Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Um cenário novo, um monte de personagens novos, e uma narrativa bem parecida (igual?) à do primeiro episódio. Se aquele foi um episódio duplo onde após uma volta no tempo o protagonista passou pelas mesmas coisas de novo, mas de uma forma diferente, esses dois foram uma dupla de episódios nos quais o protagonista passou pelas mesmas coisas de novo, mas de uma forma diferente.

Lá como aqui, o resultado foi inconclusivo. Subaru não está nem um centímetro mais próximo da solução do novo problema. Considerando que da outra vez ele só conseguiu resolver graças à entrada de um personagem não envolvido inicialmente que salvou a pele de todo mundo, imagino que dessa vez isso será bem mais difícil pela característica mais privada e íntima do cenário. Não é como se existisse a chance do Subaru trombar com um ilustre desconhecido super-poderoso dentro da mansão a essa altura. Tampouco acho que ele vá contar para alguém (há pelo menos dois magos poderosos naquela casa) o que ele já sabe que vai acontecer. E agora, Subaru?

Curta o anime21 no facebook:

Em primeiro lugar quero destacar como a própria mansão e todos os seus habitantes são suspeitíssimos. Uma maga guardiã da biblioteca que quase sempre se irrita e ataca o Subaru (mas vá lá, eu me irrito com o comportamento dele também). Duas empregadas gêmeas com problemas de personalidade. Um mago super-poderoso e super-misterioso que está abrigando nada menos que uma das candidatas à rainha do reino. E como tudo isso se liga com a história do primeiro arco?

A Beatrice parece saber mais do que conta (bom, ela não conta nada)

A Beatrice parece saber mais do que conta (bom, ela não conta nada)

Vou fazer a pergunta direta: por que ela sai de casa com o tão importante brasão que ela não pode perder por absolutamente nada nesse mundo? E dá a entender que o Roswaal vai no mínimo expulsá-la da mansão caso ela perca o brasão. E por que será que ela tem tanto receio em ir para a cidade? Será apenas por ser “parecida” (como já deu a entender) com a misteriosa bruxa Satella? Enfim, com certeza quem havia contratado a assassina para “comprar” o brasão era alguém rico, e a única pessoa rica e suspeita que conheço até agora é o Roswaal. Não disseram que o critério para concorrer ao trono é única e exclusivamente possuir o brasão? Aquele que a Emilia não deixa de carregar consigo por nada? Mas isso é só especulação, a essa altura eu não acho que ele seja o vilão ainda.

Tudo bem, a conversa dele com a gêmea rosa (Ram) em seu colo enquanto observavam Emilia e Subaru foi muito sinistra e suspeita, mas no fim das contas parecia bem intencionada. Bom, não dá pra ter certeza disso na real, foi apenas a impressão que eu tive. E lógico que ser bem intencionado não significa jamais fazer algo ruim. Pelo menos tenho mais ou menos certeza que não são eles que estão por trás da maldição do Subaru. A Ram pareceu legitimamente não conhecer o Subaru quando ele voltou no tempo, no final do quarto episódio. Essa “culpa” eu ainda coloco nas costas do Pack, embora eu não saiba dizer se ele retém as memórias ou não.

Espero que a Ram seja maior de idade...

Espero que a Ram seja maior de idade…

As gêmeas são tão estranhas que elas merecem teorias só para elas. A Rem é melhor em tudo, mas ela sempre obedece a Ram, que parece mais convencida no geral. E que apareceu sentada no colo do Roswaal – eles têm um caso ou ele estava só “brincando de boneca”? Talvez em “algumas coisas” ela seja melhor na hora de “servir o mestre”, afinal. Será que a Rem sabe disso? Será que alguém naquela mansão sabe disso? De todo modo, me parece que a Rem tem complexo de inferioridade e problemas de auto-estima, por isso ela ficou tão feliz com o Subaru no episódio 5. Me pergunto se a Ram não a constrange e oprime. Pelo menos no episódio do corte de cabelo foi o que pareceu, e ali foi só o caso mais notório. No geral eu fiquei com essa impressão o tempo todo em que as duas estavam em cena ou que estava apenas a Rem e o Subaru tentava de qualquer forma valorizá-la.

