[sc:review nota=3]

 

 

Eu já estava na metade deste artigo quando fui informada de que o anime de Ore Monogatari teria não 12 ou 13 episódios, mas 24. Minha reação inicial foi: “ah, que daora, faz tempo que um shoujo não sai em 2-cour desse jeito! Devem estar mesmo acreditando nele, ou o hype foi maior do que o esperado.”. Meu segundo pensamento foi: “droga cara, vou ter de aguentar mais três meses desse robu-robu do Takeo com a Yamato? Sou obrigada, sério?”. Mas vou me conter um pouco, senão logo logo serei taxada como a escritora mais mal humorada deste blog, rsrs.

Existe um termo recorrente na nossa cultura que resumiria este episódio de forma sucinta, compreensível e acessível a todos os públicos, inclusive os de censura livre: O que diabos aconteceu aqui??? Parece que a premissa para o anime é que sempre precisa haver alguém em perigo, como se fosse uma cláusula pétrea no contrato dos personagens. O seguro de vida deles deve ser bem caro, principalmente o do Takeo, porque olha, desde Deadman Wonderland não vejo um personagem atraindo tanto infortúnio. vejam só: Takeo e Yamato decidiram sair para um piquenique como compensação pelo aniversário, mas caíram de um precipício, se perderam no mato e passaram a noite fora. Tipo, tava tudo lindo e fofo e cheio de glitter e borboletas, como aliás sempre rola com esses dois, até um corvo tentar roubar o broche que ela ganhou de presente de aniversário. E ela tentou pegar, mas foi arrastada até a beirada. Takeo a agarrou, mas ambos despencaram de uma altura razoável – na verdade, ele correu montanha abaixo. Primeira pergunta: porque diabos eles se enfiaram tanto na montanha pra um simples piquenique? Segunda pergunta: o quão pequena é a Yamato pra conseguir ser arrastada por um corvo? Eu tinha mais perguntas, mas acho que se eu continuar com isso vou tirar a graça de tudo. O resultado é que eles se perdem e estão sem sinal de celular, mas como têm suprimentos e estão milagrosamente inteiros, então tudo bem.

 

Ups!

Ups!

 

Enquanto os dois brincam de survival game, as amigas da Yamato estão em uma festinha do pijama, curiosamente perdendo mais tempo em fofocar sobre o namoro dela do que sobre si mesmas. Sei lá, é meio triste e tedioso isso, mas elas obviamente serão fundamentais para a trama, então deixa. Mas já que tô nesse assunto, o jeito que elas falam do Takeo é meio incômodo. Sim, eu sou uma garota, e garotas (hétero) adoram julgar os garotos de que gostam ou não, mas mesmo depois de conhecê-lo elas ainda o julgam mais pela aparência e pelo jeito selvagem do que qualquer outra coisa. É quase como se tivessem medo dele, como se todo o episódio do incêndio nunca tivesse existido. Posso estar sendo chata porque a maioria das fêmeas desse anime são umas bostinhas sem coração e eu desconfio de cada uma delas, mas eu queria que ele fosse visto como mais do que uma massa de músculos, de vez em quando.

 

Sdds festinha do pijama com as amigas, sdds.

Sdds festinha do pijama com as amigas, sdds.

 

 

Eu tava falando do casal 20, né? Beleza, então eu reafirmo o que disse um tempo atrás: Yamato é uma pervertida. Pros padrões de uma adolescente japonesa, mas é. E estar sozinha do meio do mato com seu namorado alto, forte, heróico, que luta contra javalis e prepara uma cama de folhas só pra ela (Tarzan?), tá difícil controlar o rubor. Cada coisa que ele diz, cada sorriso, cada toque a superaquece. E olha que eles nem se beijaram ainda! Dormir um ao lado do outro foi um teste complicado pra ela, ainda mais quando se percebe que intimidade é a última coisa na mente do Takeo! Tudo o que ele quer é mantê-la a salvo e confortável, isso inclui a sua presença constante ao lado dele. Deve ter sido hard pra ambos a hora de ir ao banheiro, eles deviam ter mostrado isso no anime, cara! Só que isso abriu mais uma discussão pra mim: o grandão é mais inocente do que o normal, ou são as garotas que realmente pensam em mais , digamos, em coisas a dois do que os garotos? Sim, porque considerando que as amigas da Yamato mentiram para a mãe dela porque supunham que os namorados queriam ficar sozinhos (leia-se: transar), não fazer comparativos fica complicado. Oh, tem essa ainda: a mãe da garota ficou tranquila por achar que a filha iria dormir na casa das amigas (minha mãe nunca que cairia nessa, sem ouvir minha voz e meu celular desligado? Feh.), mas e quanto aos pais do Takeo? Eu lhes digo: pouco se lixando. Não sei se é excesso de confiança do filho ou desinteresse mesmo, mas até o momento em que ele volta pra casa na manhã seguinte, os pais não dão uma gota de cabimento pra onde ele foi parar, aliás nem pedem explicação. Bom para o Suna, que finalmente conseguiu 24 horas de paz pra poder ler seus livros sem ser interrompido… Ao menos até a manhã seguinte. Eu mataria quem me acordasse cedo num domingo por bobagem, juro.

