É hora de dizer a verdade!

Dois episódios em um artigo, ep 8 e ep 9, mas até  que foi  bom porque dá pra casar os dois no mesmo texto.

O episódio da semana passada (o ep 8) foi bom, vimos a face de todos os personagens até agora, e que nem tudo é o que parece ser, mas mesmo assim continuo fã do Midori, um dos melhores personagens do anime. E claro que como Hotaru é a personagem principal sua personalidade está em constante evolução no anime e não seria diferente nesses dois episódios.

Ler o artigo →

Desdo inicio sempre soube o que Mattsun iria fazer. Não é à toa que ele ganhou a competição quatro vezes. Midori você ganhou uma fã.

Darei de novo a pontuação máxima para AxK, isso porque foi um episódio ótimo mostrando que nem sempre a tática supera a improvisação e vice-versa.

Esse focou muito nos snipers (atiradores de longa distância), mas antes de falar dos dois personagens que tem essa função, vou deixar a descrição do que seria um sniper.

Sniper: Um sniper – em português chamado de atirador especial ou franco-atirador – é um militar ou membro da força policial que é especializado em armas e tiro de longa distância. O termo também é designado para as armas usadas pelos mesmos: sniper rifles. Sua tradução literal seria algo como “narcejeiro” ou “caçador de narcejas” (snipe hunter em inglês), porque normalmente só atiradores profissionais e ágeis conseguem atingir tais aves, visto que, elas são muito rápidas e espertas durante suas fugas.

Ler o artigo →

Sem título


Finalmente o TGC vai começar e isso deu um novo rumo ao anime o deixando mais interessante. Na semana passada fiquei revoltada por conta daquela explicação fajuta do Mattsun não aceitar meninas no grupo, aquilo me deu um ódio imenso, mas agora, depois de esse episódio, to vendo essa política  de outra  forma, e acho que eu já entendi o porquê (me lembrei do primeiro episódio do anime), mas não falarei disso agora.

De novo o episódio começou com o final do episódio passado. Mas aí você pergunta: Qual o problema nisso? Parece que estão compactando os capítulos em um só, o que me deixa um pouco incomodada, mas a diferença foi que dessa vez o final do episódio antigo durou só 10 min, dando muito mais ênfase ao começo da competição. Isso significa, eu acho, que daqui pra frente os temas irão ficar só em um episódio sem invadir próximo, ou seja, mais detalhes na história.

Ler o artigo →

Bundão! Só o líder porque é mais chamativo e mais experiente.

Revolta, revolta e mais revolta, foi isso que eu tive nesse episódio.

No começo fiquei meio revoltada com Mattsun, ainda o acho meio arrogante, não entendi o porquê de tratar a Hotaru (que aos seus olhos é um garoto) diferente da garota da sua equipe. Ta só porque Hotaru é “homem” significa que ele pode tratá-lo sem educação? No caso gentileza, sem rebaixar a Hotaru a um verme (parecia o Vegeta quando tinha alguém mais inexperiente lutando ao lado dele). A Capitã Sagara sim mostrou ser uma líder muito melhor, ela mal conhecia a Hotaru, mas com sua experiência no campo de batalha conseguiu fazer com que a Hotaru seguisse seus conselhos, e ainda fez com que a mesma percebesse que o Mattsun não era tão mal assim. Aprenda a ser líder Matsuoka! O bom foi que ambas partes refletiram no que erraram, pelo menos eu vi isso da parte da Hotaru.

Ler o artigo →

Esse cara praticamente mandou em todo episódio. (Doutor)

Dou três nesse episódio porque ao meu ver foi meio monótono. Mesmo com aquele começo eletrizante acho que por enquanto a evolução da personagem Hotaru está sendo meio chata. Esse episódio não teve um tema central já que começou com uma coisa e terminou em outra. Então você começa a ver o episódio achando que ele será de um jeito, mas acaba indo pra outra direção. O que eu posso dizer que é o doutor foi uma figura bem importante.

Ler o artigo →