Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

A lendária Ozen, A Imóvel, não passou a imagem de ser a pessoa mais simpática do mundo, pelo contrário, ela mostrou ser uma anfitriã assustadora, mas nada que abalasse a sempre confiante Riko.

Curta o anime21 no facebook:

Não parece, mas esta é uma conversa de meninos

Os fatos mais relevantes desse episódio aconteceram da metade para o fim, mas isso não significa que a parte inicial tenha sido inútil ou chata. Além da aparição de uma lenda viva, também fomos apresentados a uma figura muito simpática, que viria a ser o assistente da Ozen. Se não fosse a perspicácia do Reg, esse personagem iria enganar todo mundo, pois apesar da aparência e da roupa, Maruruk é um menino.

Embora não transmita confiança, Ozen não me pareceu uma má pessoa e, consequentemente, com cara de vilã, pois ela aparentemente não tem motivos para atrapalhar Riko. Caso ela quisesse causar mal a ela, com certeza ela incentivaria nossa protagonista a ir mais ao fundo do abismo sem precisar de nenhum tipo de experiência ou proteção, porque quanto mais se desce mais próximo da morte o explorador fica.

A anfitriã desse local, que parece uma base observação (ou algum tipo de acampamento) chamado de campo dos exploradores ou campo de busca (seeker camp), disse coisas duras para nossa jovem heroína, mas será mesmo que tudo que ela disse é verdade? Ou a Ozen quis apenas desestimular Riko a prosseguir? A possível morte de Lyza, A Aniquiladora, seria motivo suficiente para a protagonista retornar à superfície? Para as duas primeiras perguntas eu não sei a resposta, porém, em relação a última eu garanto que a protagonista continua determinada a ir até as profundezas.

Reunião das crianças

Encontrar sua mãe não é o único objetivo de Riko, pois ela também está interessada em saber a origem de seu companheiro. Se a mãe dela está realmente morta não dá para termos total certeza, afinal, como já disse, a Ozen não inspira confiança, mas, ao mesmo tempo, tenho impressão que ela não esteja mentindo.

Além da Ozen, vale a pena destacar o Maruruk, que é o típico personagem de aparência fofa, e tem como função auxiliar sua mestra. O fato da lendária apito branco pegar uma criança para criar prova que ela não é tão má quanto sua aparência sugere, embora isso não muda a ideia de que ela não é nada simpática.

Na parte final, temos as cenas mais interessantes, como a que mostra um monstro aparecendo perante Riko. Esta criatura, como disse Riko, não parece pertencer aquele lugar, e é bem diferente das criaturas já mostradas antes, que tem características mais próximas dos animais reais. Esta, por outro lado, tem uma aparência estranha e assustadora.

Ainda na parte final, temos a câmara misteriosa da Ozen. Quais serão os segredos que esse lugar esconde? Será que tem haver com as habilidades da Ozen? Será que tem alguma coisa que possa interessar a Riko? Será que nesse local tem algo que explique a origem da criatura que a protagonista viu? Todas essas perguntas ficam para o próximo episódio.

Por fim, destaco que a Riko está sendo muito exposta fisicamente mas por incrível que pareça serviu para alguma coisa. Por exemplo, no episódio cinco, a nudez dela mostrou o lado humano do Reg, e, agora, serviu para comprovar que o Maruruk é menino. Outro detalhe é que essas cenas não são erotizadas e mostra que a garota não se sente envergonhada, devido a sua inocência, quando se expõe ao Reg ou quem quer que seja. Outro aspecto interessante é o contraste entre a vestimenta da Ozen e a roupas das crianças, podendo significar que até mesmo num lugar sombrio como o abismo ainda podemos ver as crianças (Riko, Reg e Maruruk) agindo como tal, diferentemente da Ozen, que já passou muito tempo naquele lugar sofrendo com os efeitos do abismos, e conhece muito bem as armadilhas e riscos que esse tenebroso abismo tem.

Criatura bizarra

O artigo fica por aqui e até o próximo!

