Isekai Quartet começa sua segunda temporada introduzindo ao público o novo grupo que se junta ao elenco de estrelas do isekai contemporâneo, o grupo do herói do escudo de Tate no Yuusha no Nariagari.

Tenho que confessar que não gosto muito de seu anime, mas isso aqui pouco importa, visto que o ticket para entrar nesse crossover vem do sucesso que a obra faz aos olhos do público e do bolso da produtora Kadokawa.

Aliás, novos personagens secundários dos isekais cativos também apareceram, e por que não personagens de novos isekais? Por ora, só há o herói do escudo e sua party, mas o futuro promete em Isekai Quartet!

Ler o artigo →

Hatena Illusion é originalmente uma novel do já falecido Tomohiro Matsu, autor de Papa no Iukoto wo Kikinasai! e Märchen Mädchen, que foi concluída em quatro volumes. Não acompanhei o primeiro anime citado e do segundo eu gostava, apesar das críticas, nada infundadas, a produção terem sido sua marca maior.

Quanto a Hatena, “aparentemente” a obra mexe de novo com magia, mas de uma forma bem diferente de Märchen, e a produção também parece mais acertada. Meu medo mesmo é como a trama sera desenvolvida, pois a primeira impressão deixada pela protagonista foi uma das piores possíveis…

Então, sem mais delongas, deixe-se iludir, ou não, pelas minhas palavras!

Ler o artigo →

Logo no começo de Hataage! Kemono Michi nós temos uma excelente não apresentação ao mundo. Pois não há necessidade de explicações, aquele é um mundo padrão de Isekai. Mas claro, para Genzou Shibata, o protagonista, aquilo é mais que algo “padrão”, aquilo é o paraíso. Uma terra cheia de animais e criaturas antropomorfizadas (vulgo furry). A partir daí já dá para saber que esse não vai ser um anime lá muito normal.

Ler o artigo →

Breakers é um anime sobre deficientes incentivados a se debruçarem sobre o esporte e se tornarem paratletas, isso com a ajudinha de um cientista para lá de caricato, mas que não incomoda, não quando a intenção é a melhor possível.

O curta é transmitido em um bloco educacional da emissora NHK, está programado para 4 episódios (cada um abordando um esporte paraolímpico diferente) e é uma das várias produções que devem ganhar vida no ano de 2020 visando a promoção das Olimpíadas e Paraolimpíadas de Tokyo.

Ler o artigo →