Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Opa! Tudo bom com vocês? E em mais uma semana já estamos no episódio 8 de Ah-Girl! Dá pra acreditar? O tempo está voando para mim, assim como cada episódio que, além de já ser curtinho passa rápido como um jato! Mas e aí, bora lá?

Ainda acho um pecado um anime de 12 minutinhos possuir uma opening de duração normal (mesmo gostando bastante dessa opening lol), mas fatos como esse superamos certo?


Como Aho-Girl é um anime mais curtinho existem algumas exigências que temos que relevar, na minha opinião. Por exemplo o foco que é dado às personagens, ou melhor, a falta desse foco em alguns episódios. No episódio 8, tivemos uma parte com um pouco mais das gyarus, que na verdade não parecem muito gyarus. No episódio foi deixado claro que 2 de 3 não possuem ao menos experiências amorosas (não que seja exatamente um padrão para gyarus), e até mesmo as roupas que elas usam não são muito chamativas dando aquele toque de gyaru. Mas a falta desses mesmos fatores cria uma comédia muito boa e não muito forçada.

Achei incrível o quanto os conselhos amorosos da Yoshiko fizeram sentido, apesar de ser uma idiota, a Yoshiko ás vezes também se mostra capaz de opinar e falar algumas coisas que fazem sentido.

Fiquei feliz com a volta da cena com as crianças amiguinhas (e mais inteligentes que a Yoshiko obviamente), e acredito que temos um infectada com a idiotice da Yoshiko… Mas a esperança é a última que morre e afina, elas ainda tem todo um crescimento, então nunca se sabe o que pode acontecer.

Voltamos à ver as cenas hilárias da Presidente do conselho estudantil também, e como sempre junto dela, o instinto de stalker do Akkun. Na verdade, ela acaba sendo um tipo de idiota também, mas uma idiota apaixona não?

Senti falta do Akkun, que como um dos personagens principais está sempre aparecendo e participando da maior parte do episódio. Na verdade, me arrisco à dizer que esse dinamismo colabora e muito para que o anime seja mais divertido e “inovador” de se assistir, já que não estão aparecendo sempre as mesma personagens em cada episódio, e ainda, uma divisão em partes com diversas mini-histórias. Esse é com certeza um dos charmes de Aho-Girl.

Mal posso esperar pelo próximo episódio no qual teremos o clássico Festival.E é isso pessoal, nos vemos na próxima! Bye :3


Comentários