  1. Este episódio de Made in Abyss foi muito bom, como o anime já nos acostumou. Começando pela primeira parte, por muito que me custe dizer, já começo a reparar nalgumas falhas na animação (o que é normal na versão tv), aquele telescópio do acampamento, que no episódio 5 estava feito em 2D, neste sexto episódio estava feito com falso 3D, onde o estúdio colocou uma camada de cor destoada para disfarçar o 3D.
    A Ozen, dá medo, o próprio Reg ficou apreensivo perante tal figura imponente. Mas antes de falar directamente sobre a Ozen, vou falar da realidade do anime, fico admirado como o anime não tem medo de mostrar os efeitos nocivos do abismo, aquela subida da Riko e as consequentes complicações da mesma mostram isso. Foi só impressão minha, mas quando o Reg e a Riko sobem para a plataforma onde está o acampamento, estes pareciam seres insegnificantes perto da Ozen (também ela tem 2 metros, ela sozinha tinha quase o tamanho de um daqueles monstros que apareceram no episódio 4).
    Aquela conversa entre a Ozen e a Riko, foi meio estranha, a Ozen não parece ser má nem mentirosa, mas custa crer que a Lyza, uma lenda viva tenha morrido nas entranhas do abismo. Com esta conversa e com aquela aura sombria, a Ozen parece ser a vilã, mas esta tese cai por terra, se formos ver o aviso que ela deu à Riko (que me pareceu, para desmotivar a Riko de descer mais mais camadas do abismo) e aquele flashback que a Ozen teve sobre a Lyza também nos deixa na dúvida, se aquilo que ela disse à Riko é verdade ou não. Por falar na questão da morte da Lyza, aquele jardim de flores que a Lyza gostava só apareceu por um segundo no flashback, mas era lindo, o estúdio está de parabéns.
    Agora passando à ajudante da Ozen a Imóvel, a Maruruk parecia ser uma garota fofa e afável no começo, mas o Reg com o seu super dom de observação, descobriu que a final a Maruruk era um garoto e não uma garota (descoberta que ficou meio subentendida na legendas, mas sim a Maruruk é um garoto). O Maruruk é muito simpático, achei a reacção dele bem normal, quando pediu à Riko e ao Reg se estes podiam passear com ele ou passar um tempo com ele. Afinal ele está sempre sozinho naquela base, ele sentiu a necessidade de passar algum tempo, com pessoas da idade dele.
    Agora passando à parte creepy do episódio, que monstro foi aquele que a Riko viu no caminho do banheiro, ele parecia bem fora do normal se comparado aos monstros e criaturas daquele abismo (só eu achei que esse monstro parecia um porco sem cabeça e aberto ao meio e com patas).
    Passando a um ponto mais sério, que tu inclusive comentaste e bem no artigo, o excesso de exposição do corpo da Riko. Eu sei que tal exposição não é feita com a intenção de maldade e até foi útil em certas partes, mas às vezes fica mal. Tal exposição também mostra que a Riko é bastante inocente e não vê mal naquilo. Só espero que o anime não nos mostre mais disto e se foque no que é importante.
    Outra coisa que queria referir sobre este episódio, aquela parte do monstro teve um excelente uso de ost,esta ost encaixou muito bem na tensão que tal momento nos queria transmitir.
    Como sempre, mais um excelente artigo de Made in Abyss Flávio.

    • Flávio

      Se tu não falasse a respeito do telescópio eu nunca ia saber dessa diferença.A Ozen impõe medo com dois metros de altura e uma cara assustadora, enquanto isso a Riko e o Reg devem ter no máximo um pouco mais de um metro e meio. Se de um lado temos uma lenda viva imponente, do outro temos um aprendiz com aparência muito fofa, que me enganou muito bem (sendo sincero, me recuso acreditar que o Maruruk é um menino).
      No geral gostei da personalidade enigmática da Ozen pois não dá para saber direito se ela é boa ou má, mas ao que tudo indica ela não seja vilã apesar de ser pouco gentil. Se a Lyza estiver morta seria fim de jornada? Vale a pena para Riko correr o risco de ir até as profundezas para confirmar se a mãe dela está morta ou não?
      Aquele monstro estranho é um mistério, e o que ele estava fazendo no acampamento? Não me parece que a Ozen tenha uma criatura daquelas como animal de estimação.
      A ost de forma geral está sendo bem utilizada além de ser bastante variada.
      Obrigado pela participação! (finalmente eu respondi rápido)

      • A Riko está decida a ir quase ao inferno para ver a sua mãe, estando ela viva ou morta. Além que a Riko está com a pulga atrás da orelha, por causa da origem misteriosa do Reg.
        Por momentos cogitei que aquele monstro, fosse a Ozen em si, mas não faz sentido que uma lenda viva viva e imponente como a Ozen se transformasse numa criatura daquelas. Aquele monstro também pode ter sido uma alucinação, pois a Riiko ainda está sob os efeitos nocivos do abismo (vale lembrar que o suposto monstro não seguiu a Riko até ao seu quarto e isto já diz alguma coisa).
        Quanto à Maruruk, infelizmente esta é um garoto, aquela pergunta inocente do pobre Reg, provou isso. O que não deixa de ser revoltante e estranho, mas hoje em dia, quase todo o tipo de mangá e anime, tem aquele personagem cujo o sexo é desconhecido.
        Obrigado eu pela tua resposta extra rápida.

Comentários