Gurazeni é o que o próprio título diz: o dinheiro está no campo. Mas vamos dizer que você está prestes a se aposentar e que seu destino mudará daqui para frente. É normal você se aposentar cedo e tentar outras carreiras quando se é do mundo do esporte. O primeiro jogador mostrado é um homem de 41 anos que está com a “vida por um fio”. Além de ter uma recuperação árdua por causa de uma fratura no pulso provocada por um arremesso mal calculado de Bonda, também estão planejando tirá-lo do time, dependendo de seu desempenho. A segunda parte também fala sobre aposentadoria, porém em outro âmbito.

Não é fácil você ser um ótimo jogador e decair bastante após uma lesão. Doterai, um dos titulares do Seouchi Carnavits, tinha um vasto número de home runs executados (afinal, quinhentos não é para qualquer um!) e um contrato de 400 milhões de ienes. Com 41 anos e tais feitos possibilitaram que sua carreira fosse extraordinária, exceto por um problema: Bonda. Claro que o protagonista não queria fazer um dead ball (quando a bola acaba acertando o rebatedor do time adversário e ele é obrigado ir à próxima base) de propósito. Isso nem sequer passou pela sua cabeça, tanto que, quando acabou acertando o pulso de Doterai, ele ficou desesperado.

Imagina o desespero. Principalmente de encontrar o mesmo jogador na sua frente um tempo depois.

Não foi uma cena fácil para se ver em nenhum dos dois lados, principalmente quando estão tentando contratar até mesmo estrangeiros para colocar no lugar dele. Isso porque ele não tem conseguido alcançar a próxima base, e nem mesmo consegue possibilitar uma corrida para os seus companheiros das outras bases. Acredito que ele seja o terceiro rebatedor, já que Bonda estava preocupadíssimo com o fato de ceder três corridas para o Carnavits. Isso porque se Doterai acertasse um home run (que ele acertou mesmo), três pontos seria dele. Mas enfim, o problema principal é a aposentadoria desse cara aí.

O sorriso sereno e confiante de quem sabe que vai acertar aquela bola.

Se Bonda não possibilitasse que Doterai fizesse um home run, com certeza seria o fim da carreira do adversário como titular, e ele se sentiria culpado o resto da vida por isso. Na verdade, ele já foi responsável pelo rebaixamento de um jogador logo no primeiro episódio, pois isso é “menos pior” que levar alguém a se aposentar. Pois bem, como esse conflito mental o atormentaria o resto da vida, foi muito bom ter cedido um home run para o Doterai, até porque isso não alterou o resultado principal: o Spiders venceu.

E aquele alívio de não ser responsável pela aposentadoria de alguém. Ufa.

A segunda parte complementou a primeira em questão de aposentadoria, já que um antigo jogador de beisebol se aposentou e virou um vendedor de artigos de beisebol, refrigerantes e comidas. Não que ele fosse um péssimo jogador, mas as chances talvez não estivessem a seu favor. Mas isso acontece, e provavelmente acontecerá com Bonda. Ele é um reserva, porém tem uma desenvoltura muito grande. Fazendo embaixadinhas, conseguiu atrair a atenção de um antigo jogador de futebol que não seguiu em frente na carreira. Talvez um dia o protagonista pare de pensar no valor dos contratos e melhore algumas jogadas.

Foi bem legal Bonda ter pensado no Doterai. Ele é uma boa pessoa e tenta pensar não só os companheiros de time, como também os adversários, exceto nas horas que pensa nos contratos dos outros q.

Obrigada por lerem este artigo até o final, e nos vemos nos próximos.

Discussão