Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Youkai é um anime interessante por vários motivos. Um deles é que quando nada relevante acontece, na verdade acontece. Tudo acaba bem, mas sempre com uma linha tênue com o mal resultado. Dessa vez não foi diferente e Chiaki junto com toda essa confusão mostrou bem essa teoria. No fim, apesar de fazer uma jogada “arriscada”, Chiaki conseguiu obter sucesso em sua missão para mudar um problema que apesar de ter sido decepcionante, não o fez apenas olhar para apenas um lado da história e sim, propor de forma “autoritária” e negociante, uma resolução útil e severa.

Diria que esse episódio se resumiu em quatro pessoas: Chiaki, Yuuji, Kamiya e a professora idiota. Chiaki (que fez o papel de vilão), Kamiya (a salvadora da pátria), Yuuji (o pacificador) e Aoki (o estorvo). Se formos analisar de forma fria, Chiaki estava no lado certo da força, afinal, depositar sua confiança em alguém e na primeira situação de aperto ser traído, logicamente que você vai ficar completamente insatisfeito. Tive alguns professores do tipo e assim como no episódio, esse tipo de incidente acontecia e com certa frequência. Claro que diferente do Chiaki, eles não buscavam uma resolução ou um aprendizado para seus alunos e sim, uma punição.

Sim, é um crime que pode decidir e levar a consequências severas, como vimos nesse evento, mas mesmo assim tivemos pessoas que foram contrários em relação a sua palavra ainda mais quando o mesmo usou um tom mais severo. Outro fator que é interessante questionar seria sobre a mudança que a assembleia durou tão pouco em seu momento de confusão. Talvez a resolução de Chiaki não conseguiria atingir seu objetivo, mas com uma bela assistente(Kamiya), uma certa parcela foi atingida com sucesso. Yuji por sua vez soube utilizar seu cérebro num plano emergencial e preciso, sua frieza e maturidade o fizeram tomar a atitude certa, antes, durante e depois. Será que o velho Yuuji teria ajudado de alguma forma?

Tivemos ações e ao que parece, as reações e consequências de tudo irão vir à tona logo logo. Foi deveras interessante acompanhar a resolução de um problema que inicialmente se tornou em algo grande, mas ver a realidade sendo mostrada na obra quando vimos certos personagens fazendo críticas em relação ao professor me fez lembrar dos “velhos tempos”. Aoki como sempre atrapalhou com suas ideias distorcidas e sem sentido e Kamiya, foi aquela que, após um tempo soube ler a situação e tomar as medidas em busca da resolução merecida. E ao que parece, ainda tem muito pela frente!

Comentários