Que o Rikuo é um cara deplorável todo mundo já sabia, que sentia ciúmes da Haru ainda não, o que pode parecer sacana da parte dele por gostar da Shinako, mas, vamos ser honestos aqui, não é fácil ser a melhor pessoa do mundo quando você gosta de alguém e alguém gosta de você, mas não se trata da mesma pessoa, né. Não que esteja querendo defendê-lo, é que ser vacilão como ele é algo bastante humano, e por que não comum?

A inserção de um quinto personagem a essa história de encontros e desencontros amorosos foi útil para movimentar a trama, mas, por outro lado, também me incomodou e mais abaixo vou explicar porquê. Ainda assim o episódio foi ótimo, entregando um olhar mais atencioso com a Haru, o que eu imagino que o público esperava após sucessivos episódios com maior enfoque em outros personagens. Enfim, é hora Sing “Yesterday” for me!

Antes de mais nada, quero escrever um pouco sobre a Shinako. Sei que ela apareceu muito pouco nesse episódio e que se permitir beber álcool é só um detalhe, mas de que outra forma as pessoas começam a mudar senão nas pequenas coisas? Ainda vai levar um tempo até ela chegar lá e, claro, vai ser preciso muito mais do que tomar umas, mas fico contente só do anime ter mostrado que está no caminho, afinal, eu adoro ela.

A Shinako pode não ser carismática e fofa feito a Haru, mas não subestimo seu drama e nem questiono sua maturidade como a mulher adulta que ela é. É muito fácil julgar o sofrimento alheio, o difícil é se compadecer com ele, tentar se colocar no lugar da pessoa (nesse caso da personagem). Não precisa ter passado por algo parecido para fazer isso, basta boa vontade e reconhecer o bom trabalho do anime em explorar o drama pessoal dela.

Enfim, só quis esclarecer o que penso (ainda que já tenha escrito em outros arigos), porque vejo muita gente, principalmente em rede social, comentando que detesta ela, o que me parece quase beirar a maldade (não que o telespectador não possa desgostar da personagem, é só que não vejo tanto motivo para isso). Em algum nível, acho até que maior, o mesmo acontece com o Rikuo, o que entendo, mas me leva a defendê-lo (sinto que boa parte do público pega pesado com ele).

Só que antes disso, preciso comentar o que me incomodou nesse episódio. Sei que não é impossível um quadrângulo amoroso virar um quinteto, mas mesmo assim achei um pouco forçado, é muita amor não correspondido atraindo amor não correspondido. Eu sei também que para efeito de roteiro foi algo bem positivo, além do personagem novo, o Minato, logo ter saído da história, então não vou insistir em reclamar disso, mas, por exemplo…

Se aparecesse uma sexta pessoa apaixonada por um personagem já apresentado não seria tosco? Esse é o meu medo, apesar de duvidar que apareça no próximo episódio, mas e se aparecer mais para frente? Estou certo que Yesterday já entregou o suficiente para seguir sem precisar lançar mão desse tipo de situação, agora que a bola foi levantada (que o Rikuo demonstrou interesse) é hora de agitar o relacionamento dos dois com o que já tem.

Focando no Minato, não achei estranho um cara tímido ter nutrido uma paixão por anos e ter coincidentemente reencontrado essa pessoa devido ao interesse em comum com um conhecido dela. É o tipo de acaso que rola na vida de qualquer um mesmo, conveniente dado o momento de indecisão sobre a própria vida pelo qual ele passava, mas significativo a ponto de explorar seus sentimentos como parte essencial de quem ele é e quer ser.

Me entristeceu ver ele sendo dispensado, mas não havia outra forma de resolver a situação, né? Além disso, ele estava conformado, só se declarou para findar esse assunto mal-resolvido e assim poder ir para outro lugar e se descobrir na famosa viagem de descoberta que todo jovem deveria fazer (mas nem todo jovem tem dinheiro). Legal que ele tomou a decisão mesmo após entrar na faculdade, mostrando que não é alguém de se deixar levar.

O Minato não me pareceu babaca em nenhum momento, pelo contrário, gostei do personagem porque ele foi honesto com seus sentimentos enquanto lutava contra sua própria timidez (não à toa se declarou sem conseguir olhar nos olhos da Haru), não é todo mundo que é capaz disso. Tentar entender a si mesmo e sair de uma situação em que se está infeliz (de uma graduação que não se quer fazer) também é uma qualidade de alguém maduro.

