Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Como sabemos, os episódios recentes de Sangatsu no Lion estão colocando as nossas emoções à prova. Não vou dizer que não li os mesmos capítulos no mangá, o que seria mentira, mas posso dizer que os sentimentos transmitidos em ambos os veículos da mídia obtiveram o mesmo efeito sobre mim: o de realmente sentir o que é tristeza e frustração perante os olhos de outras pessoas.

Na obra anterior de Umino Chika, Honey & Clover, também consegui ter os mesmos sentimentos que nesta nova caminhada da autora, e posso dizer que as duas têm o mesmo poder de transmitir pensamentos tristes e dúvidas que perdurarão a vida toda. Para quem começou por Sangatsu e não teve tempo de ver H&C, recomendo. É uma obra fantástica, na qual faz o seu corpo estremecer, e o seu coração palpitar de emoção.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Nestes dois episódios, vimos dois tipos de amizade: a familiar e a de amigos mesmo “do peito” (embora Kiriyama fingisse ver Nikaidou como um estorvo, ou talvez só o conseguia ver como um rival mesmo). Como professor de Rei, Hayashida também se sentiu totalmente ansioso com a situação, até mesmo querendo ir à escola de Hina para resolver todo esse problema. Mas Kiriyama achou melhor impedir com que algo assim acontecesse, principalmente no dia em que talvez ocorresse uma reunião de pais, onde a Akari não teria chances de defender a irmã.

Assim como ele tem em mente como ajudar, não sabe exatamente como conseguir sabedoria para executar um bom plano

E um episódio complementa o outro. As emoções que não podemos conter com os dois personagens-foco além do Kiriyama – Hinata e Nikaidou – são tão intensas que sentimos todo o seu sofrimento sem pestanejar. Ela, com o sofrimento do bullying desde o início da segunda temporada e toda a injustiça provocada pelos seus colegas de classe, e ele por sua doença que tem desde criança, o que impede de muitas vezes conseguir terminar uma partida sem ter de desmaiar ou suar bastante.

Claro que não podemos nos esquecer daqueles que estão apoiando desde o início do anime, sendo familiares ou amigos. Kiriyama sempre ficou sozinho esse tempo todo, tanto em casa, quanto na escola, e se compadeceu com a situação que a Hina está vivendo atualmente no anime. Com os sentimentos de ternura, amizade e amor (em todos os sentidos possíveis, diga-se de passagem, porque até o professor notou algo), Rei a acolheu com um abraço quente (assim como fez no nono episódio assim que conseguiu ganhar a última partida do jogo dos novatos) e prometeu ajudá-la de todas as maneiras possíveis, até mesmo ganhando muito dinheiro.

Esta cena é muito importante, pois os dois estão com seus sentimentos em perfeita sincronia

E ele nunca havia entendido Nikaidou até o oitavo episódio, onde o mesmo desmaia em meio a uma partida por causa de sua doença. Como não podia fazer nada que as outras crianças faziam, ele decidiu ingressar no mundo do shogi, o qual abre diversas possibilidades para vários tipos de corpos e intelectos. Mesmo ninguém tendo fé nele, conseguiu ganhar muitas partidas onde ninguém colocava fé. Nem mesmo o Shimada tinha fé nele, até que finalmente soube de sua condição. E não vamos dizer que Nikaidou quer que os outros sintam pena dele, não! O próprio não quer mostrar sua cara para Kiriyama depois de perder de uma forma que para ele foi humilhante. Mesmo tendo uma dieta especial e tomando uma quantidade astronômica de remédios, Nikaidou nunca vai se recuperar do que tem.

E tomando todos os sentimentos de seu amigo e rival, Kiriyama tenta vencer o último jogador da competição de novatos, Junkei. Como sempre, o pessoal que tem o olho grande acabou falando de sua opinião sobre ele e o Nikaidou, e naturalmente que o protagonista não gostou nada disso. Mas podemos ver também que Rei finalmente conseguiu abrir o seu coração e escutou as opiniões dele, fazendo com que se preocupasse tanto com o ataque, tanto com a defesa, vencendo a partida.

ISSO AÍ, KIRIYAMA! UHUL!

Hinata estava sofrendo no nono episódio também, e os efeitos cruéis do bullying a afetaram de tal forma que começou a ter dores de barriga, justamente um dia antes de sua viagem escolar, onde ela se arrependeria se não fosse. Com muito afeto, além de ganhar uma partida importante, Kiriyama também foi checar a condição de Kawamoto, e a acalmou da maneira que pôde.

Muito obrigada a quem leu este artigo até o final, e nos vemos no próximo!

Comentários