Aquilo era o Goliath, o super chefe de nível do décimo sétimo andar da dungeon? Por que alguém se dá ao trabalho de derrotar ele? Tá bom, tá bom, pra ganhar experiência, como em qualquer outro MMO. Mas se um troço lerdo daqueles é o chefe, dá pra entender que os monstros terríveis dos andares intermediários sejam coelhinhos com cutelos. Os cachorros cospe-fogo não são muito melhores também.

E acha que estou exagerando? O Bell atravessou um salão enorme carregando a Liliruca e o Welf embaixo dos braços e o poderoso Goliath nem conseguiu encostar nele. Claro, tenho certeza que se encostasse, ia ser uma só também. Mas ele é muito lerdo, não chegou nem perto de encostar. E meio burro também, eu acho, me pergunto se com o tamanho dele não poderia ter chegado à saída antes (mesmo sendo lerdo, a passada dele é gigante, né) e impedido o Bell e seus companheiros de fugir. Ele nem cogitou isso, ficou vagarosamente balançando suas mãos pelo ar. Acho que o maior risco para o Bell era que destroços caíssem em cima dele. O raciocínio do Goliath deve ser tão rápido quanto seus movimentos físicos. E não foi caso isolado também, já que a equipe de salvamento também chegou lá sem um arranhão, e isso não seria possível se não tivessem fugido dele do mesmo jeito que o Bell. Com o protagonista o monstrão tinha pelo menos a desculpa que tinha acabado de sair da parede, sei lá, isso deve ser cansativo mesmo, mas e contra a companhia da Héstia? Ele tava cochilando quando eles chegaram?

Outra coisa que deduzo dessa cena é que o Bell é sim capaz de carregar alguém embaixo do braço enquanto foge de um monstro. Ou seja: ele poderia ter fugido do minotauro com a Liliruca sem arriscar a vida de ninguém. Foi a escolha dele ficar e lutar. E se o minotauro for mais rápido que o Goliath? Ora, um monstro padrão dos níveis baixos é melhor que um chefe dos intermediários? Não que eu duvide, mas olha o absurdo né. De todo modo nunca vi um minotauro correndo. Se fosse um coelhinho açougueiro ou um cachorro cospe-fogo vá lá, né, esses eu vi que correm bastante mesmo, mas minotauros até onde eu sei só sabem desfilar fazendo pose como se fossem modelos na passarela. E o Bell se arriscou para enfrentar aquela Gisele Bündchen de chifres. Mandou mal, Bell, mandou muito mal. Experiência é tão importante assim pra você, rapaz? A Lili podia ter morrido!

A ação desse episódio todo foi isso, o Bell fugindo do gigante recusado por Ataque dos Titãs por ser lerdo demais. O resto do tempo ele ficou conversando no décimo oitavo andar com a Aiz, com as gêmeas (aquisição recente para seu harém), com a Héstia que chegou lá para morrer de ciúme da Aiz, com a Liliruca que acordou para morrer de ciúme da Héstia, e chega de harém. Ah, mas tem uma cidade naquele andar! Bom, eu fiquei boa parte do episódio pensando que seria útil uma base avançada mesmo, já que é um andar seguro e imagino que nem todo mundo chegue até ali em expedições enormes como a da família Lóki então certamente poderiam aproveitar curandeiros, ferreiros e uma pequena loja de suprimentos. Mas uma cidade inteira? Esse lugar é muito mais movimentado do que parece, ainda que mais ninguém tenha chegado ali durante o episódio inteiro. O mais divertido sobre essa cidade é que no próximo episódio ao invés de ação teremos mais amenidades e muito papo furado enquanto o Bell a visita junto com a Aiz e a Héstia (e provavelmente todo mundo). Imagino que alguns fãs de Fate/Stay Night estejam adorando! Eles sempre dizem que eu estou errado quando reclamo dos episódios sem ação de Fate e tentam me convencer sobre como são necessárias conversas longas que me contam tudo, ao invés de me mostrar. Dungeon ainda tem ação demais comparado a Fate, mas esse episódio de Dungeon não deixou nada à desejar ao episódio de piquenique de Fate.

E fiquei com a impressão no final de que nada disso importa, pois seria tudo apenas um arco pessoal do Welf, para convencê-lo de que fazer armas mágicas é legal sim. Viu só Welf, não fez armas mágicas e seus amigos quase morreram! Então volte a fazer armas mágicas, rapaz! Em momento algum ficou claro que eu estava assistindo um arco do Welf, mas bem, quem se importa né. Quero dizer, além de mim. Temporada que vem pelo que vi haverão muitos animes de fantasia, e eu que adoro fantasia estou animado com esse prospecto, mas estaria muito mais se não estivesse com medo de trocar um Dungeon por cinco.

Discussão