Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Antes de mais nada, por que diabos tivemos o episódio 11 mesmo? Eu sei que reclamei sobre isso no artigo passado, mas esse episódio 12 confirmou tudo o que já sabíamos: o episódio 11 não deveria ter existido… ou pelo menos não agora.

Esse episódio 12 — que por sinal, foi bom — continuou na mesma linha de raciocínio do episódio 10, ou seja, seguindo o plot principal à risca. Tudo nesse anime gira em torno da Sumire e isso é bastante interessante, até porque ela também faz tudo girar em torno do Kei, que consequentemente faz tudo girar em torno dela também, virou uma espécie de ciclo. Após a ressurreição da garota, Kei tem um novo objetivo, fazê-la ter uma vida normal e feliz. Parece que esse será o objetivo principal dessa segunda parte de Sagrada Reset.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Primeiro de tudo, essa realmente é a Sumire? Sim, é ela, eu sei. Contudo, é a “verdadeira” ou apenas um “clone” do passado? Eu falei bem pouco sobre isso no artigo do episódio 10, mas esse episódio novamente trouxe isso de volta à tona, então resolvi fazer o mesmo. Além dela não ter confirmado se ouviu ou não a própria mensagem, por algum motivo, essa Sumire não passa a sensação de ser a real. Ficou subentendido que é a Sumire verdadeira, mas e se não for? Não é nada concreto.

Como Sumire poderia ter uma vida normal com o Escritório na cola dela? Existem duas opções: se manter escondida para sempre ou sair de Sakurada. As duas opções serão utilizadas ao mesmo tempo. Inicialmente, ela se manterá escondida, mas o plano principal de Kei para livrá-la de um futuro infeliz é retirá-la de Sakurada para que ela e sua família percam suas memórias e possam viver sem qualquer arrependimento.

Certo, mas… como exatamente ele iria conseguir tirá-la de Sakurada? Aliás, no final, isso realmente daria certo? Ela se esqueceria de tudo? Ou melhor, ela continuaria viva? São perguntas até então sem respostas. Na verdade, a pergunta mais fácil de ser respondida é justamente a primeira, que no caso, é a mais fácil de se projetar.

Sabendo que seu plano pode falhar miseravelmente, Kei então pretende criar uma espécie de simulação antes de arriscar. Convenientemente existe uma garota com a habilidade de criar um mundo dos sonhos. No caso, ela está sob tutela do Escritório, já que é uma habilidade que cria uma espécie de falsa felicidade. Algo bastante problemático, não? Enfim, Kei descobre essa habilidade através do próprio Escritório boca-frouxa e pretende usufruir dela para sua simulação.

Depois que Kei entra no mundo dos sonhos junto da Misora, dois novos personagens são apresentados: Michiru e Chichiru. A garota — Michiru — é a verdadeira detentora da habilidade, mas ela criou Chichiru — um Deus — e em sua mente “criou” também uma enorme mentira, onde a própria criação dela é o motivo dela estar naquele mundo metafísico.

Por ser um mundo dos sonhos, é óbvio que existem diferenças, mas até onde essas diferenças podem ser negativas para o mundo real? Eu não entendi bem, mas as diferenças desse mundo dos sonhos de alguma forma podem influenciar no mundo real, e é por isso que a mulher-kit-kat está investigando a mando do Escritório. Aliás, ela afirma que talvez tenha que “esmagar o mundo dos sonhos”, mas como exatamente ela faria isso? Matando a Michiru? Não consigo pensar em mais nada.

Outra coisa que me deixou confuso nesse episódio foi a aparição da Sumire no mundo dos sonhos. De que jeito ela apareceu lá? Ela tá se escondendo do Escritório, certo? Será que ela “invadiria” território inimigo e dormiria lá só para entrar nesse mundo dos sonhos? Eu realmente queria saber como ela foi parar lá. Além disso, não é a primeira vez que ela entra nesse mundo, isso fica bem claro quando ela conversa com o Chichiru. Outra coisa que também fica clara nessa conversa é que a Sumire realmente cometeu suicídio há dois anos. Já tínhamos noção disso, mas não era nada 100% confirmado.

Só pra finalizar, o que [email protected]*s foi aquele monstrão no final do episódio? Se aquilo é um mundo dos sonhos, será que aquele bicho é uma espécie de pesadelo? Aliás, a Misora… aquela Misora do final, não é a Misora que a gente conhece, né? Não sei, mas do nada ela começou a falar diferente, acho que alguma coisa aconteceu (?). Quando dormem dentro daquele mundo eles voltam para o mundo real, e mostrou a Misora dormindo, então… será que agora ela se transformou na Misora daquele mundo fantasioso? Pode ser que sim.

Existem paredes de fumaça que tapam as saídas de Sakurada, então não é possível sair da cidade nem mesmo naquele mundo. Ou seja, a simulação será um fracasso de um jeito ou de outro. Eu realmente não tenho nenhuma ideia do que o Kei fará agora, mas provavelmente será algo que faça sentido, já que ele tem feio isso ultimamente. Aliás, perceberam que nesse episódio tiveram bons diálogos? Pois é. Outra coisa, por que será que a Sumire queria aquela garota dos gatos dentro do mundo dos sonhos? Qual será a utilidade dela? Acho que isso vai ser mostrado no próximo episódio, provavelmente. Eu definitivamente não faço ideia. No geral, um bom episódio. Nada de incrível, mas foi bom sim.

  1. Por enquanto SakuSet esta se saindo um anime Ok, que infelizmente poderia ser melhor nas mãos de outro estudio.
    Acho que se Sumire sair de Sakurada ela só vai esquecer que morreu, mas ai vem outra questão: Ela não é resultado de uma habilidade?, então sair de Sakurada não apagaria a existencia dela?. São perguntas que acho que não vão responder.
    Kei ver um monstro, mas não fica chocado?, bem não é como se ele fosse muito expressivo mesmo.

Comentários