Mas tudo isso provavelmente é secundário por enquanto. O foco é descobrir quem é que está invadindo (é mesmo uma invasão, não é alguém de dentro?) a mansão e matando o Subaru. Só o Subaru? Duvido. No episódio 5 ele totalmente pareceu ter morrido apenas porque estava no meio do caminho. No quarto episódio ele pode ter sido uma vítima colateral (claramente havia uma magia de área no local) ou talvez nem tenha sido vítima. Ainda não estou convencido que a morte dele é o gatilho da volta no tempo. E falando sobre voltas no tempo e sobre o Subaru perceber ou não, reparou na cena em que ele escorregou ao pular uma poça mas no instante seguinte estava limpo (vá lá) e os pacotes que carregava quando caiu também estavam em perfeito estado? Foi só uma piada mesmo ou aquilo significou algo mais? Como o Subaru sempre se lembra de tudo penso que ele possa começar a confundir as linhas do tempo. Assim, o que parece uma memória dissonante das outras pessoas na verdade seria do Subaru, que estaria misturando tudo.

  1. Muito bom o post mano
    Acho que faz total sentido o roswall ser o assassino em busca de uma chance com o trono e ter usado a ran pra envenenar o subaru durante os estudos (o que explicaria ele passando mal no meio do nada)
    Não sei o que pensar quanto a morte do subaru ser ou não ser catalisadora mas até agora não vi fortes razões pra duvidar (poderiam telo matado enquanto dormia)
    Afinal se o catalisador for algo como a emilia morrer ele não teria morrido antes de voltar no tempo no primeiro episódio (ou quem sabe simplismente não deu tempo)

    • Fábio "Mexicano" Godoy

      Olá, obrigado pela visita, pelo comentário e pelo elogio =)

      O maior suspeito até agora é mesmo o Roswaal, mas dada a conversa dela com a Ram não consigo acreditar que ele seja o assassino.

      Sobre o gatilho da volta no tempo não há nada para acreditar que não seja a morte do Subaru mas também não há nada para acreditar que seja. Por que o Subaru seria tão importante assim para começo de conversa? No primeiro episódio o Subaru e a Emilia morreram basicamente ao mesmo tempo. Em todas as demais mortes do Subaru é bastante provável, beirando à certeza, que a Emilia tenha morrido em algum momento depois.

      • Bom eu não diria que “não a nada pra acreditar que seja ”
        Existem vários indícios que esse é o caso
        Porem concordo que toda essa confusão no entorno da morte do subaru pode ser meramente uma forma do autor mover a atenção do leitor(no caso telespectador mas é bom lembrar que se baseia numa Light novel) para um detalhe que na verdade não indica muito

      • Fábio "Mexicano" Godoy

        O que há é correlação, coincidência, não relação de causa e consequência. Sempre que um aconteceu, o outro também aconteceu (e estou dando de barato que ele morreu pela primeira vez na mansão, embora sequer tenhamos visto isso). O galo sempre canta antes do sol nascer, mas não é porque o galo canta que o sol nasce =)

        Falando de forma realista, obras juvenis tendem a ser simples e portanto o mais provável, por razões puramente metalinguísticas, é que seja mesmo a morte do Subaru o gatilho. Mas a história em si não esclareceu o assunto o suficiente.

  2. Excelente matéria, estes episódios foram bastante interessantes, no episódio 4 o Subaru acorda na mansão conhece as empregadas, a guardiã da biblioteca etc (como já tinhas referido a um tempo atrás). No episódio 5 no inicio parecia mais do mesmo, mas ao longo do episódio fui percebendo que já nem tudo estava a correr de forma igual ao episódio anterior, é como se a volta da morte fosse ciclo vicioso mas nem sempre igual. Até agora a personagem que mais me chamou a atenção na mansão foi a Rem não sei porquê mas simpatizei bastante com ela (a Ram até agora é neutra para mim). Eu acho que a morte do Subaru no final do episódio 5 foi mais uma vez consequência de algum atentado a outro membro da mansão (Emilia) mas tenho uma teoria da morte do Subaru, será que ele não foi envenenado, alguns dos sintomas de envenenamento são tonturas, alucinações suores frios (repara que quando ele fala no final o ritmo cardíaco dele estava bastante acelerado, ele suava e já tinha alguma dificuldade na fala então ele começa a reparar que se sente mal e vomita, ele pode ter sido envenenado por cianeto (este nos primeiros sintomas de envenenamento dá alucinações e tonturas) ou envenenamento por arsénio ou mercúrio. Ou então é como tu afirmaste ele deve ter sido apanhado por uma magia de área super poderosa e o corpo dele não resistiu.
    Algumas cenas marcantes no episódio 5 foram, a conversa do Subaru com a Emilia sobre um eventual encontro (o Subaru gosta mesmo da Emilia vê-se mesmo no olhar dele) e a cena do Subaru com a Rem também foi boa, quando a Rem esboçou um sorriso o episódio até ficou melhor.

