Mumei-vs-Caska

No artigo sobre o episódio 8 de Kabaneri of the Iron Fortress eu comparei a Mumei à Caska, de Berserk, com foco particular na cena em que elas são salvas: Mumei por Biba e Caska por Griffith. Na verdade, nos dois casos, a cena em questão foi apenas o ponto de partida de uma relação de admiração e devoção da garota pelo seu salvador que definiria suas vidas inteiras. No caso de Mumei, é também uma relação de medo, mas isso se explica pelo seu cenário ser um local onde o medo está muito mais presente, com zumbis flamejantes (kabanes) tentando devorar pessoas. Mas Berserk não tem demônios comedores de gente também? Tem, mas eles só assumem esse papel na série depois da queda da Caska no Eclipse. A Era Dourada de Berserk é até bastante “normal” e poderia passar por uma série de fantasia medieval positiva como tantas outras (mas ainda assim melhor que a maioria delas) se o primeiro arco do mangá não fosse após esses eventos e por conta dele já não soubéssemos que tudo acabaria mal.

Enfim, longe de fazer uma longa comparação entre os enredos de ambas histórias, o que seria bastante difícil dado que um é um anime curto e em andamento e o outro é um mangá longuíssimo (e também ainda em andamento), compus uma série de imagens para comparar a cena da salvação de cada uma das garotas. Diferenças artísticas e de montagem à parte, as semelhanças estruturais são assombrosas e me fazem pensar se não são, afinal, propositais por parte da equipe de Kabaneri. Esse é um artigo de uma cena que vai comparar duas cenas muito parecidas em dois animes diferentes, os textos longos acabam aqui e abaixo fique com a sequência de imagens que preparei e que, espero, falem por si só.

Curta o anime21 no facebook:

Para aquecer, assista as cenas antes. Eu recortei e elas são bem curtas, a de Kabaneri tem menos de um minuto e a de Berserk tem dois minutos e meio:

Kabaneri of the Iron Fortress, episódio 8 – Biba resgata Mumei
Berserk, episódio 12 – Griffith resgata Caska

Agora sim, as imagens:

1. Oferta irresistível

2. Salvador

3. Surpresa

4. Desejo de viver/ser livre

5. Primeira gota de sangue: corrupção

6. Conforto

7. Sedução

8. Decisão

9. Resultado: mudança

 

Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Como sempre outra excelente matéria. Como bem referiste a situação da Mumei é muito parecida com a da Caska, eu acho que os roteiristas de Kabaneri se tenham baseado um pouco em Berserk, eu vi o anime mesmo sendo datado em termos de animação, mas posso afirmar que o Griffith era um líder nato que parecia de gostar dos seus seguidores/subordinados, ao contrário de Biba que pouco se preocupa com isso, o Griffith queria poder e mais poder, ele ia o obtendo através de vitórias militares, já o Biba quer a dominação total através do extermínio total das pessoas e Kabanes. Mas se me perguntassem qual deles é o mais filho da mãe eu diria que é o Griffith, nunca mais me esqueço daquilo que ele fez à Caska no final do anime e dos filmes também, aquilo foi doentio, além de deixar a Caska em estado vegetativo, destruiu-lhe a alma e o corpo, o Gatts quando presenciou tal cena até lhe saiu sangue pelos olhos de tanta raiva e ódio que ele sentiu pelo Griffith, fazer uma coisa daquelas com a Caska uma pessoa que o idolatrava e o seguia com lealdade em todas as batalhas só por soberba.
    Vamos ver se o final da Mumei não vai ser trágico eu espero que não mas nunca se sabe.

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Pelo menos acho (espero) que o Biba não vai virar um demônio, né? Mas vai saber, não sabemos tudo sobre os kabanes ainda, hehe.

      E sem dúvida a moral dos dois, Griffith e Biba, é diferente. O Griffith gostava de verdade das pessoas. Ele só não deixava isso “atrapalhar” ele – a única vez que a tristeza resultante de relações humanas o atingiu ele cometeu o pior erro de sua vida e invadiu o quarto da princesa Charlotte. Já o Biba, pelo menos até agora, parece manter uma distância segura de tudo e de todos, isolado em sua sala assustadora cheia de kabanes e um enorme coração azul kabane dentro do seu trem. O Griffith tinha a pureza da maldade de uma criança, enquanto o Biba é um veterano calejado e amargurado, um sociopata. O que une os dois é que são capazes de qualquer coisa por seu projeto de poder.

Deixe uma resposta