Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

E chegamos ao fim desse anime que me pegou de surpresa e, como em uma paixão adolescente, bastou um olhar para fisgar meu coração. Tsurezure Children é um exemplo genuíno do quanto a simplicidade e a alegria podem dar certo com a comédia e a paixão. Foi um enorme prazer ver e comentar essa obra, sendo assim, vou falar um pouco mais dele agora antes que só me reste a saudade e a nostalgia de sua lembrança.

Nesse último episódio, ao invés de quatro sketches tivemos dois momentos nos quais vários personagens deram o ar da graça – se divertindo, interagindo e fazendo planos –, e exatamente dois casais tiveram um maior foco e um desfecho digno. Um com um momento belíssimo e sincero de reconciliação, e o outro com a promessa de um meigo e fofo romance para o futuro.

Sei que o ideal teria sido todos os casais apresentados terem se acertado, mas se lembrarmos que se trata da adaptação de um mangá em lançamento e de só ter 12 episódios com metade da duração padrão, não é estranho esse final meio aberto. Se por um lado o anime nos recompensa com o desfecho de um casal, por outro ele planta a sementinha para o acerto do outro, compensando seu final incerto com a doçura e beleza do momento que fecha o anime.

Comentarei primeiro o episódio em si e depois farei as minhas considerações finais sobre o anime. Sem mais delongas, vamos ao décimo segundo episódio de Tsurezure Children!

Dia dos Esportes

Essa parte começa com um jogo de futebol entre as classes 1 e 2 no dia de esportes da escola, e reúne diversas figurinhas carimbadas do anime, desde as garotas que ficam na torcida aos garotos que querem se mostrar para elas. O legal desse primeiro momento foi exatamente ver dois dos casais mais enrolados lidando com essa situação em que geralmente é comum aquela pessoa que você gosta torcer por você e você querer impressionar ela – ou não kkk.

Depois disso já temos a grande final, agora entre as classes 1 e 4 que reúnem um bom número de meninos e meninas que protagonizaram muitas das diversas sketches que o anime teve até aqui. Destaco a aparição de dois novos personagens, a estrangeira Patricia – que literalmente “bate um bolão” – e o tagarela Noro – que parece ter uma rivalidade “peculiar” com quem tem namorada. De formas diferentes eles dão um ar cômico à situação e a garota parece ser um shipp em potencial com outro novo personagem, Keisuke, do qual ela toma a vaga no time e parece já ter proximidade. Pedido do crush é lei, já dizia a Bíblia da Paquera, não é não?! Kkk

Outra coisa legal foi ver o Chiaki se preocupando com a Kana ao impedir que ela levasse uma bolada na cara e querendo que ela torcesse por ele. É a típica situação em que o casal já terminou, mas os dois ainda sentem algo um pelo outro e ficam brigando, e depois acabam é paquerando, ficando naquele meio termo que só quer dizer uma coisa: uma segunda chance!

Por fim, essa parte acaba com a vitória do time da sala 4 graças ao belo chute da Patricia – mais conhecida como a Pelé dos animes kkk. Foi um momento leve e descontraído que valeu muito a pena pela interação entre um grande número de personagens que o anime nos fez aprender a curtir e pelos quais nos acostumamos a torcer. A Takano e o Sugawara também apareceram um pouco – já preparando o terreno para o que estava por vir.

Começa o verão

Essa segunda parte do episódio gira em torno da ida à praia combinada pelos colegas de escola e dos desencontros envolvendo o Chiaki e a Kana, o Sugawara e a Takano. O primeiro casal quer se encontrar para conversar, mas parece que não vai dar certo por causa de uma falha de comunicação. O segundo pondera se deve ou não ir à praia, mas parece que vai acabar não indo por eles não saberem direito o que fazer.

Em uma atitude digna de um bom protagonista, o Chiaki mesmo sem receber a mensagem da Kana a espera na saída do colégio e resolve o que havia de incerto entre os dois de uma forma que o anime trabalhou para fazer parecer que não ia dar certo, só para nos recompensar com um belíssimo momento em que o jovem casal termina adequadamente o relacionamento bobo e imaturo de antes para começar um novo em que eles têm certeza do que sentem um pelo outro e a determinação de se esforçarem para fazer esse relacionamento dar certo.

O momento é abrilhantado pela meiga música de encerramento e fecha com chave de ouro a aventura divertida e apaixonante que foi acompanhar esse casal de melhores amigos amadurecer de um namoro de “mal-entendido” para um namoro de duas pessoas que se amam de verdade e foram capazes de expressar muito bem a profundidade de seus sentimentos ao longo do anime – até representando muito bem os outros casais que fizeram o mesmo, mas não apareceram nesse episódio.

Por outro lado, vemos a incerteza do Sugawara e da Takano em ir ou não à praia, porque ele só iria ficar pensando nela se ele fosse e ela não, e ela só queria ir se ele fosse também. Confesso que me surpreendi um pouco com o fato da amiga dela ter tido sentimentos por ele, mas pensando que isso é mais um dos tipos de coisas que vira e mexe acontecem em histórias de amor adolescentes, só posso voltar a parabenizar o anime por, ao longo de sua trajetória, ter mostrado tanto e tão bem o que costuma ocorrer nessa fase da vida envolvendo o amor.

