Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

AHHHHH que delícia de episódio. De longe tivemos o melhor episódio até agora com batalhas, batalhas e mais batalhas para finalizar. Ao que parece, a espera por episódios assim foi recompensada justamente nesse, sem esquecer do próximo que promete também. Algo que me chamou a atenção foi o cenário que nos apresentaram até agora, afinal, não parece que teremos vilões fáceis de lidar como antes. Confesso que esse primeiro episódio do novo arco me empolgou bastante, o que evidencia a preparação que tivemos nos anteriores tendo aquela velha tática de preparar o terreno.

Engraçado que esse monte de mecha parece apenas um bando de inseto

Se por um lado tivemos uma bela injeção de hype, por outro algumas coisas deixaram a desejar, não atrapalhando todos os méritos presentes nesse episódio mas sim trazendo aquelas dúvidas sobre mudanças que seriam interessantes caso ocorressem. Uma delas a qual eu já havia citado se trata do nível de dificuldade, afinal, ainda que esse episódio tenha sido inteiramente composto por batalhas, na única que Ernie participou, tivemos um massacre, para variar. Claro, tivemos a luta entre as tropas do império e a ordem da fênix de prata; e ela foi desafiadora, maaaas não foi conclusiva e muito menos perigosa o bastante para nos trazer uma certa insegurança sobre a vitória absoluta dos “mocinhos”.

E lembrando que apesar de uma suposta superioridade em relação ao exército do império, suas máquinas não passam de imitações personalizadas de protótipos “antigos” de Ernie. E isso nos traz à tona aquela história sobre a falta de um perigo real. E claro, devemos considerar que já estamos no nono episódio de doze (se não estou enganado) e que talvez não haja tempo suficiente para desenvolver de uma maneira interessante a guerra. Seria loucura esperar uma guerra grandiosa, ainda mais se analisarmos a proposta da história e todo o seu contexto, mas espero que essa guerra no mínimo seja interessante ao ponto de não só prender a atenção como também gerar expectativas antes, durante e depois do episódio. Até o momento o anime vem conseguindo isso, ainda que tenha realmente funcionado comigo poucos episódios atrás (a partir do sexto, se não me engano).

Por fim, mas não menos interessante, eu gostaria de exaltar a animação do episódio. Foi ótima, apesar de não ter tido nenhuma sequência grande o bastante, conseguiu entregar belas cenas sem contrastar muito com o cenário. É aquela coisa, na luta do rei contra o príncipe tivemos uma conclusão rápida e no outro duelo, desta vez envolvendo membros da ordem da fênix e uma unidade inimiga, a luta foi interrompida. Por isso, concluo que apesar de ter sido um episódio bem animado, não teve nenhuma sequência que esbanjava aquela fluidez de encher os olhos. E eu espero que essa qualidade pelo menos se mantenha até o final que, até então, promete.

Comentários