Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Bom, UQ Holder chegou ao seu ponto crítico, o duelo entre Touta e seu “avô” Negi. Confesso que estou muito surpreso com o fato desse acontecimento ser agora, mas fazer o quê né, UQ Holder me trouxe várias dessas surpresas, infelizmente.

Voltando ao episódio, vimos que apesar da grande nostalgia que o anime vem trazendo para os antigos fãs de Negima, a utilidade (numa batalha) de tais personagens varia bastante. Uns estão do lado  “maligno” e outros teoricamente neutros e em meio a toda essa confusão, a batalha que pode definir o destino do universo irá começar.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


O episódio já começa numa parte interessante, ou melhor, continua ela. Sim, Touta é realmente um mero clone de seu “avô” e logicamente isso chocou essa criança que possui menos de 5 anos. Sinceramente, o modo como isso foi tratado me incomodou de certa forma assim como o anime vem fazendo em relação a Touta. Apesar de parecer sério em algumas horas, em outras onde se espera algo a mais (ou não), ele simplesmente parece um cabeça de vento que consegue resolver problemas internos num passe de mágica, ou melhor, em um duelo contra alguém forte.

Nesse caso tivemos sua entrada num torneio de grande importância (apesar de não parecer). Claro que se apenas isso o mudasse, poderíamos concluir que ele era apenas mais um protagonista de shounen genérico (como já parece bastante). E nessa questão, tivemos algo muito curioso acontecendo: antigas alunas e companheiras de seu avô, com suas palavras e ações movidas pela nostalgia e saudade de alguém querido, o confortaram e conseguiram encorajar um garoto que apesar de não parecer, havia perdido um pouco de sua felicidade e talvez, seu rumo.

Porém, o ponto alto do episódio ainda estava por vir. Após conseguir sua entrada no torneio, Touta teve de enfrentar alguém no mínimo curioso, afinal, por que aquela garota estava chamando-o de irmão? Seria ela um clone também? Talvez isso não importe tanto visto que temos ninguém menos que Negi, ou melhor, a Maga do Início, aliado a essa inimiga. Obviamente Touta não iria ganhar de alguém que tem todas as ferramentas para bloquear seus ataques e muito menos de alguém completamente superior, a menos, é claro, se ele tivesse ajuda. Tudo cooperou para que Touta houvesse aliados fortes o suficiente para enfrentar aquele que poderá ser seu maior inimigo e com isso, o palco para a batalha final está armado. Qual será o desenrolar dessa batalha que decidirá o destino da humanidade?

Comentários