Por uma feliz coincidência do destino – o casal que nunca passou por algo parecido que atire a primeira pedra kkk – eles acabam conseguindo conversar a sós e a tímida e antes desatenta Takano toma a iniciativa de puxar o assunto da praia com ele e de expressar que gostaria muito que ele fosse. Rendendo um momento singelo – porém, tocante – que foi quase uma declaração e abriu caminho para os dois se acertarem e começarem a namorar no futuro.

Foi ótima a forma como o anime trabalhou o desencontro e o pessimismo até o último momento no qual houve a virada, e não só o casal de ex-namorados pôde se acertar como também esse tímido e fofo futuro casal pôde dar mais um passo em direção a realização de seus mais profundos e sinceros sentimentos. Foi um final adequado de acordo com tudo o que vinha sendo trabalho até aqui com relação aos dois – eles começaram a namorar agora, seria muito rápido em comparação a forma como vinham acontecendo as coisas entre eles, e isso é algo que vejo com mais clareza agora – e que deixou tudo com um gostinho de quero mais, dando no telespectador uma vontade de saber o que vai acontecer nesse verão que está por vir. Aliás, um verão com cara de primavera para todos esses casais incríveis que transformaram essa história tão simples em um anime excelente que aposto que deixou você com um sorriso – assim como me deixou ­– ao terminar de assisti-lo!

“Começa a primavera no meu coração!” ❤

Considerações finais

Foi um prazer sem igual comentar semanalmente um anime tão pra cima e tão gostoso de se assistir! Tsurezure Children não é daqueles animes com uma história que faz refletir profundamente sobre a vida ou que passa uma mensagem tida como relevante, mas sim uma obra que trabalha coisas do cotidiano de jovens e adolescentes – seu público-alvo – que já passaram ou que vão passar por situações parecidas em algum momento de suas vidas.

É uma obra que dialoga diretamente com seu público, que mesmo trabalhando quase sempre em prol do humor ou do romance não deixa de ter um pé no chão e de, apesar de não parecer, passar uma mensagem que é o quanto é bom e belo o amor na juventude, do quanto o diálogo, o respeito, o carinho e a gentileza são sentimentos que devem ser cultivados não só entre você e a pessoa que você ama, como também entre você e seus amigos e familiares. É um anime com uma mensagem gratificante que dá prazer como comédia, como romance e como história capaz de mostrar um lado positivo e, ainda assim, realista da vida.

Acredito que a nota final de Tsurezure dispense comentários e se o anime não esbanjou em animação ou trilha sonora – ambos simples, mas consistentes e condizentes com a proposta – foi excelente em enredo, roteiro e direção – conseguindo extrair o melhor possível da maioria de suas situações, trabalhando personagens e suas histórias de uma forma verdadeiramente cativante!

Não estranho quem não foi tão cativado assim pelo anime e o achou apenas bom ou muito bom, mas vocês já devem estar carecas de saber que para mim o anime merece fácil as cinco estrelas e espero que vocês tenham gostado das minhas análises dele, e que tenham compreendido porque achei esse anime tudo isso. Já um dos dez melhores do ano para mim, sem sombra de dúvidas!

E é assim que me despeço de Tsurezure Children, espero que seja apenas um até breve no anime – que, no caso, ele tenha continuação –, pois já é certo que lerei o mangá e acompanhei essa obra, que considero tão especial para mim, até seu fim. Como última mensagem só gostaria de dizer uma coisa: “amem e se deixem ser amados”. Eu tenho certeza de que foi possível aprender um pouco a como se fazer isso com essas crianças.

  1. Amei esse anime do começo ao fim!
    Quanto à amiga da Takano, não é esta a que pediu pra Takano entregar a cartinha para o Tsugawara (rendendo um dos momentos mais fofos desse anime já fofo e transformando esses dois no meu casal preferido)?

    Queria ter visto mais da menina de cabelos rosa e do senpai do clube de astronomia…

    Bem que podia ter mais uma temporada, né? rsrsrs

    • Poxa, bem lembrado, acho que era ela mesmo. Vendo agora até a confissão indireta foi algo mostrado no anime.
      Também queria, mas resolveram priorizar alguns casais e como a história dela era mais enrolada acho que deve ficar so para uma possível segunda temporada mesmo.
      Que bom que também gostou do anime, Tsurezure é uma obra que merece muito amor de seus fãs ❤!

  2. thiagofrancodeoliveira

    Parabéns pelo Texto,assim como vc eu gostei pra caramba desse anime,Bela msg vc passou no final,realmente estamos precisando de muito amor ultimamente pq dar foda,ansioso por umas segunda temporada e pelas resenhas dos animes na próxima temporada

    • Fico feliz que tenha gostado! A mensagem de Tsurezure é realmente singela e bonita, algo que sempre precisamos muito, ainda mais nos dias de hoje. Também estou cruzando os dedos para que esse anime tenha continuação e para que a próxima temporada seja ainda melhor que essa e renda muitos bons artigos também.

Comentários