Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

“Há dois tipos de mentiras: Uma é sobre fatos consumados, a outra é sobre deveres futuros.”

A qualidade das frases estão infelizmente decaindo, mas a do anime não. Essa frase foi bem simples e se referiu a um único fato do episódio, o modo como se livraram de uma possível suspensão do Sudo, e um também possível impedimento de suas chegadas a turma A.

Esse episódio foi divido em duas partes simples. A primeira se tratou do plano dos protagonistas, mais um dos inteligentes, onde eles forjaram a existência prévia ao acontecimento de câmeras de segurança, quando na verdade elas não existiam até serem cogitadas pela própria Horikita. Eles já deixaram bem óbvio, no caso os produtores, que será sim uma exigência para a entrada na turma A. Conseguiram fazer a turma C desistir da acusação, afinal estavam errados, mas para os 3 que “foram agredidos” isso custou caro… apanharam bastante para o “líder” da sua turma, porque ele é o líder, ou eles são os líderes, eu não sei.

Os prováveis comandantes da classe C

A segunda parte foi o salvamento heroico do Ayanakoji, que amparou a pobre garota prestes a ser estuprada. Agora convenhamos, bem burro da parte do rapaz de estuprar uma garota nas dependências do local onde trabalha, no sentido de todo o anime se passar nessa miniatura de sociedade que é este colégio. A conversa entre a Horikita e a professora foi bem interessante, é legal saber que mesmo sendo fodão, o Ayanakoji provavelmente é o mais problemático ali dentro, mas eu não entendi o que ela quis dizer quando falou aquilo de ser como ele.

Eu achei essa cena das perninha ligeiramente engraçada, pareceu que ela estava recebendo cócegas. Eu me permito rir pois estava óbvio que o Aya ia aparecer para ajudá-la.

Dessa vez não teremos nenhuma lei pois, em algum dos outros artigos, a lei que combina com este episódio já foi usada, que é a “Oculte suas intenções”. Caso não tenha visto, procure nos outros artigos deste anime.

Eu refleti um pouco e, talvez, estes líderes das classes sejam algo como a Kushida, a Horikita e o Ayanakoji da turma D, entendem? Mas ainda assim ele tem uma certa autoridade, digamos escrota, sobre os outros alunos da própria classe que não faz muito sentido, sabe? Talvez eles tenham poder aquisitivo elevado, o que explicaria muito. Será que o fator respeito e igualdade será o que fará a Turma D ascender as outras?

Por hoje é só gente, um grande abraço e até o próximo artigo!

Comentários