Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Bom dia!

É quase engraçado tratar Fate/Extra como um game porque, bem, ele originalmente é um game (como quase toda a franquia Fate). Nesse episódio a Saber explicou para o Hakuno, o protagonista, mais ou menos como é a mecânica da Guerra do Santo Graal, e o anime acha que é só dizer que o garoto perdeu as memórias que isso deixa de ser exposição. Basicamente, é um jogo, e se passando dentro da realidade virtual controlada por um computador e tendo vários outros jogadores, é um jogo online: a Guerra do Santo Graal Online.

Curta o anime21 no facebook:

O game original não é online. Mas isso não importa, enfim. Pela descrição da Saber, eu acho que a mecânica dessa guerra é parecida com um game de luta, não? O game original não é de luta, e essa é a última vez que o cito nesse artigo. Enfim, é um jogo do tipo “vença inimigos em sequência, um por vez, e seja o campeão”. Ao contrário de games de luta tradicionais não é preciso vencer todos os demais adversários, porém. Nesse particular a Guerra do Graal de Fate/Extra se parece com um game de esporte, com chaves e disputas um contra um. Estrutura de esportivo, sistema de batalha de game de luta? São supostamente 128 mestres competindo, então são necessárias 7 vitórias (27 = 128) para sagrar-se campeão. Nos demais Fates são sete pares mestre e servo disputando, em Extra são necessárias literalmente sete vitórias contra outros mestres e seus servos. Se for como a Saber sugere tudo faz algum sentido e continua sendo a mesma coisa ainda que seja totalmente diferente.

E se for diferente do que a Saber sugere então terá sido uma exposição além de tudo desnecessária. Estou insistindo nisso mas não achei a exposição ruim, não. Quero dizer, qualquer coisa é melhor que três caras andando em círculos e conversando monotonamente durante meia hora (pois é, Fate/Zero, nunca vou te perdoar – mesmo assim gosto de você, juro!). Se qualquer coisa, o Shaft faz diálogos expositivos muito melhores do que a Ufotable. Mas não é só porque é agradável de assistir que essa exposição justifica sua existência. Através das longas explicações da Saber sobre ela e seu mestre, a Guerra, os demais mestres, os níveis que devem subir, etc, entendemos um pouco melhor a própria Saber.

E que personagem carismática, não é? Está sorrindo e animada o tempo todo. Se acha a última bolacha do pacote (e tecnicamente ela foi, mesmo), uma serva entre os servos, um programa de computador particularmente especial, e mesmo assim não demonstra arrogância ou síndrome de superioridade em nenhum momento – nem mesmo quando conversa com outras pessoas além de Hakuno, seu mestre. Eu aposto que todo mundo já sabe quem ela é e eu poderia já nesse artigo tratar disso tentando explicar sua personalidade, mas vou fingir que eu não sei e ninguém ainda sabe, como quer o anime. A Saber não é arrogante e também não é nem um pouco pudica.

Ainda bem que protagonistas de anime sempre são garotos puros, porque no mundo real (ou mesmo no mundo virtual fictício dela, se não estivesse pareada com o Hakuno) não há muitos que resistiriam aos charmes de uma bela garota loira com um corpão que entra nua no banho com você e o chama de mestre. Ou maestro, vá lá entender o fetiche dela. Mas para alguém que usa um vestido translúcido que deixa a calcinha e parte das nádegas à mostra talvez seja um pouco frustrante ter um mestre tão sem libido. Se o seu garotão não colabora, talvez aquelas garotas que vieram “amistosamente” levá-los à força até o prefeito possam dar o que ela quer?

Veja só, se deviam derrotar um mestre por nível até alcançarem o sétimo, parece que vieram ao lugar errado. Segundo uma (ex-)mestra que encontraram em um bar, todo mundo que chegou ali vendeu seus servos para o prefeito e agora vivem eternamente nessa cidade virtual. Bom, todo mundo menos um mestre, ela revela no final, mas não é esse mestre que eles vão encontrar. Não agora pelo menos. É o safado do prefeito mesmo. E safado no mal sentido, não como a Saber (embora eu aposte que ele é safado como a Saber também, para ter uma força policial composta apenas por garotas boazudas). E mal intencionado. E assassino. E é o desgraçado do Shinji que conseguiu carimbar sua viagem para o primeiro nível matando o Hakuno.

Você!

Por algum motivo que me escapa (talvez ele tenha esquecido até mesmo disso?) Hakuno não fica imediatamente furioso com Shinji. Na verdade não fica nada furioso. Escuta toda a sua proposta sobre vender a Saber e viver feliz para sempre nessa cidade cibernética, e só recusa quando o pilantra salafrário cafajeste lhe diz que vai, essencialmente, formatar a serva e usar o espaço dela para gravar algo melhor (pornografia, aposto). É aí que o prefeito revela que ele é um crápula sim, mas agora ele é diferente de quando ele estava na escola! Lá ele precisou improvisar, se o Hakuno não fosse tão inocente (ou se ele não tivesse dado a sorte de encontrar o Hakuno ou alguém tão inocente como ele) Shinji teria morrido. Não, não, agora ele é um crápula preparado.

Você vê, ele estava disposto a negociar com o Hakuno. Mas ao mesmo tempo estava desde sempre pronto para ouvir uma rejeição e dar-lhe mais uma facada pelas costas – uma facada metafórica, dessa vez. Agora a Saber lutará sozinha contra três servos da classe berserker que o Shinji comprou de outros mestres mas guardou para esse momento de “necessidade” ao invés de formatar, e o Hakuno precisa sobreviver… esquece, ele já foi multiplamente esfaqueado de novo. Acho que esse é o fetiche do Hakuno. Agora ele está furioso e vamos ver o que isso significa na semana que vem!

    • Fábio "Mexicano" Godoy

      Não conheço o jogo (nem nenhum dos jogos de Fate), então não sei o quanto está fiel. Sei que o Nasu, autor original, criou uma história nova para o anime. Ele publicou sobre isso em seu blog pessoal. Se conhece o jogo e ainda está lhe parecendo igual (já vi comentários de quem conheço o jogo dizendo que está diferente, então realmente não sei), não se espante caso a história divirja em algum momento.

      O mais importante é que também estou gostando =)

      Obrigado pela visita e pelo comentário! Continue acompanhando as análises de episódio aqui comigo também =)

Comentários