Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Eu critiquei o Ranta desde o começo. Critiquei o Ranta na primeira ação estúpida dele, quando no primeiro episódio ele fez a Shihoru chorar sendo um machista idiota. Critiquei de novo no episódio dois quando ele foi espiar as garotas no banho (para ser sincero, critiquei o episódio em si por ter aquela cena; eu cheguei a mudar de ideia depois achando que era só caracterização do Ranta, mas vendo capturas de tela do episódio 2,5, que vem no primeiro disco do anime, acho que acertei na mosca na crítica inicial). No terceiro eu não o critiquei diretamente, mas fiz uma análise sobre como ele era uma presença indesejada no grupo.

E tudo isso me torna mais isento para defendê-lo agora? De forma alguma. Só quero dizer que é fácil criticar o Ranta agora quando desde o começo ele sempre foi assim e nunca ninguém se importou muito – nem mesmo seus companheiros de grupo. Até o Ranta é mais complexo do que apenas um criador de problemas, e até o Ranta já esteve certo antes. E dessa vez, pelo menos parcialmente, acho que ele está certo de novo.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


O grupo está desorganizado

O grupo está desorganizado

O que será que aconteceu para o Ranta se tornar subitamente mais difícil de se lidar do que já era antes? Nada, aparentemente. Mas apenas aparentemente. Na verdade, aconteceu uma série de pequenas coisas que colaboraram para isso. E é preciso resgatar a história do Ranta e do grupo inteiro para entender melhor.

No começo ele era fraco como todos. Teve praticamente a mesma dificuldade que o Haruhiro para matar o primeiro goblin – que eles mataram mais ou menos juntos. Na época ainda existia o Manato. O Manato era mais velho, mais competente, e de algum modo colocou ordem na casa – inclusive no Ranta. Não tenha dúvidas de que em algum momento o Manato deve ter puxado o encrenqueiro para uma conversa particular, como o Haruhiro fez nesse episódio. E te garanto que ele foi muito mais eficiente em conversar com o garoto irascível.

O Ranta tem estilo - um estilo irritante, mas é o estilo dele

O Ranta tem estilo – um estilo irritante, mas é o estilo dele

Então o grupo entrou em sua fase de ouro de caça aos goblins, e daí todos estavam mais preocupados em ganhar experiência, adquirir equipamentos e habilidades e mapear a cidade dos goblins. Sem tempo, portanto, para se preocupar com um moleque chato, não é? Não só sem tempo como também sem necessidade – o Manato era um líder em campo de batalha muito bom. Exceto pela tática dele de usar o sacerdote (ele próprio) na linha de frente. Essa falha tática e o excesso de confiança de um grupo de novatos em ascensão foi o que levou à sua morte. O Ranta ficou chocado e triste tanto quanto os demais.

Depois, não apenas eles todos estavam muito mais preocupados em vingar o Manato como tiveram sérios problemas com sua nova sacerdotisa. O sentimento de vingança com certeza era de todos, inclusive do Ranta. Nesse décimo episódio ele diz bobagens sobre a morte, que todos vão morrer mesmo então pra que se importar, mas ele pagou pelo emblema para o Manato junto com o resto do grupo. Ele também queria se vingar. Todos queriam se vingar, e essa vingança só faria sentido se todos estivessem juntos. Entorpecidos por esse sentimento e lidando com a Mary qualquer problema que o Ranta possa ter causado deve ter passado batido ou sido minimizado pelos demais membros do grupo. E também aposto que, por se sentir parte de algo – da vingança – o Ranta causou menos problemas nessa era de prata da caça aos goblins.

Ranta está em posição defensiva da mesma forma que quando o Haruhiro foi conversar com a Mary

Ranta está em posição defensiva da mesma forma que quando o Haruhiro foi conversar com a Mary

E teve a Mary. É importante eu falar especificamente sobre a Mary porque o comportamento atual do Ranta é muito parecido com o que foi o dela por muito tempo. A Mary causou problemas para muitos grupos antes do grupo do Haruhiro, tendo sido provavelmente expulsa de todos, e causou problemas para eles também. Por quê? Descobrindo sua história entende-se que ela age desse modo porque não quer estabelecer laços duradouros com as pessoas, com medo de perdê-las. E também porque não consegue se desligar totalmente do passado. O Ranta de hoje é, como já disse, muito parecido.

E quando responde, é atacando - Haruhiro nunca tem coragem de olhar nos olhos do Ranta

E quando responde, é atacando – Haruhiro nunca tem coragem de olhar nos olhos do Ranta

O Manato já foi vingado e eles estão se aventurando em um lugar completamente novo contra novos inimigos, com novos equipamentos e habilidades. Tudo o que eles aprenderam diligentemente não serve mais, precisam treinar tudo de novo, mesmo estando mais fortes. Mas falta a eles um líder capaz disso. Eles não têm mais o Manato, eles têm só um Haruhiro. Ou acha que é à toa que o episódio se chame “Eu não sirvo para ser líder” ao invés de “Eu sou uma besta quadrada encrenqueira”? Todos estão tensos e é apenas natural então que se volte a perceber o quanto o Ranta sabe ser chato quando quer (e não vou negar: ele quer com frequência demais). A Mary não se sentia parte de um grupo porque não queria fazer parte de grupo nenhum, e o Ranta não se sente parte de um grupo porque o grupo está sempre nervoso com ele.

E o que fez o Haruhiro? O que qualquer um está fazendo? Ninguém está tentando conversar com o Ranta. Só estão procurando uma brecha para pedir para ele ser menos Ranta. Não funciona assim, não funcionou com a Mary e não vai funcionar com o Ranta. O Ranta fez sim muita coisa errada desde sempre, o Ranta deu motivos para que todos o tratem dessa forma, mas ele está certo quando reclama que todo mundo culpa ele antes de tentar conversar. É difícil para todo mundo, mas pelo menos do Haruhiro, o líder, é preciso uma atitude melhor do que ficar esperando que as coisas melhorem ou apenas pedir pro Ranta tentar ser mais legal. Nem tanto porque o Ranta merece (um pouco pelo menos ele merece, que se reconheça), mas porque o grupo precisa funcionar. Ou alguém vai morrer de novo.

Quão longe vocês já foram, Haruhiro e Mary? Não existem métodos contraceptivos mágicos nesse mundo??

Falando em morrer, vou falar aqui o que o protagonista de KonoSuba falou várias vezes durante seu anime: que mundo absurdo! Desequilibrado! As minas onde eles estão têm mais de 10 níveis, e eles estão o quê, no sexto nível no máximo? E apareceu o chefe final (pela reação da Mary só pode ser). Mas já estou prevendo onde isso vai levar. Foi feito tanto alarde da habilidade de “matar com um só golpe” do Haruhiro que aposto que a Mary vai ficar para trás durante a fuga para “salvar seus amigos, porque antes amigos seus ficaram para trás para salvá-la”, e o Haruhiro vai voltar por ela e vai ver a tal linha e vai matar um chefão final com um único golpe furtivo. É um bom final, ainda que para a temática que o anime abraça pareça um pouco forçado.

FERROU GALERA!!!

FERROU GALERA!!!

    • Fábio "Mexicano" Godoy

      Você assistiu a prévia do próximo episódio? Eles estão fugindo, aí tem uma hora que a Mary fica para trás. Bom, eles podem arrastá-la a partir dali, ou ela pode simplesmente morrer, mas sou mais minha ideia ainda hein =D

Comentários