Eu não discordo da decisão que o nosso querido Hiro fez no decorrer do episódio e provavelmente faria a mesma coisa. Mas, porém e entretanto, posso garantir que faria de um modo diferente, afinal, provocações daquele tipo são feitas para serem respondidas (eu não deixaria barato nem ferrando). Fato é que essa decisão afetou negativamente a situação num contexto geral. Afetou a missão, algumas relações e talvez até mesmo a confiança dos novatos. E no meio de tudo isso, temos mais segredos e detalhes sendo revelados e nos deixando ainda mais com dúvidas.

Como foi mostrado nesse episódio, Hiro era uma espécie de referência para todos daquele grupo. Um herói, um líder e aquele que os nomeou. Alguém que tinha em suas costas as expectativas de todos e de si mesmo (ou ao menos nós podemos deduzir isso). E por ter fracassado no “fim” acabou causando uma ruptura nessa expectativa/esperança. “Aquele que seria o nosso líder simplesmente é incapaz de exercer sua função”; “Como ele irá nos liderar?”; e esse descontentamento gerou emoções negativas inicialmente em dois deles. Zorome que parece ser apenas um cara extremamente chato e Mitsuru que mostrou ser alguém que se acha superior(?).

Até então ele não tinha chamado a minha atenção. Mas nesse ele já conseguiu o meu desgosto. As ações dele até então não tinham sido efetivamente ruins, mas ao mostrar má vontade em relação a sua parceira, expôs sua personalidade ruim. Havia uma boa chance de que Hiro não pudesse pilotar junto da Zero Two por conta de sua situação, mas esperar por isso e fazer o possível para estar numa situação favorável quando a hora chegasse, foi muito mais do que “trair” sua companheira. Mas será que se ele e a Ikuno estivessem na missão, teria sido diferente? Fato é que no fim ele mostrou que era apenas mais um que não aguentava o tranco, mesmo após soltar provocações encharcadas de orgulho e de um sentimento de superioridade que na verdade jamais existiu (da maneira que ele enxerga, é claro).

Não podemos esquecer dos vários detalhes que esse episódio nos entregou. De acordo com algumas falas do Hiro, eles parecem ter tido uma criação longe de ser ampla. “Você nasceu para fazer isso e proteger aquilo”, e tendo isso em mente, podemos começar a esboçar o tipo exato de criação que eles tiveram. E talvez algo que me intriga bastante é o passado da Zero Two. Ela conhece os conceitos, lugares e detalhes sobre o mundo que Hiro e seu grupo sequer imaginam. Por que eles não sabem sobre a cidade e por que eles não podem ir até ela sendo que sem eles, tudo aquilo já teria sido destruído? E por que as “cidades” no fim são chamadas de plantações? Se você observar a opening, verá que em certo momento é mostrado que eles fazem parte da 13° plantação e da 13° unidade.

Outros detalhes que podemos citar seria sobre a missão no final. Inicialmente tinha apenas um e estaria tudo bem, mas sabendo que outros poderiam ser atraídos no processo, por que enviaram eles? E cadê as outras equipes? A fala da Zero Two sobre eles TAMBÉM serem aniquilados tem relação direta com isso? Provavelmente sim, mas caso isso seja verdade, eles têm conhecimento sobre isso ou é apenas mais um detalhe que escondem deles? Afinal, eles são apenas cobaias/fantoches feitos para lutar contra os urrossauros sem sequer conhecer nada além dessa missão e seu inimigo? Por conta disso tudo, esperar pelo próximo episódio de Darling vem sendo uma tortura e para completar, o mangá está sendo lançado simultaneamente tendo 2 capítulos que adaptam o episódio 1.

Discussão