Quer ver garotas colegiais sensualizando? Quer ver pancadaria animalesca? Você quer Killing Bites!

Especialistas advertem: este anime é contraindicado caso o telespectador não suporte fanservice gratuito ou porrada por porrada ou animes meio trash para vender bonecos ou similares. Repito…

Killing Bites começa já com uma cena de estupro que acabou em uma chacina – e me desculpem a honestidade, mas estuprador morrer pelas mãos de quem ia fazer de vítima é muito do bem feito! –, uma luta até a morte(?) da protagonista furry(?) contra o Leomon, que está fazendo bico até o próximo filme de Digimon Tri – sendo o Leomon, se ele não morresse e ressuscitasse não era ele –, e o bom e velho “vou deixar a/o protagonista aos seus cuidados para ela/ele ganhar ‘X(humanidade?)’, enquanto põe a sua vida em risco envolvendo você em Y(jogos de vida ou morte) com ‘Z(mutantes estranhos)’”. Se não curtiu essa “sinopse”, desista, se curtiu  você só quer ver mulheres bem-dotadas sensualizando, o que não julgo continue a ver o anime, pois pode ser divertido e ter porrada.

Na Legenda: “Leomon/ Atuou em Digimon e continuações… mas faz bicos”

Okay, esse parágrafo de cima ficou bem zoado, mas o que é Killing Bites se não isso? Não me leve a mal, eu gostei – eu gosto de cada coisa… –, mas, por exemplo, nós sabemos que mesmo que expliquem o fato das mulheres não ficarem completamente animalescas – e aparentemente os homens sim – isso na verdade é só para vender para o público a imagem da garota bonita, peituda, “gostosa” com orelhinhas, garras e rabo animais. É um anime fetichista com fanservice a torto e a direito? É – até nudez teve – e vai continuar sendo, mas se você quiser ver pela porrada, pelo sangue, pelas “tripas”, acho que vale a pena também, pois mesmo a primeira luta não sendo “uau” ela até que foi legalzinha – mas precisava mesmo ficar dando nomes aos golpes? – e pode melhorar com o passar dos episódios. De resto temos um protagonista que não fede e nem cheira – será ele uma alusão a qualquer “virjão” que vê um anime desses achando super legal e queria estar na pele dele?

Quando a garota é mutante e menstrua…

Zoeiras a parte, levar esse anime a sério é difícil, mas não é que ele seja ruim, é só que a proposta é do tipo que costuma, e já está de bom tamanho se fizer isso, entregar: fanservice, porrada e clichês; então se você espera algo mais “cabeça” dele, algo que faça algum sentido, que aprofunde bem os personagens ou não sexualize menores de idade – acho que a protagonista não tem mais de 20, e 20 é a maioridade no Japão, né? – você vai estar vendo o anime errado. Inclusive, o ponto de conexão do telespectador com a história é através do Yuya e não duvido que ele vá formar um harém ou algo do tipo com as três garotas que tem mais destaque na abertura e no encerramento – os quais, aliás, estão bons, assim como a trilha sonora que encaixou bem com a proposta –, o que é mais um clichê – na verdade ele todo é clichê, mas ao menos ia se rebelar na hora do estupro então não tenho porque achar ele um tosco por completo – e vindo de um personagem genérico em tudo, não me surpreende, mas sério, quem vê o anime por ele? Aposto que você só quer ver a “treta” rolando!

Ela vai acabar se apaixonando por ele, querem apostar quanto? Que seja muito, por favor!

Killing Bites pode ser uma completa porcaria, mas pode ser divertido, vai depender das suas lutas e das personagens femininas apresentarem algum carisma – não do Leomon, o Leomon só apareceu como convidado especial para arrumar público, duvidam? –, o que ainda não consegui enxergar tanto na Ratel, mas acho que ela pode melhorar com o tempo. Eu gostei, eu quero ver garotas em suas formas furry(?) se socando e se rasgando até a morte – okay, eu pareço um lunático dizendo isso –, e você, está pronto para aceitar a loucura animalesca e sensual que é Killing Bites em seu coração?

Aquele trio clichê e que pode ser divertido! Quem já está animado para vê-lo em ação?

  1. Estou adorando este anime ecchi com muito fanserivce, apesar de todas as críticas é um anime excelente e o melhor do seu gênero da temporada. O clichê está ótimo e eu adoro em todos os animes, não gosto de lutas, porradaria e nem pancadas! Eu gosto de assistir é meninas colegiais de 15 anos ficando peladas ou semi peladas na minha tela o tempo inteiro, quero ver calcinhas, peitos, bundas e muito sexo com meninas colegiais, é disso que gosto e aprecio nos animes. Nota anime primeiro episódio: 10/10.

Discussão