lançado. É incrível como há uma mudança intensa entre cenas de forma bem simples, como pode ser observado na cena onde encontramos Hina comemorando o Home Run de Takahashi e, em segundos, à cena mudou o foco para o passado misterioso e amoroso de Rei. Talvez esse fosse o efeito pretendido: mostrar-nos como à mente de Rei é facilmente perturbada. Afinal, estamos no mundo de Kiriyama Rei.
    Mudando de foco, gosto bastante do Harunobu. Depois de sua chegada ao apartamento de Rei, notei que nosso personagem principal teve muito mais falas. De fato, os dois são melhores amigos. O episódio foi mediano-bom, em minha opinião.
    Fora isto, ótimo post. Até!

  2. Sangatsu no Lion até agora tem sido um dos animes que mais tenho gostado de acompanhar. Eu gosto muito de animes slice of life e Sangatsu no Lion está a ser um dos melhores animes deste género que vi este ano. A história parece ser bastante boa, a animação não tenho nada a reclamar, desde os backgrounds ao design dos personagens está tudo excelente, já para não falar das osts boas e a sua excelente utilização na trama. O protagonista até agora é ok, o Rei vai ser daqueles personagens cujo o desenvolvimento vai ser lento, mas no final vai valer a pena a espera, a cada episódio o Rei vai mudando e isso já se viu nestes 4 episódios, quando chegar ao último o Rei vai ser irreconhecível. Agora as irmãs, como não gostar da alegria contagiante que elas proporcionam, a Akari, a Hina e a Momo são personagens super carismáticas. A Akari é quase uma mãe para o Rei, a maneira que ela trata com tanto carinho o Rei, uma pessoa que sequer faz parte da família dela, só prova que ela é uma excelente pessoa. A Hina é a irmã do meio, eu rio muito quando ela fica atrapalhada cada vez que se atrasa. A Momo é super kawai e engraçada ela e o Poco são os mais Kawai da temporada. Até agora o personagem que mais me surpreendeu até agora foi o Nikaidou, a primeira vez que ele apareceu, não fiquei com as melhores impressões dele, mas estava enganado, ele é um excelente personagem, só é pena que nem tudo nele sejam flores, eu sei que o anime tem drama, mas não precisa ter problemas de saúde e mortes em tudo. A alcunha que a Momo lhe pôs foi muito boa, Bodoro (pelo formato do Nikaidou , mais um pouco ele era parecido com o Totoro).
    Até agora tenho gostado de tudo neste anime, principalmente como ele desenvolve o psicológico dos personagens, desde o simples jantar das irmãs com o Rei, as falas dos gatos, a forma como eles vivem o quotidiano, tudo o que este anime mostra é bom.
    Depois deste anime vou-me sentir uma porcaria, no que se trata de jogos de tabuleiro, eu sei jogar muito bem damas e um pouco de xadrez, mas acho que se experimenta-se o shogi ia perder um milhão de vezes. Obrigado pela explicação sobre o Shogi Tamao-chan.
    Como sempre um excelente artigo Tamao-chan.

Deixe uma resposta