Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Barracas, termas, montanhas, paisagens, fogueiras, e mais um artigo de Yuru Camp que estou trazendo para vocês.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Eu posso estar sendo repetitivo (eu estou sendo repetitivo!), mas eu gosto de bater na tecla que Yuru Camp “segue um padrão”, não que seja um padrão da indústria em geral, mas sim o anime que cria um padrão para si, que ele tem seguido em todos os episódios até aqui. Esse capítulo foi o mais parado e calmo, houve pouca movimentação, também deu para notar certo desenvolvimento em alguns aspectos da obra.

Tivemos cenas bem bonitinhas, como essa aqui

Honestamente eu estou meio perdido no que dizer sobre esse episódio, foi basicamente igual os outros, a diferença é que esse foi mais parado (como eu mencionei antes), em relação a história, seguiu como o esperado, sem reviravoltas e desenvolvimentos profundos, mesmo assim a execução do episódio foi bem-feita, não deve nada a outros animes do gênero.

Eu não sabia da existência de “ovo empanado” antes de ver isso

No episódio vimos as nossas garotas seguindo com suas respectivas aventuras, como vocês viram no episódio passado. A Rin e as garotas do clube foram para locais distintos, cada uma das aventuras se desenvolveu de maneira diferente. A Rin acabou um pouco frustrada por não poder ir às termas, enquanto as outras acabaram dormindo e consequentemente se atrasando para chegar no camping; no final (como tudo nesse anime) acabou bem. O anime realmente deu uma decaída, não que ele esteja ruim ou algo do tipo, mas os outros episódios foram mais interessantes e acrescentaram mais ao enredo, a execução deles também foi mais bem-feita. O que realmente salvou o episódio foi o final, nele vimos a Nadeshiko e a Rin trocando fotos das paisagens dos locais onde elas estão durante a noite, é com certeza uma das melhores cenas da obra até aqui, eu também imagino que essa cena final poderá servir de gancho para Rin finalmente entrar no clube, talvez ela possa refletir sobre isso e pensar que seria melhor se ela conseguisse apreciar aquelas paisagens junto com as suas amigas.

Outra bela cena que o anime nos proporcionou

Outra coisa que eu gostei no episódio foi que as outras duas membras do clube, a Aoi e a Chiaki finalmente ganharam algum destaque a mais; isso é importante já que elas fazem parte do grupo de personagens principais.

Eu quero que em episódios próximos o anime fique um pouco mais animado, foi um episódio legal, mas eu não posso dizer que necessariamente foi uma experiência divertida. O erro de muitas obras do gênero é ter muitos momentos maçantes e desinteressantes, eu gostei muito dos 4 primeiros episódios, eu não quero que Yuru Camp tenha uma queda justo na metade do anime. O “miolo” de qualquer obra é tão importante quanto o começo e o final, é partir dele que os eventos do começo vão se desenvolver e também onde vai começar o desenvolvimento que vai nos levar aos eventos do final (ou qualquer coisa parecida com isso…).

Outra cena que valeu a pena

Eu também gostaria de colocar aqui no artigo sobre a personagem Ena, apesar ser considerada como main no nosso famigerado MyAnimeList, ela pouco apareceu na história e não teve qualquer tipo de relevância até aqui, eu espero que quando ela for ganhar mais importância não coloquem ela de qualquer jeito no enredo. Em alguns raros momentos com a participação dela, eu tive a impressão de que ela é indiferente ao fato das outras gostarem de acampar, eu espero que quando ela ganhar mais destaque (se ganhar mais destaque) façam algum trabalho para ela desenvolver interesse pelo assunto e não coloquem ela ali simplesmente para ‘”preencher tabela” como eu já vi diversas outras obras fazerem com outros tantos personagens.

Então é isso, nos vemos no próxima semana.

Algumas dicas do clube para vocês

Comentários