Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Na semana passada, eu deixei vocês na mão, pois fiquei uns dias sem computador, mas estou aqui de volta para expor os podres de Konbini. O episódio três, aquele que eu deixei passar, mesmo se eu não falasse dele não faria muita diferença não. Foi apenas um pouco mais do Honda com a Representante de classe, de como eles estão evoluindo no caso, e o mesmo do Mishima com a Misaki. Apresentaram alguns personagens novos, embora pouca coisa foi mostrada sobre eles, e de uma forma não tão legal. Tem aqueles dois do clube de culinária, onde a menina não teve muito destaque no episódio e, por isso, não merece muita atenção; e o garoto, Nasa, que foi seguido pelo casal secundário, e que adora cozinhar (e o faz bem). Além dele, teve o rapaz do clube de atletismo, Asumi, um cara bem fechado o qual ama o que faz.

Quero dar um foco nas cenas finais do Mishima com a Misaki que estão ficando fofíssimas. Mesmo sendo elas simples, são divertidas, como um curta estilo Tsurezure  Childern dessa temporada, sabe? Dessa vez, foi com chuva, assim como no próximo também será, onde apenas rola aquele clima, embora ninguém fale nada.

Já o quarto foi bem mais interessante que o seu antecessor, nele contamos com o festival do colégio, nunca antes visto na história dos animes. A representante e o Honda têm de participar da corrida de três pernas, onde você amarra uma de suas pernas a uma de sua dupla e ambos revezam os passos entre as pernas amarradas e as soltas. Antes da corrida, claro, eles vão se preparar, e essa preparação é bem divertida e aproxima muito os dois futuros pombinhos. No final, eles não tem sucesso na vitória, porém nada que tire o mérito do treino suado. A Misaki aparentemente tem alguma doença que a impede de fazer esportes físicos, o que a deixa triste por não poder participar, mas eles conseguem uma solução. Ela prepara amuletos de boa sorte para toda a sala e pela primeira vez se sente parte do festival. Eles vão embora juntos e começa a chover. Os dois param numa parada de ônibus e, na parada, a Misaki olha na bolsa e vê que tem um guarda chuva, mas não o usa, prefere ficar ali com o Mishima, que lhe oferece seu casaco, e, assim, chegamos ao fim de mais um episódio de Konbini.

O anime está tomando um rumo meio estranho. O casal principal é o que tem menos foco durante os episódios. Eu não sei se realmente eles são os principais, mas acredito sim que sejam. Provavelmente, estão deixando para dar um foco maior a eles no finalzinho, para nos deixar com hype, saca? Não desgosto nem prefiro o casal da Representante com o Honda, todavia, gosto deles tanto quanto os principais, então para mim não está ruim. Estou gostando de como o Honda mudou bastante com a Representante, ele ficou menos babaca e isso está fazendo-a gostar cada vez mais do mesmo. Estou sentindo um pouco de falta dos outros 4 casais da abertura, afinal se eles aparecem lá deveriam aparecer no anime também, não é? Mas ainda temos bastante tempo, é só o começo. Konbini ainda pode piorar bastante, tanto quanto pode melhorar, mas acho difícil mudar, o mais provável é que se mantenha no mesmo nível.

 Por hoje é só meus amores, um beijão e até a próxima! <3

 

Comentários