Mesmo sendo mais novo que o Rikuo o Minato parece lidar melhor com a vida que ele, ao menos no momento presente do anime, sendo justamente por isso que o Rikuo se incomodou tanto com o kouhai. E para piorar ele se aproximou da Haru no que foi talvez a “marca” mais prática deixada pela aparição desse novo personagem, a consciência, por parte da Haru, de que o Rikuo tem sim interesse nela, mesmo que ainda não seja amor…

Gostar de alguém e se chatear porque quem gosta de você não está te dando atenção é babaca sim, mas o quão hipócrita você pode estar sendo se só aponta o dedo para ele vendo o cara detestável que é em certos aspectos sem lembrar que você pode ter feito algo parecido. Não é incomum que você já tenha sido aquele(a) a não dar amor sendo amado, a negligenciar os sentimentos alheios, ainda que nem tenha se dado conta.

Sendo assim, procuro não ser leviano e crucificar o Rikuo. Inclusive, confesso que já passei por uma situação que considero até pior, namorar alguém e não corresponder aos sentimentos da pessoa. A grosso modo eu fiz o que o Rikuo ainda não me parece ser capaz de fazer, tratar uma pessoa como “plano b”, o que foi bem babaca da minha parte. Agora, admito que errei, espero que você seja capaz de reconhecer que também é falho, né…

E poderia erar, ou já deve ter errado, feito o Rikuo. Enfim, isso não significa que o Rikuo não seja otário, mas ele não está sacaneando a Haru porque quer, ele não faz ela sofrer por mal. Além disso, ela sabia muito bem em que precipício estava se jogando ao se aproximar do Rikuo nesse momento de sua vida. Também adoro a Haru e quero protegê-la de todo o mal, mas ela não é criança, se quer muito ele vai ter que passar por esses “perrengues”.

A própria Haru diz ao Minato que quer “jogar esse jogo” e ninguém sai impune dele, seja para o bem (podendo concretizar o amor que sente), seja para o mal (não tendo essa chance). Se há uma fagulha de esperança na qual ela pode se agarrar depois do aparecimento do Minato é a forma como o Rikuo reagiu a presença dele. Tem amor que nasce por acidente, mas tem amor que nasce de tanta água mole bater em pedra dura também.

Digo, tem amor que nasce do convívio, sem a pessoa sequer se dar conta ou admitir para si mesma, é um processo. Se for para o Rikuo se apaixonar pela Haru no final da história tem que ser desse jeito e as investidas da garota, nada sutis em sua maioria, são essenciais para isso, para ela preencher a vida dele e fazer de sua companhia importante, sinônimo de felicidade não só porque é agradável ter uma garota fofa atrás de você, é claro.

Por fim, não trate como Haru quem te trata como Rikuo, mas também não odeie o personagem por ele ser falho. Aliás, ele também é um personagem legal justamente por isso (ainda que eu não o ache encantador como acho a Shinako e a Haru, ser fofa não tem nada a ver com isso, eu juro…), não quero ver homens e mulheres perfeitos nessa história, pelo contrário, quero ver retratos de pessoas que poderiam muito bem ser eu ou você.

E você, está curtindo o anime? Eu achei muito gratificante o Minato ter vencido o concurso com a foto que tirou da Haru (a qual, aliás, ficou fantástica), se não pôde ficar com ela, pelo menos pôde guardar essa lembrança bacana do sentimento que teve. É assim que eu acho que as pessoas encontram a felicidade, tateando no escuro, se erguendo, arriscando, apanhando da vida, mas também sorrindo por aquilo que puderam tirar de bom.

Até a próxima!

Haru é a best girl da temporada, sim ou com certeza?

  1. Avatar

    Haru é kawaii demais pelo amor de Deus. Creio que tb so de uma entusiasmada maior pq rikuo nao esta tao afim. Entao nos divertimos vendo ela quase se jogando nos braços dele. Mas perguinto…até quando? Sobre Shinako nao vejo graça alguma nela, nao desconsidero sua maturidade, mas nao vejo muito sal nem pimenta nela, ou mesmo açucar, mas enfim…percebo q ela esta passando pro uma transformação tb e pode chegar a fazer rikuo ficar balançado mais a frente. Haru x Rikuo se parecem e muito, estao ferrados, porem acreditam na volta por cima.
    Minato foi quase como um episodio filler na historia, mas so demonstrou que Haku esta mesmo decidida assim reforçou o lance todo. A foto ficou maravilhosa, alem de ter deixado rikuo com ciumes.

Comentários