Lembra que no último episódio eu havia dito que o Shokugeki estava morto? Então, é melhor deixar isso pra lá, porque o episódio dessa semana foi basicamente um Shokugeki. Além disso, devo dizer que foi um dos bons, daqueles decisivos e com cara de luta de anime shonen. Neste caso, estou falando de como Souma venceu humilhou Eizan, e nem vem dizer que isso é spoiler. Ou você achava que o nosso protagonista ia perder essa?

Tudo estava arquitetado para a vitória de Eizan, a nona cadeira da Elite dos Dez, que comprou os juízes de todos os Shokugekis e pretendia acabar com o Dormitório Kyokusei. Foi bem legal conhecermos quem esse personagem é de fato, pois até então só sabíamos do seu lado administrativo. Pela primeira vez no anime tivemos a chance de ver Eizan em ação, cozinhando um prato de verdade, e entendemos porque ele tem o apelido de Alquimista.

Já fazia tempo que não tínhamos um Shokugeki de verdade no anime, e eu diria que esse foi o mais importante desta temporada. Isso aconteceu porque Souma e Kuga não se enfrentaram diretamente, mesmo que a rivalidade entre os dois tenha sido muito interessante. Este episódio me fez lembrar de como o desafio de culinária se parece com uma luta de um anime shonen, como Dragon Ball, Naruto, e outros do gênero.

Temos duas pessoas se enfrentando (neste caso não diretamente), usando suas habilidades (que não são “poderes”, mas não deixam de ser habilidades) e até mesmo conta com uma torcida composta por personagens coadjuvantes que comentam o que está acontecendo. É algo do tipo: “Essa não, agora Eizan vai usar seu golpe secreto! O Tempero Especial Super Apimentado!” / “É claro, o Tempero Especial… Esta técnica anula o campo de força criado por Souma. Foi uma ótima estratégia”. Espero que tenham conseguido entender.

Não tem nada a ver com o Shokugeki, mas o dedo do Souma não está meio grande aqui?

Voltando ao Shokugeki de fato, mesmo que o prato de Eizan tenha impressionado, é claro que Souma tinha um truque na manga: nada menos que um ketchup. Graças a este ingrediente, seu Gyoza rendeu uma ótima careta do Eizan, convenceu os juízes a comerem e, o mais importante, gerou uma ótima reação de Rindou. Eu sei que os fãs estavam esperando por esse momento, por isso a imagem não está na capa deste artigo à toa.

De todas as maneiras que Souma pudesse vencer este Shokugeki, acredito que esta foi a mais plausível de todas. Foi preciso mudar o pensamento dos juízes para que eles pudessem ter a chance de provar seu prato. Só isso já bastava, pois não havia dúvidas de que nosso protagonista superaria Eizan pelo paladar.

Mais uma profecia da abertura foi cumprida

Além disso, foi interessante ver como todos do Dormitório Kyokusei conseguiram resolver a situação em que estavam e não serem despejados (além de não ficarem só olhando, chorando ou coisa do tipo). Esses personagens estavam um pouco apagados até então, mas depois que a Erina foi morar com eles, agora ganharam mais destaque. É ótimo vermos todos funcionando em equipe, até porque foram um dos primeiros personagens que conhecemos da Academia.

Também é importante dizer que a própria Erina já está ganhando um certo desenvolvimento apenas por conviver naquele lugar. Ela está em um ambiente onde as pessoas não aceitam o que ela diz sem contestar e isso deve ter boas consequências para a personagem. Quem sabe ela fica menos mal-humorada?

Por fim, é claro que Souma teve que desafiar todo mundo da Elite dos Dez assim que venceu o Shokugeki. Se ele não fizesse isso, não seria o Souma que conhecemos. Levando isso em conta, vamos fazer um raciocínio rápido para tentarmos descobrir quem será a próxima cadeira a receber destaque na temporada.

A 10ª cadeira é a Erina, que está no Dormitório Kyokusei e vai ter um importante papel no fim desta temporada. Anota aí.

A 9ª cadeira é o Eizan, que acabou de ser derrotado e já sabemos de tudo sobre ele. Check.

A 8ª cadeira é o Kuga, que foi o primeiro personagem a ser explorado nessa temporada. Também sabemos tudo sobre ele, incluindo sua rivalidade com Eishi, a 1ª cadeira.

A 7ª cadeira é o Isshiki, que já conhecemos desde a primeira temporada, sabemos que é gente boa e está sempre com o pessoal do Dormitório Kyokusei.

Agora as coisas começam a ficar interessantes. As 6ª, 5ª e 4ª cadeiras foram as pessoas que apareceram logo depois que Souma disse que desafiaria qualquer um, inclusive alguém da Elite dos Dez. Esses três personagens ainda não foram apresentados adequadamente para o público, portanto não sabemos suas especialidades, personalidades ou seus passados. Neste caso, seria uma ótima oportunidade de resolver isso, até porque temos, pelo menos, quatro episódios pela frente. Ainda não sabemos se o anime continuará na próxima temporada ou acabará nesta.

A 1ª e a 2ª cadeiras nós já conhecemos: Eishi e Rindou.

Já a 3ª cadeira ainda continua uma incógnita para todos, mas ele tem uma peculiaridade em relação aos demais. Por eliminação, ele não votou a favor da escolha de Azami como diretor da Tootsuki, então quer dizer que podemos vê-lo do lado dos mocinhos a qualquer momento. Pelo menos, essa seria minha aposta. Além disso, por ele estar em um nível tão alto, diria que seria um reforço muito bem-vindo.

Tudo que eu disse aqui não passa de suposições e pode ser que o anime resolva me trolar e deixe essas cadeiras que ainda não foram apresentadas para uma futura temporada. Ou pior, simplesmente deixe-os de lado. De qualquer forma, já estou ansioso para o próximo episódio e na torcida para que os Shokugekis voltem com tudo. Afinal, eles são o prato principal.

Discussão