Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Quero dizer, sobre o que foi esse episódio? Qual era o problema da garota? Não que eu não possa me relacionar. Ser blogueiro é sofrido mesmo! E ela é blogueira em mais de um blog, como assim? Haja sofrimento! Mas não é todo blogueiro que gosta de morangos, descobri recentemente. Eu, a exemplo da garota desse episódio (que tinha um nome peculiar, trato dele adiante), gosto. O Kiraht, meu colega aqui no Anime21, não gosta.

Bom, sem brincadeiras mais, esse episódio foi sobre nada. Digo, a garota em si não era importante. Depois de nove episódios, esse aqui resolveu finalmente lidar um pouco com a situação do protagonista, o Haruto. Bem pouco. Tão pouco que em termos de história foi o pior dos episódios, na minha opinião. Só dou uma nota boa porque gostei bastante da arte. Sim, no primeiro episódio também reclamei muito da história – e também acabei dando uma nota boa por causa da arte. A partir de agora quero mais do que arte bonita, 18if!


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Eu prefiro meus morangos com alguma cobertura doce, ao invés de sozinhos, mas cada um é cada um

Dependendo de onde você assistiu, a garota da semana se chama Hanako ou Jane. Os personagens claramente falam Hanako, e nenhum outro personagem teve o nome alterado na versão em inglês até agora, então por que Hanako virou Jane? Porque Hanako serve de nome genérico feminino no Japão. Não existe um equivalente exato em português, mas para mulheres adultas seria como chamar uma desconhecida qualquer, ou uma mulher hipotética, de “Dona Maria”. O mais comum é usarmos palavras que não são nomes, como fulano, sicrano e beltrano (será que um dia foram nomes? A origem dessas palavras deve ser super divertida). O equivalente em inglês é Jane Doe, o nome traduzido. Acho que posso “traduzir” também e chamar a garota de Fulana, que tal? Farei isso nesse artigo, assim não importa se você assistiu o anime com a versão Hanako ou com a versão Jane, ficará igualmente confuso!

Haruto com cara de cartoon antigo

Pouco dá para entender da história da Fulana. Provavelmente uma história relativamente genérica também. Ela apenas reclamou de ter sido uma criança frágil e não ter podido brincar tanto quanto gostaria com as outras crianças. Vale a pena parar e comentar sobre isso, eu acho: quem está dizendo isso é a própria Fulana. Crianças sempre acham que seus amiguinhos e amiguinhas estão melhores do que eles. Ganham mais e melhores presentes. Têm pais mais legais. Passeiam mais, brincam mais, etc. O que quero dizer é que a situação real da Fulana pode ser qualquer uma entre “garota normal com pais (ou a avó) excessivamente cuidadosos” até “garota realmente doente, sai pouco ou nada para a rua para brincar”. Ela não conseguir fumar nem mesmo dentro de seu sonho não é indicação de fraqueza, já que não se aplicam as mesmas regras para os sonhos. Talvez ela apenas acredite que não consegue com tamanha força que, de fato, não consegue. Mais ou menos como o Haruto acredita que mesmo em sonho não conseguiria nadar, então nem tenta.

E é o Haruto que importa nesse episódio, dirigido por Koji Morimoto, a grande mente por trás de 18if. Se nos episódios anteriores ele sempre foi corajoso, se ele sempre (com exceção dos episódios 7 e 8), de uma forma ou de outra, para o bem ou para o mal, convenceu as garotas a acordarem, nesse ele foi um covarde, que não entendia nada sobre a garota, que nunca sabia onde ela estava, que fracassou em sua tentativa de fazê-la acordar – mesmo que ela tenha sido grata pela intenção, por assim dizer. O episódio termina com a Fulana mais preocupada com o Haruto do que o Haruto com ela. Ela percebeu que ele também está preso no mundo dos sonhos.

De fato, e aqui vou especular, a facilidade do Haruto em navegar e lidar com o mundo dos sonhos, bem como a naturalidade com a qual ele aceita qualquer coisa com que se defronte, provavelmente indicam que ele está ali há muito tempo. A garota surda, Sono, já havia dito que ele é do tipo que se preocupa com os outros, quer ajudar os outros, mas não percebe quando estão tentando o ajudar. Ele parece ter, segundo ela diz, uma personalidade auto-depreciativa. Naquele mesmo episódio teve uma sequência do que parece ter sido a história do Haruto: as outras crianças zombavam dele e seus pais o desprezavam. A cena termina com o Haruto perdendo a consciência no fundo do mar. Talvez ele tenha tentado se suicidar? Ou tentaram matá-lo afogado?

Não há sinal, nesse flashback estranho do Haruto, da presença da Lily, embora no mundo dos sonhos ela o trate como irmão. Será que ela existe de verdade? De todo modo, o Professor Kanzaki conseguiu enxergá-la e conversar com ela nesse episódio, e nenhum dos dois pareceu muito surpreso com isso. Talvez ele tenha descoberto algo sobre a natureza dela (ou do Haruto)? Ou talvez a circunstância do Haruto naquele momento, nesse episódio, deixou a Lily visível? Pelo que falou, Lily não se expôs de propósito. Enfim. Não deu para entender muita coisa sobre esse episódio, imagino que talvez ele vá ter mais sentido com os próximos, talvez.

Kanzaki e Lily agora podem conversar e interagir

  1. Eesto indignado desse post inteiro não ter una foto do Haruto vestido de gatinho. Enfim, bem confuso o episodio mesmo, mas eu creio na possibilidade dela ser doente mesmo. Talvez seja uma homenagem a alguém de verdade a personagem desse episódio? Pelo que eu estava imaginando ela seria alguma música ou aspirante que não tinha sucesso, mas o fato dela ser blogueira foi uma grande reviravolta. Talvez ela seja um tipo de blogueiraqje fala de experiências pessoais, musicas, lugares, entre outros. O que me marcou nesse episódio, porem, foi a frase da avó: “Eu acho interessante como há maneiras diferentes de se viver a vida”. Achei simples e fantástico, é realmente incrível a Gama de possiblidades.

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      E eu tirei vários prints dessa cena =D Só não achei oportunidade para usá-los, mesmo. E ah, foram duas fantasias, reparou? Gato e rato. A maioria dos screenshots que tirei é dele como rato, porque é a maior parte do tempo e porque são as imagens mais legais =D Coloquei tudo online aqui, dá uma olhada: https://imgur.com/gallery/5sXUn

      Pelo que entendi, ela foi encheção de linguiça mesmo, talvez para cumprir um papel maior no anime – o que o episódio 11 sugere, pois tenho quase certeza que foi com ela que o Kanzaki entrou em contato. Ele tinha prometido a ela que se tornariam amigos no mundo real, né?

      Obrigado pela visita e pelo comentário! =)

      • Rapaz, que vida corrida, esqueci até de responder. Tem um texto do missão ficção que já vai fazer um mês que quero responder e não arranjo tempo. Estou atrasado com vários animes, mas doido pra ver, principalmente esse finalzinho de 18if. Tô com suas análises salvas pra ler aqui depois. Eu também vivo tirando print das cenas dos animes, HHAHAHAHA, esse ensaio do Haruto ficou muito engraçado. Tomara que a história se feche direitinho. Aliás, pelo que eu achei online esse anime é uma adaptação de um jogo. Você chegou a procurar algo sobre isso? Fico imaginando que tipo de jogo é.

Comentários