Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Eu já estava com uma súbita revolta dessa representante, afinal, se você gosta de alguém que gosta de você também, POR QUE MOTIVOS NÃO ACEITA?

Bem… ao que tudo indica ela tem problemas com os pais, é até um bom motivo, mas não justifica o modo como o trata. Nesse caso, “não queria machucá-lo” não se encaixa, bem pelo contrário. É entendível se ele não deixasse isso claro, mas minha nossa senhora! Ele joga na cara dela e, ainda assim, ela acha que é mentira. Porém, só durou até o final do episódio. Ele também nunca tinha usado as palavras certas, mas finalmente aconteceu. Eu até entendo que você tenha certo problema para aceitar relacionamentos, mas vamos rever isso aí, não é, representante?

FINALMENTE!

Alguém pode achar que, talvez, pelo modo como ele tratava a representante, poderia ser considerado estupro, já eu acho que era apenas o modo dele dizer que a amava. Claro, há limites para o modo como você pode tratar alguém que ama. Talvez tenha gente aí que goste de arrancar a pele do seu amor como prova de sua obsessão saudável (mas na verdade não tem nada de saudável nisso). Eu só falei isso porque simplesmente não tem mais o que falar sobre Konbini. Trata-se de, até agora, um anime sobre o cu doce da representante de classe e dois bobocas que se amam e praticamente não se falam. E de vez em quando uma câmera focando em personagens aleatórios que aparecem na abertura, mas não no anime. Teve também a Mashiki falando merda sobre as personagens de mangá shoujo, afirmando que elas odeiam quem amam, quando na verdade isso é coisa de tsundere.

Tsundere me lembra Taiga, e a Taiga é legal

AH! Vocês viram que a Pablo Vittar vai participar do criança esperança? Eu imagino ela lá cantando para as crianças: EU NÃO ESPERO O CARNAVAL CHEGAR PRA SER VADIA, SOU TODO DIA! SOU TODO DIA! Aproveitando a deixa, eu finalmente vou para um show de Jorge Vercillo. Amo as músicas dele, ele por sinal veio aqui na minha cidade umas 3 vezes, mas em todas faltaram fundos, agora eu vou SEM FALTA!

Não tenho mais fatos interessantes para contar para vocês mas acho que o artigo já está com um tamanho aceitável. Até aquele anime, cujo qual eu esqueci o nome, mas vou lembrar, tenham calma… RENAI BOUKUN! Nem ele, um anime que eu não lembrava o nome, foi tão difícil de escrever sobre; Konbini merece os parabéns. Tá, não é tão ruim assim, só é genérico ao extremo. Mas bem, estou compromissado com vocês. Torçam por mim por episódios melhores.

 Até a próxima semana galera! Espero que tenham mais sorte que eu com os animes!

Comentários