Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Esqueça Selos de Comando, Espíritos Heroicos ou o Santo Graal, tudo o que você vai ver nesse Fate é o Shirou cozinhando para a moçada, explicando a receita bem didaticamente e curtindo dias de paz e tranquilidade ao lado da Saber e dos seus amigos. Esse é o Fate que deu certo e agora falarei porquê!

Curta o anime21 no facebook:

Nada como fazer a best girl ficar feliz com uma comidinha, não é mesmo ❤?!

Brincadeiras à parte, Emiya-san Chi no Kyou no Gohan é um spin-off de Fate/stay Night em mangá que agora ganha sua adaptação em anime com um episódio a ser lançado por mês. Produzido pelo Fate Master estúdio ufotable, a qualidade visual e de produção em geral da obra é excelente e casa perfeitamente bem com o clima slice of life que pode se esperar dessa premissa dentro da franquia.

Confesso que sou bem leigo quando o assunto é Fate – apenas vi o Apocrypha e os especiais de Grand Order –, mas acredito que não é necessário conhecer tanto a obra para ver esse anime, apenas entender o que é a luta pelo Santo Graal e como ela se desenrola já faz o telespectador perceber o contraste que é uma serie da franquia em que não há lutas e guerra, apenas uma disputa limpa e saudável para ver quem cozinha tal prato melhor? Não duvido que isso ocorra nesse anime.

Se você é fã de Fate e quer ver algo fofo, leve e que pode te abrir o apetite e deve ensinar pelo menos uma receita por episódio eu com certeza indicaria esse anime, pois ele é bem agradável de se ver e ao menos esse primeiro episódio teve metade da duração de um normal, então não é como se você perdesse muito tempo vendo esses personagens – dos quais você provavelmente já gosta – vivendo uma vida pacata provando da comida do Shirou. Se você não é fã da franquia e nem viu nada dela até agora talvez essa não seja a melhor forma de adentrar nela – afinal, trata-se de uma série bem diferente do que se vê nas principais –, mas se gosta de slice of life talvez deva dar uma chance.

Dá para esperar desenvolvimento de personagem nesse anime? Acho que não, no máximo uma boa dinâmica entre o Shirou e a Saber, o que pode levar a algum desenrolar romântico? Não faço ideia, mas acredito que o foco seja na cozinha e que o máximo que podemos esperar sejam momentos fofos, diálogos triviais ou que reforcem as relações interpessoais na obra e muita, mas muita comida com uma cara boa que pode abrir seu apetite e te fazer pedir por mais do melhor Fate até agora!

Como o anime foi ao ar dia 31 de Janeiro de 2017, estou ansioso para estar com ele em 2018!

Comentários