[sc:review nota=1]

Presta atenção nessa: como as garotas são todas monstros, elas são mais animais do que racionais, embora tenham atingido um razoável nível civilizatório, suficiente pelo menos para se misturar à moderna civilização humana sem grandes choques. Elas são instintivas, não importa se é uma harpia cabeça de vento, uma centaura com um forte senso de honra, um uma lâmia que … ok, acho que a lâmia não mudou muito. Monstros no fim das contas são monstros afinal, não humanos. São instintivos, não racionais, ainda que tenham desenvolvido a razão em níveis aparentemente semelhantes à razão humana. Sensacional.

Chegou a lua cheia, e todas as mulheres do mundo (você é uma mulher? sabe que isso é verdade, não sabe?) sabem como ela afeta a ovulação, a fertilidade e a libido. Garotas normais de anime não sofrem desse mal porque normalmente são puras demais para isso ou já estão praticamente ovulando o tempo todo, ainda que tentem esconder. Monster Musume é um anime com personagens inumanos que na verdade são no fundo bastante humanos: a lua cheia chega e elas ovulam. E perdem o controle sobre suas ações. E atacam sexualmente o macho alfa do bando, e quase o matam.

Mas espere aí: elas mudaram tanto assim? A lâmia já vivia assediando sexualmente o macho do bando, e a harpia não era muito melhor, com a diferença que usava sua aparência infantil para simultaneamente abrir as defesas do macho fazendo-o acreditar que está em uma situação menos sexualmente agressiva e transformá-lo em um pedófilo. Sim, eu sei, ela já é grandinha o suficiente para essas coisas, mas o tema é controverso e há países que, não à toa, baniram pornografia com atores ou personagens que pareçam crianças, ainda que não sejam. E a centaura, hein? Ela tem todo aquele papo de honra guerreira e que tais, mas a primeira participação dela no anime foi correndo loucamente tentando encontrar um parceiro sexual. Qualquer um. E ela realmente escolheu o primeiro com quem ela trombou. Aquele momento “eu não sou uma égua” foi realmente o único em que ela teve um pingo de recato, mas não é como se aquilo tivesse consequência nenhuma já que logo em seguida ela permitiu que o macho fizesse exatamente aquilo pelo qual ela havia acabado de escoiceá-lo. E desde então ela tem sido uma fêmea bastante dedicada.

Agora falando sério, não tenho a menor intenção de ser moralista e dizer como mulheres devem agir. Se elas quiserem fazer como as personagens desse anime, se elas se sentem felizes e realizadas assim, como eu poderia criticar? O problema é que não estou diante de um anime feminista defendendo a liberação sexual das mulheres. Isso é um harém, uma realização de uma fantasia masculina, fazendo tudo o que um harém faz de pior. Garotas submissas que se apaixonam por qualquer macho tosco com pouco ou nada para oferecer além de ser “um cara legal”, que só encontram a felicidade ao lado dele, que brigam por ele, que fazem qualquer coisa por ele e aceitam tudo o que vier dele. Esse episódio subiu um tom na escala da porcaria e transformou essas garotas em bestas selvagens sedentas por sexo. Só não é hentai porque não aparece nada revelador e porque nenhuma relação sexual se consuma, mas isso está implícito na cabeça do espectador que gosta do que está assistindo.

Também não sou do tipo que acha que coisas que não me agradam ou que são “erradas” não possam ser feitas (aqui estou falando em obras artísticas, viu? e que não firam ou prejudiquem ninguém durante sua produção). Quer fazer Cross Ange? Faz. Quer fazer Dungeon? Faz. Quer fazer Monster Musume? Pode fazer também! Haréns são no fim das contas um prazer culpado, e eu, que não sou santo, me refastelo em muitos prazeres culpados de tempos em tempos, inclusive em haréns. Mas como eu disse sobre episódio anterior, esse aqui sequer tem algo que me agrade. As garotas continuam feias, elas só machucam ao invés de agradar o protagonista, que é um perdedor sem personalidade nenhuma, e já está no terceiro episódio e o anime fracassa em entregar sequer uma história, senão interessante, pelo menos divertida para se passar o tempo. Até agora Monster Musume tem sido um desprazer. E culpado.

Discussão