Olá people, é hora de Tenshi no 3P! e de tudo aquilo que me faz curtir o anime, ou quase tudo, já que esse episódio deu uma embaralhada na minha cabeça e agora vou falar mais sobre isso.

A dinâmica dele girou em torno da preparação para o show, mas nem por isso foi assim tão simples, já que as sabotagens da Yuzuha não proporcionaram só duplo sentido cômico como também uma situação desconfortável em que seu descuido a entregou. Okay, ela agiu como uma “vilã”, é verdade, mas foram casos tão bobos que não deu para levar ela muito a sério.

Trágico se não fosse cômico

Exceto pela última tentativa de sabotagem, afinal roubar os pertences das garotas é um crime e ela só não foi denunciada pela boa vontade delas. O problema disso foi a falta de diálogo em retaliação ao ato, já que o Nukui e as garotas só discutiram que era errado e que mesmo assim queriam fazer o show e não a deram um sermão ou questionaram o que ela pretendia com isso – o que é ainda mais estranho se lembrarmos que foi ela que os fez irem até lá.

A situação toda foi até bem construída até aquele ponto, mas na “hora H” foi trabalhada de forma tão rasa que praticamente jogou fora toda a importância das atitudes vilanescas que ela teve – isso se torna ainda pior pelo fato delas terem norteado quase todo o episódio.

Um suspense policial melhor que o Death Note da Netflix

Ao menos a comédia não foi proporcionada só por isso, já que também achei engraçado a Sakura ter levado sermão da Nozomi por ser tão avoada. Para uma criança vir até você dizer isso é porque a coisa tá feia, hein! kkk O legal foi que, apesar da execução bobinha, isso ajudou a resolver o caso da Yuzuha ao ser algo minimamente funcional para o roteiro do episódio. A longo prazo espero que ela não marque bobeira e consiga fisgar o coração do seu amado!

Outro ponto legal desse episódio foi a tempestade onde o protagonista mais uma vez agiu e foi atrás da sua “amiga espertalhona” para tentar ajudá-la. Ela tentar proteger o desenho a todo custo prova o quanto aquilo simboliza algo importante para ela e que suas ações em prol de expulsar as garotas da ilha tem um forte motivo – mesmo que meio destorcido –; o problema foi a “nova personagem” que apareceu nessa hora.

Orientai-vos Nozomi-sama!

Olha, vou ser sincero, apresentar uma nova loli que é a verdadeira Kiriyume me deixou com sentimentos mistos – mais desagradado que satisfeito, na verdade. Digo isso porque a Yuzuha que conhecíamos até agora não ser a mesma Kiriyume que conversava com o Nukui implica que tudo o que ela fez até então não foi por ela e sim por outra pessoa? E as cenas em que a “versão virtual” da Kiriyume falava sozinha eram da verdadeira ou da substituta? O quanto isso invalida todas as minhas suposições e impressões acerca da personagem? A raiva que a Yuzuha sentia e demonstrava ao falar sozinha era por causa dela ou da verdadeira? São essas e outras perguntas que vieram para dar um nó na minha cabeça e acho perigosas para um anime que até agora se vendeu em grande parte por sua simplicidade e equilíbrio.

Até agora tudo estava tão simples e conseguia ser bom, então para que complicar as coisas abrindo margem para inconsistências e reviravoltas aparentemente sem base para acontecerem? Acho que se essa situação toda não for bem explicada e bem trabalhada daqui em diante ela pode fazer o anime dar uma bela caída de qualidade. Somemos isso ao fato da Kiriyume verdadeira ser uma loli com a voz da Kana Hanazawa – isso eu curti, sou fanboy dessa seiyuu, admito kkk! – e temos agora cinco lolis no elenco principal – sendo ela e a Nozomi as que parecem mais maduras. Os lolicons não têm mesmo o que reclamar da obra, hein!

Será que se juntar as três dá uma mulher de trinta?!?

Ainda assim creio que a Nozomi abrir os olhos da irmã quanto a romance não é algo que careça de uma maturidade irreal para uma criança, já a Kiriyume – pelo que demonstrou até aqui – ser uma pode sim ser algo forçado pela história apenas para incluir mais uma loli no elenco principal. Espero que trabalhem minimamente bem isso de forma que fique aceitável para quem está acompanhando o anime.

Para o próximo episódio espero respostas que esclareçam toda essa situação confusa que cerca a Kiriyume e a Yuzuha e espero que a substituta não seja “abandonada” pelo roteiro. Ela foi apresentada antes e já pôde demonstrar parte de sua personalidade e um pouco de carisma, jogar isso fora para trabalhar apenas a nova loli seria uma baita sacanagem com o público.

“Nukui: O Pelé? Loli Ranger Rosa: Não, eu sou o Jô Soares SEU PIRANHO!!!”

Que no que estiver por vir a simplicidade volte a imperar nesse anime, pois foi com ela que até agora ele demostrou que pode ser levado a sério.

Bem, por hoje é só. Torço para que no nono episódio a Kana Hanazawa Kiriyume fale muito e dê um jeito nessa conturbada situação!

Melhor plot twist que você respeita! SQN!

P.S.: Parabéns a quem teve a ideia de censurar o banho das crianças com espuma e laranjas – achei criativo –, melhor que usar o “bom e velho” feixe de luz e tirar isso no BD, né…

Discussão