 

Pai do Takeo, melhor pessoa!    <3

Pai do Takeo, melhor pessoa! <3

 

Os dois estão bem, mas se isso não fosse uma comédia romântica boba as coisas poderiam realmente ter acabado em merda. As amigas de Yamato levaram um tempo pra sacar que ela realmente tinha se perdido nas montanhas, e a mãe do Takeo passou a noite cantarolando “I don’t give a fuck” que eu sei. Crianças, não mintam pra acobertar seus amiguinhos a menos que tenham certeza de que eles estão num motel ou sei lá, porque senão pode acabar mal. Nem todo mundo é fodão que nem o Takeo. Nem protagonista de battle shounen é fodão que nem o Takeo, então já sabem.

 

"Pera. Você passa a noite inteira fora, perdido no mato sozinho com sua namorada, mas a primeira coisa que me conta quando me acorda bem cedo num domingo é que quer aprender a usar emoticons? É SÉRIO ISSO?"

“Pera. Você passa a noite inteira fora, perdido no mato sozinho com sua namorada, mas a primeira coisa que me conta quando me acorda bem cedo num domingo é que quer aprender a usar emoticons? É SÉRIO ISSO?”

  1. Fábio "Mexicano" Godoy

    Eu sempre tive impressão que garotos são mais inocentes que garotas, que amadurecem mais tarde sim. Mas é impressão, não sei se é algum tipo de preconceito meu ou se existe algum estudo que comprove isso. De todo modo, no caso desses dois, o Takeo é sim mais inocente. De todo modo, nessa situação específica ele tinha desculpa: estava sobrecarregado com a responsabilidade de garantir a segurança da Yamato. Não que ele precise se sobrecarregar para conseguir isso, mas esse é o jeito dele.

    E eu fiquei com uma impressão (pequena, mas existente) que a mãe do Takeo ficou preocupada sim. Ele chegou pela manhã e ela disse “estava te esperando”, ou algo assim. Me pareceu preocupação, do jeito dela, do jeito da família Gouda, mas preocupação.

    Sobre o tom absurdo do anime, já me conformei que ele é, apesar de isso ser incomum em animes, cartunesco. Não importa quanto tudo pareça perigoso, eles nunca estarão em perigo de verdade. O Takeo só não encolheu como uma mola com a viga que caiu em cima da Yamato porque a arte ainda é estilo shoujo, não totalmente cartunesca, mas imagine que ele tenha se encolhido como uma mola, da mesma forma como ele desceu um paredão correndo nesse episódio carregando uma garota debaixo do braço. Pode imaginar o seguinte na hora que eles caíram também: caem só os corpos, ficam as cabeças, que caem em seguida puxadas pelos seus pescoços elásticos esticados. É cartum. E não mudaria nada a história.

    • Que garotos madurecem mais tarde é um fato, mas ao mesmo tempo eles costumam expressar a sua sexualidade mais cedo. É mais um fator pra discrepância entre esses dois ser tão interessante. E o Takeo se preocupa tanto em fazer o que é correto que acaba fechando os olhos pra coisas mais importantes. Mas é o jeito dele, então deixa quieto.
      Bem, que ela ficou preocupada é óbvio, ainda se trata do filho dela, mas a despreocupação com a qual ela demonstrou isso é engraçada.
      E interessante vc citar o tom cartunesco, se eu aceitar o anime todo como uma versão japonesa atual de uma obra Hanna-Barbera realmente dá pra dispensar muitas explicações e engolir muita coisa. E nossa, a cena do penhasco nunca mais será a mesma pra mim, hahahaha!

  2. Fábio "Mexicano" Godoy

    (ah, e você tem 50% de chance de ser a escritora mais chata do blog de qualquer jeito… que tal colocarmos isso na enquete de final de temporada dessa vez? LOL)

Discussão