Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Como avisei no artigo mais recente sobre Haruchika, os artigos de Bubuki Buranki agora sairão às segundas-feiras e nesse primeiro incluí dois episódios para ficar menos atrasado em relação ao anime. Dessa forma, esse artigo é sobre os episódios 8 e 9 de Bubuki Buranki, os dois primeiros episódios do novo arco e continuação direta um do outro, então acho que não poderia ter escolhido melhor momento para fazer isso (poderia sim, só estou mentindo para mim mesmo para me sentir melhor).

Uma notícia de última hora sobe Bubuki que talvez você já tenha lido por aí: um licenciante francês do anime deixou vazar que o anime terá duas temporadas. Não se sabe ainda quando será a próxima, só o que dá para inferir disso é que a história está bem longe de acabar. Dá tempo de aprofundar mais alguns temas e personagens, e dá para introduzir mais um monte de personagens bizarros. Esses dois episódios meio que fizeram as duas coisas, mas com ênfase na segunda.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Já havia se feito a pergunta: se burankis são tão poderosos e se existem tantos (bom, na Ilha do Tesouro tem muitos mas estão sob controle da mãe do Azuma, mas é possível que no passado outros tenham vindo para a terra como Oubu e Entei, não é?), por que não existem outros e por que ninguém os usa como armas? Não sei se os outros dois times apresentados têm intenção de usar seus burankis como armas, mas com certeza existem outros burankis controlados por seres humanos.

Há pelo menos mais dois times: um americano e um russo (duas das nêmesis do Japão moderno, é importante entender isso). O americano tem um conselheiro chamado Senhor Cara (ele se chama Monsieur Guy na verdade, mas não posso evitar a piada infame) muito suspeito que, dizem os rumores, vem de uma linhagem de portadores de coração também. Cadê o coração dele? Mistério. O coração da equipe americana parou de funcionar.

A equipe russa é mais maluca de pedra ainda. O coração é um moleque bonitão e dois dos membros são suas irmãs (gêmeas?) bonitonas que … estão apaixonadas por ele? Eca. E tem mais dois caras que eles tratam feito lixo e mesmo assim os obedecem, vai entender. O coração do buranki deles foi roubado pela Reoko e eles atacam sua propriedade para tentar recuperá-lo, mas são enganados porque além de boa em se disfarçar, a Hazama é boa em disfarçar corações de buranki também. De todo modo, o importante aqui é que o time Reoko roubou o coração de outro buranki.

Por quê? Será um backup para caso o pior aconteça ao próprio coração? Talvez a Reoko até já tenha destruído e trocado de coração algumas vezes? Talvez seja apenas para eliminar um adversário? Talvez ela apenas queira a paz mundial, impedindo a existência (e as disputas) de vários burankis? Quantos outros, por qualquer que seja a razão, será que a Reoko atacou? De todo modo isso parece justificar parte da má fama dela.

Esses dois episódios foram basicamente assim: americanos atacam time Azuma para roubar o coração do Oubu e russos atacam a mansão Banryuu para recuperar seu próprio coração. Ambos falham – os americanos, na verdade, desistem porque o portador do coração americano vira amigo do Azuma e coisa e tal (mas o Senhor Cara não parece ter ficado feliz com isso, embora tenha evitado dar uma bronca direta). E para explicar como alguém consegue atacar o time Azuma dado que eles têm a Shizuru, a deixaram deprimida e enviaram as gêmeas russas a enfrentarem por pura despeita – por razões bizarras elas foram treinadas pelo Tsuwabuki também e queriam “mostrar” pra Shizuru que eram melhores. A Shizuru acaba com elas e sai de seu inferno pessoal.

Pensando bem, os russos também não falharam tanto assim: eles conseguiram roubar. Só não era o coração, foram enganados pela Hazama. Após a falha atacando o time Reoko, eles decidem também atacar o time Azuma, mas aí a Shizuru já está de bem com a vida e massacra eles sozinha. Entre a luta contra os americanos e a luta contra os russos o coração do Azuma (o do Oubu, não o do Azuma mesmo) parou de funcionar, como o americano. Sem conhecimento em fisiologia e anatomia buranki, nem Azuma nem ninguém sabia que tipo de ressuscitação cardiopulmonar tentar fazer ali, mas graças à Kogane e à todo mundo o Azuma descobre que só precisava do poder da amizade e quejandos.

Todo mundo feliz? Todo mundo feliz. Até o Entei chegar para, presumivelmente, retomar seu plano quase abandonado de roubar os membros do Oubu. Oh, puxa. Isso não muda em nada o quanto eu gosto da Reoko, não estou nem aí.

Comentários