Este episódio é muito especial em vários aspectos, e continuará sendo até que a partida comemorativa entre o Meijin, Souya, e o campeão da partida dos novatos, Kiriyama, termine. Provavelmente este é um dos quais pegou um monte de gente de surpresa, já que o “monstro do Shogi” fala com tanta desenvoltura que nem combina como age diante de uma partida. O desafiante sério e confiante enfrenta um menino totalmente inocente e amedrontado.

E o episódio já começou com aquela discussão que vimos em algum episódio que infelizmente não lembro o número. Provavelmente deve ter sido o décimo, já que o “Morita 2.0” havia aparecido. Realmente não me recordo mesmo, me desculpem… Mas, deixando isso para lá! Estou falando sobre o pôster de anúncio sobre as partidas que virão! Temos elogios infindáveis sobre toda a montagem daquele pôster enorme da partida entre Souya e Kiriyama, mostrando o quão joviais (se bem que Souya tem a idade do Shimada, mas por não ter problemas de saúde parece um “vampiro”, assim como a Avril Lavigne ou Keanu Reeves) e bonitos são. Agora sobre a partida entre o Shimada e o Yaganahara… acho que fizeram aquela montagem de propósito. Fotos pequenas e sem graça, sem brilho, e amostragem muito pior sobre a paisagem… não sei o que dizer, só sentir.

Mas vamos falar sobre o que aconteceu mais ou menos no resto do episódio, não é mesmo? O que acontece é que um jogador de Shogi é tratado como uma celebridade. Se formos usar alguma coisa como comparação, acredito que tenha mais fama que um ator, se você for fã de Shogi, claro. Não tem como negar, aqueles holofotes, cameraman, perguntas que não querem cessar, tudo isso e mais um pouco na sua cara fazem com que uma pessoa que nunca teve esse tipo de atenção antes ficasse acuado, e foi isso o que aconteceu com Kiriyama.

Aquele momento em que você pensa em várias coisas para falar, mas só sai um “vou fazer de tudo para não começar perdendo” (claro que a frase está completamente diferente, mas na minha cabeça foi mais ou menos isso que ele falou lol) q

Como o protagonista nunca passou por algo tão pomposo em sua vida, ele ficou realmente intimidado com tamanha suntuosidade. Até mesmo o seu quarto o fez ficar totalmente recluso. Nem mesmo o banho em águas termais em grupo ele tomou porque não consegue lidar com tanta gente. Mas, aí que está a diferença entre os dois jogadores: Souya, um homem que parecia apenas calado e compenetrado, se mostrou aberto a perguntas e até mesmo mostrou um lado que ninguém esperava: o de ser avoado. Nem mesmo com um vinho caindo no seu terno e gravata e refestelando nele todo o fez perder a compostura. Foi uma cena muito agradável de se ver, na verdade, pois pudemos ver algo que não veríamos em qualquer outro episódio de Sangatsu no Lion: um homem quieto e digno mostrando sua outra face com tamanha abertura e olhos brilhantes.

Aquela parte com um pequeno erro de interpretação na pergunta pela qual muita gente passa (até eu mesma)

Agora a partida entre os dois começará a partir do próximo episódio. Logicamente que vai ser algo muito desbalanceado, porque estamos falando de um REI e de um NOVATO. Mas isso não impede com que Souya não mostre um lado mais piedoso, mesmo usando vestes japonesas depois do estrago que ocorreu. E devo dizer que, mesmo sendo uma pessoa tão influente, ele não é daquelas que trata os outros com desdém. Souya é um cavalheiro, e claro que não tem como sentir ódio dele, já que todos são iguais aos seus olhos.

Aquele ser altivo e imaculado à sua frente

Discussão