Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Opa! Tudo bom com vocês? Mais uma semana veio, e junto dela mais um episódio de Aho-Girl! O episódio hoje, como o anime, veio trazendo aspectos diferentes das nossas queridas personagens. E aí, bora ver? 

Ah, por um lado, eu não vou cessar de “reclamar” de Aho-Girl ser um anime mais curto. Porém, por outro lado, não sei se um episódio de duração normal seria tão bom. Acredito que seja por conta da temática do próprio anime, não acredito que um episódio de 24 minutos seria tão bom ou engraçado.


Desde o primeiro episódio de Aho-Girl, algo que para mim havia ficado claro, é que uma das comédias que se repetiria por todo o anime, são as pancadas que a Yoshiko leva do Akkun. De primeiro momento, óbvio que minha reação era apenas rir (já que pra mim era engraçado), mas chegou um certo momento em que, de tanto que isso se repetia, o Akkun havia se tornado um tanto quanto irritante ao meu ver. Era como se a única função dele, em muitos momentos do anime, fosse ser dar uns tabefes na Yoshiko para provocar uma risada no telespectador, porém, com o tempo esse truque ou técnica parou de funcionar como um “ativador de risada” para mim.  E o que vem me agradando bastante é que, de uns episódios para cá, o Akkun está se tornando mais legal, mais normal (nem tanto), e eu comecei a inclusive entender que muitas das ações dele acabam sendo mais por impulso do que por intenção própria.

E sem dúvidas a parte mais engraçada do anime foi a Yoshiko se travestindo para consolar sua professora.

Algo que eu achei legal, é que mesmo sendo idiota  e tudo o mais, ainda sim pode-se encontrar aquela partezinha na Yoshiko onde ela quer ajudar as pessoas. E mesmo que muito engraçada, ela não fez tanta besteira ao ajudar com a auto-estima de sua professora (ainda).

A gyaru apresentada no episódio (não me pareceu muito gyaru, mas ok) para mim foi mais ou menos. Talvez ela não seja tão idiota quanto a Yoshiko, mas quem sabe com as notas que ela tem talvez um dia chegue lá, não é mesmo?

E por falar em nota, eu me pergunto como a Yoshiko passa de ano, uma vez que ela só tira zero. Espero que episódios à frente o anime dê uma breve focada nesse assunto, não?

E é isso pessoal! Espero vocês na semana que vem. Bye :3

Comentários