Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Neste episódio de The Reflection fomos apresentados a mais uma heroína para compor uma possível equipe para enfrentar os vilões. Por enquanto só fomos apresentados a dois heróis e uma garota ainda aprendendo a usar os poderes, então o reforço veio na hora certa. Aliás, acho que podemos continuar nesse ritmo e ir acrescentando novos personagens a cada episódio.

Suco de tomate deve ser muito ruim

Lisa é a típica nerd que realizou o desejo de se tornar uma super-heroína. Achei interessante como seus poderes funcionam, pois ela não fica limitada à cadeira de rodas, o que combina com sua personalidade de tentar ser prestativa e não deixar que os outros sintam pena dela. Até mesmo o conceito dela querer voar, apesar da deficiência, funcionou pra mim.

Ainda não entendi exatamente como a habilidade dela funciona. Ele pode estar ligado diretamente à cadeira de rodas, fazendo ela se transformar no que quiser, como o robô. Pode ser que ela transforme qualquer coisa no robô especificamente ou que ela transforme qualquer coisa no que quiser. Neste caso, o brinquedo foi escolhido pelo valor sentimental que ela tem desde a infância, mas não sei se vai ser limitado apenas a ele.

A referência das asas nos pés do robô vieram daqui

Acho que estava bem na cara que ela ganharia poderes e teria uma grande participação neste episódio, resta saber se teremos um “herói da semana” ou o anime vai começar um confronto de verdade entre as duas equipes que estão se formando. Além disso, I-Guy ainda deve se unir ao elenco principal, o que pode ser interessante. Eu gostaria de ver mais o outro lado da história para tentar entender o lado dos vilões e descobrir quem é o Stan Lee.

O anime vem desenvolvendo a relação entre X-On e Eleanor, e isso pode resultar em uma confiança recíproca até que ele finalmente comece a treiná-la. Isso pode acontecer a partir do momento em que o herói perceba que não consegue lidar com tudo sozinho. Por outro lado, ele pode simplesmente copiar os poderes dela, a não ser que exista um limite para sua habilidade.

Você quis dizer Magneta?

As quatro garotas japonesas aparentemente foram mesmo atingidas pelo reflection, mas a trama delas está se desenvolvendo paralela à principal. Eu ainda defendo a teoria de que elas cantam o encerramento do anime, mas ainda não foi definido nada em relação a história. Será que elas serão algum tipo de Quarteto Fantástico?

Entre os pontos levantados neste episódio, o evento reflection foi o que mais me chamou atenção. Além de uma fumaça preta, também teve uma luz verde que deu origem aos poderes. Pelo que foi contado, alguns foram atingidos pela luz e outros pela fumaça. Além disso, dependendo pelo que você foi atingido, seus poderes também são diferentes.

Isso me fez levantar algumas questões sobre esse fenômeno. Por exemplo, o pai da Lisa foi atingido e não morreu e nem desenvolveu algum poder. Neste caso, o que define se a pessoa ganhará poderes ou não? E por que algumas pessoas morreram e outras não? Será que essas que morreram foram atingidas pela fumaça e pela luz? E o mais importante: o que causou esse fenômeno? Talvez seja cedo demais pra responder isso tudo ainda.

O que sabemos até agora é que a fumaça influencia no comportamento das pessoas, tornando elas mais violentas, além de modificar sua aparência. Enquanto isso, a luz só deu poderes às pessoas. Eleanor provavelmente foi atingida pela luz, mas X-On pode estar escondendo seu rosto e lutando escondido por algum motivo.

O episódio teve um ritmo bem mais lento do que os outros e foi o mais fraco até então. Espero que o nível do anime não caia, pois a trama está bem interessante. As duas mulheres desaparecidas podem ser heroínas em potencial, mas só vamos descobrir isso na próxima semana.

Excelsior!

Qualquer coisa pode ser uma pista, desde um borrão até… isso

Comentários