Olá, tudo bem?

É perceptível o quanto eu estou gostando de Kokkoku, afinal, toda semana eu venho aqui elogiar um episódio, certo? Mas como posso dizer… há fundamento, Kokkoku sem dúvidas é a minha maior surpresa da temporada, pois era um anime que eu não apostava nada, mas que tem se mostrado um dos (quem sabe o) mais interessantes que eu estou vendo atualmente. E o episódio dessa semana não foi diferente, manteve o nível dos anteriores. Aliás, talvez para mim, este episódio tenha sido o melhor dentre os cinco lançados até então, pois assim como os outros, ele revelou algumas coisas que eu queria saber e outras que eu nem imaginava que poderiam ser da maneira que foram. Definirei este episódio em uma palavra: TOP!

A cada semana Kokkoku prova um pouco mais que é sim algo diferente, que vale a pena você pegar ali vinte minutinhos da sua semana – na verdade um pouco mais, não pule a abertura, por favor, NÃO COMETA ESSE PECADO – para ver um novo episódio e com certeza, valerá a pena, e eu espero que mantenha esta qualidade de sempre estar em um nível acima de muita coisa que há hoje em dia por aí.

Agora ficou clara a determinação da Majima; antes já era algo explicável, mas agora é algo extremamente mais interessante, onde não só sabemos que as pessoas viram Arautos por conta do desespero, como também vimos que os pais e irmão dela viraram Arautos e como essa transformação aconteceu – assim como quase aconteceu com o Tsubasa há alguns episódios. Fizeram o simples e esta simplicidade está de parabéns, não precisou de um episódio inteiro de flashback para mostrar a determinação dela. Mais um ponto para Kokkoku, ele é simples, direto e eficaz em horas como essa. Mas será que a Majima vai conseguir levar os ossos? Talvez eles desapareçam ou qualquer coisa assim, não? Creio que em algum momento ela vai se bandear para o lado da Juri, pois já foi escancarado que ela não é uma pessoa má, ou pelo menos o anime quer que nós pensemos que ela não é.

Teorias, teorias, teorias. Os próprios personagens começam a fazer teorias com o único e incriticável propósito de entender o que está acontecendo e explicar para o espectador mais sobre o mundo, e a medida que os personagens comuns vão sabendo sobre as coisas, nós também vamos – é lógico que a Juri e o seu avô, e claro, a Majima, não são personagens comuns, certo?

Vou falar sobre a trilha sonora em todo artigo? Sim, eu vou, com certeza vou. É algo que precisa ser falado, pois Kokkoku também tem uma trilha sonora muito boa e eficiente, ele consegue passar apreensão quando quer, e este é provavelmente o sentimento mais presente durante os cinco episódios, e eu duvido e nem quero que isso mude. E a animação? Para mim, tem entregado um bom trabalho, não é um primor de arte animada, mas está há anos luz de ser algo ruim.

Sinto que algo vai dar muito errado!

É conveniente o Tsubasa achar que isso tudo é apenas um sonho. Bom… eu também acharia caso fosse ele e me encontrasse em uma situação parecida. E é claro que ele iria em casa em algum momento, e quando ele vê o corpo do Arauto no chão, fica claro que para ele tudo é um sonho. Bom, acho que com os acontecimentos vistos e vivenciados aqui, ele vai acordar deste sonho logo logo.

Bom pessoal, por hoje é isso que eu tenho para falar. Boa semana para vocês e até a próxima!

Discussão