Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

É triste ver tamanha degradação em uma série que eu gostei tanto da primeira temporada. Tantos personagens interessantes, temas provocativos, combinados em uma narrativa que não é perfeita, mas que até mesmo seus defeitos adicionam personalidade ao resultado final. Essa segunda temporada, contudo, tem os personagens, adicionou alguns novos e rasos, tem um conflito bem mais preto e branco, sem propôr reflexões ao espectador, e a história em si é contada de um jeito apelativo e sem pé nem cabeça. E esse nono episódio, o pior da série até agora e sem nenhuma característica redentora, serve também como uma síntese de tudo o que foi feito errado em Psycho-Pass 2.

Ler o artigo →

Eu achei que esse episódio fosse focar na performance ao piano de Kousei, mas que nada. Ele até começa a tocar, mas o episódio é todo entrecortado por flashbacks de quando ele era uma criança maltratada pela mãe. Se o anime ainda oferecesse uma crítica contundente aos maus-tratos contra crianças, vá lá, mas nós sabemos que ele está fazendo isso só para aumentar os pontos de drama. E o pior é que quase nada é novidade. Na verdade, há apenas uma novidade, que reconheço, adiciona um pouco de profundidade ao personagem do Kousei, mas não era necessário um episódio inteiro para isso.

Ler o artigo →