    • Fábio "Mexicano" Godoy

      Olá, bem-vindo mais uma vez, como sempre!

      Não descarto a hipótese de envenenamento. De fato os sintomas parecem convergir para isso – e aí a Ram se tornaria suspeita principal, como o Iwandesu disse no comentário dele. Mas sendo o caso, creio que faltou o anime mostrar o Subaru comendo ou bebendo algo, ficou aberta essa lacuna – claro que ele comeu algo no dia, mas se isso se torna importante para o enredo deveria ser mostrado.

      De todo modo desconheço um veneno que aja de forma súbita (entre ele começar a sentir calafrios e enjoos até estar vomitando loucamente não se passou um minuto) porém com efeito retardado, como se só naquele instante tivesse começado a atuar, horas depois dele ter tido contato com qualquer pessoa ou ingerido qualquer coisa. Só vejo relatos de reações assim quando pacotes de drogas selados se rompem no estômago ou intestino de mulas que realizam o contrabando, o que não tem nada a ver com um envenenamento normal. A maioria dos venenos que conheço age ou de forma quase instantânea, podendo a morte ser mais ou menos rápida, ou ao longo de muito tempo, por acúmulo.

      • Há uma hipótese que eu li nuns forums, naquela parte do episódio 5 em que o Subaru foi à aldeia às compras com a Rem, ele brincou com as crianças e um cachorro e aqui pode estar a resposta da morte do Subaru, o cão mordeu-lhe a mão, nesse momento ele pode ter transmitido raiva ao Subaru, os sintomas da raiva são o aumento do ritmo cardíaco, náuseas tonturas, a raiva não é uma doença que dá logo sinal, mas houve umas boas horas de intervalo entre a mordida e a morte do Subaru logo não é deslocado pensar que ele pode ter morrido da mordida.

      • Fábio "Mexicano" Godoy

        Seria uma morte muito veloz, mas vá lá, ele está em um mundo de fantasia, vai saber que cepas de lyssavirus existem por lá, não é? Hehe

        No episódio 4 embora a cena do cão mordendo o Subaru não apareça ele diz para a Emilia que foi mordido também. Então ok, o cão é suspeito. Mas seria uma incrível coincidência ele se adoentar exatamente no dia em que um assassino invade a mansão – e não uma, mas duas vezes!

  3. O Subaru mesmo não agindo sempre da mesma maneira ele é apanhado pelo loop temporal, se ele morrer outra vez no próximo episódio fico revoltado, mas se repares o cão em questão parece obra de o necromante ele parece que levou a parte de cima da cabeça costurada, logo não é impossível afirmar que o cão morder o Subaru já não fosse uma coisa pré-destinada.

      • Eu em certos animes reparo em todos os detalhes, principalmente aqueles que me chamem à atenção (nem que tenha que puxar o episódio para trás umas cem vezes).

      • Fábio "Mexicano" Godoy

        Eu busco reparar em muita coisa também, mas estava mil vezes mais desconfiados dos habitantes da mansão do que de um cão aleatório. Eu nem me lembrava que ele havia sido mencionado no episódio 4, só quando o revi, depois de já ter assistido, é que percebi. Ainda assim achei que fosse só um indício de como as linhas temporais funcionam, não que o cão em si pudesse ter um papel maior. Talvez seja ele mesmo. Vamos aguardar o próximo episódio!

  4. Se o cão for o culpado, semana que vem terás muito que falar no post de Re: Zero e eu cá estarei para comentar como sempre.

    • Fábio "Mexicano" Godoy

      A culpa sendo do cachorro ou não eu terei o que falar semana que vem, e espero te ver aqui de novo =)

      Se a culpa for do cão, obviamente te darei os créditos por ter-me dito primeiro =D

Comentários