Olá!

Cada episódio é apresentado um jogador diferente. Já foram apresentados alguns jogadores gringos (a maioria é sempre dos EUA, não há como fugir disso) em segundo plano, só que neste um desses foi o principal, e este é o Thomas.

Thomas é um gringo super gente boa, porém muito esquentado. Ele tomou o lugar de uma pessoa muito importante para o Spiders: o finalizador, Segawa. No início de sua carreira no time principal, Segawa foi surpreendentemente bem. O seu contrato, na metade dela, foi duplicado: de 25 milhões por ano passou a ganhar 50 milhões por ano. Nada mal, não? Mas agora o seu desempenho caiu a ponto de ceder corridas e não trazer outras vitórias para o arremessador oficial do time, Akira (não duvido que ele tenha ficado de mau humor de novo e tenha levado o Bonda para tomar várias cervejas e dar esporro em alguém).

O desespero de um profissional que está prestes a ser mandado para a Liga Inferior.

Assim que Segawa foi rebaixado e mandado para a Liga Inferior, Thomas apareceu para mais uma aventura na Liga Principal. O americano de 25 anos ficou extremamente feliz, porém ao saber dessa mudança, não fazia a mínima ideia de como chegar ao local. Além disso é fluente em japonês (apenas se enrola em algumas palavras ou frases complexas), e sempre mostra que exalta o Japão e os japoneses (inclusive rezou para que os EUA e o Japão nunca mais entrassem em guerra quando passou por um templo)… exceto quando é sua vez de jogar.

Thomas parece ser calmo fora de campo, mas dentro é uma fera indomável que quer passar por cima de todos. Inclusive disseram que ele não conseguiu jogar melhor que Bonda porque sempre errava o local de arremessar as bolas. No início, o americano estava indo muito bem, até que decaiu e foi substituído. Isso, claro, não o deixou nada feliz, mas ordens são ordens! Mas trocar um canhoto por outro canhoto foi algo inusitados para todos, principalmente porque eles estavam jogando contra um time onde só haviam jogadores destros.

A surpresa dos comentadores não é para tanto. Escolher outro arremessador canhoto é bem arriscado.

Mas acredito que a mudança de Thomas para Bonda tenha sido apenas por um motivo: Thomas é alguém muito agitado e esquentado, então isso fez com que muitos de seus arremessos perdessem o seu efeito, tanta foi a força que colocava. Já Bonda é mais calmo e consegue acertar a maioria de seus arremessos, principalmente por causa do seu controle durante os arremessos. Sendo assim, não é à toa que Thomas não ficou muito tempo na Liga Principal. Além disso, o fato de cada time ter apenas 4 jogadores estrangeiros por vez o deixa sem muitas oportunidades. Os dois laterais e os outros dois rebatedores devem ter sido escolhidos a dedo e, principalmente, por conta de sua precisão e destreza.

Aqui, termino o artigo com uma mensagem de paz. Até porque, o Templo (ou Santuário) Yasukumi é conhecido como um memorial dos mortos durante uma Guerra Civil Japonesa (Guerra Boshin), além disso, após a derrota do Japão na Segunda Guerra Mundial, Yasukumi optou por manter o seu caráter religioso desvinculado do Estado.

Muito obrigada por ler este artigo até o fim. Até o próximo! o/

Discussão