Olá! Mais uma semana de Kakuriyo no Yadomeshi, agora o episódio 21. Cada vez mais vamos chegando aos últimos episódios da série, agora faltam ao todo 5 episódios para o término.Um tempo relativamente curto, então alguns fãs já podem estar pensando em como será ficar sem essa ótima obra semanalmente. Pensado de forma geral, temos algumas coisas a serem finalizadas ainda, mas vejo que com o tempo existente, é possível entregar algo bem construído e agradável.

O episódio dessa semana pode ter sido um dos últimos com a característica de introduzir personagens, afinal, a maioria dos personagens já ganhou o seu tempo de tela, e apresentou seu drama de forma respeitável. As cartas da vez foram a Jovem anfitriã do Oryo-ya, e o Jovem gerente da mesma, Nenê e Hibeoyshi, respectivamente. Além disso, Aoi novamente conseguiu manter seu lema de sempre ajudar ayakashi em situações de necessidade.

Sem mais de longas, vamos ao artigo da semana.

A primeira parte mostra a chegada da dama das neves no Oryo-ya, é claro que ela não perderia a oportunidade de ver um grande evento como o festival de fogos de artificio, e se utilizou do fato de ter cuidado de Hatori para ganhar uma hospedagem.

Na sequência apareceram ayakashis que disseram que poderiam vender o ultimo ingrediente sagrado para fazer o festival. Aqui irá se construir o drama do episódio. Mas,antes de falar sobre Nenê e seus problemas, é interessante comentar, será que esses ayakashis possuem mesmo esse ingrediente? Pela forma que a dama das neves reconheceu o líder é notável a importância de tais figuras, mas mesmo assim fico de pé atrás se eles possuiriam algo tão importante e raro.

Será que esse ayakashi sapo possui esse ingrediente final?

O drama de Nene se aflorou quando a Ryo agiu e conseguiu apaziguar o animo do líder dos ayakashi. É complicado quando a sua função é feita por outra pessoa com maestria, aquela agonia de não saber o por que de outra pessoa ser melhor naquela situação. Esse sentimento de inveja de Nenê, com relação a anfitriã do Tenjy-ya já era de longa data, então nesse episódio só aconteceu de vir átona. Toda essa tristeza proporcionada pela inveja, fez com que Nenê voltasse a sua forma de rato, deixando a todos preocupados, mais especificamente Hibeoyshi foi o mais preocupado, chegando ao ponto de pedir ajuda a Aoi.

Quando se trata de apaziguar clientes, Ryo é ótima.

Essa era a deixa para conhecermos um pouco mais do passado do jovem gerente do Oryo-ya, que foi uma grande aposta de Ranmura, e por isso sempre está trabalhando duro e rígido com tudo.

Ficou claro que ele gosta de Nenê, e que esse sentimento talvez não seja reciproco. Digo talvez, pois Nenê mencionou que sente respeito por ele, mas não quer dizer que ela tenha aberto o jogo inteiramente com Aoi. Segundo ele, Nenê gosta de Ranmura, o que é bem possível também, afinal, ele é o grande gerente do Oryo-ya de atos nobres, e trabalho reconhecido, é claro que ele chama atenção. Mas, Hibeoyshi possui esse laço de uma amizade de infância com Nenê, um grande acréscimo quando se trata de conseguir algo mais sério.

Hibeoyshi cuidando de Nenê.

Em nossa vida cotidiana percebemos que alguns de nós são melhores para umas coisas, e outros melhores para outras. Isso é o que faz o sociedade poder funcionar, pois se cada um desempenha uma função com maestria, faz com que muitos façam tarefas diferentes, tornado um grande sistema. É mais ou menos isso que se aplica a Nenê. Pois se a Dama das neves possui a habilidade de apaziguar clientes, Nenê consegue atrair bons olhares da maioria da população, e isso é essencial para qualquer que seja o estabelecimento. Ela possui o problema que a maioria das pessoas possuem, que é o de não reconhecer aquilo que são bons, e apenas invejar aquilo que outras pessoas são boas.

Sobre o romance do Rei Tenji tivemos bem pouco, ou quase inexistente. Mas, é notável quando Nenê fala que, Aoi poderia ser a namorada do vendedor (Rei Tenji). Isso quer dizer que já está ficando aparente a relação dos dois para outros também. Como sempre, Aoi não negou, mas também não afirmou nada. Espero ansiosamente para ver como Aoi irá reconhecer os seus sentimentos pelo Rei (isso é, se irá reconhecer mesmo).

Esse foi o artigo de Kakuriyo no Yadomeshi episódio 21. Um episódio mais parado, e que serviu para introduzir mais dois personagens ao público. Está chegando o momento que a obra vai precisar dar suas conclusões: seja com o festival de fogos de artificio, onde está Suzuran (existia algum plano por trás da atitude dela)? Também no romance de Aoi e o Rei Tenji, e é claro, a chave de ouro,  o futuro de Aoi, será que mesmo depois de pagar sua divida ela continuará no reino oculto? Bom, têm muita coisa ainda para ser exibida,  e daqui para frente espero que o autor faça isso.

Obrigado por acompanhar, até o próximo artigo.

Nunca se sabe de onde pode surgir o amor, da pessoa do lado ou de alguém que vimos pela primeira vez, até mesmo esse sentimento pode se atrelar a um ayakashi. Das profundezas do ainda misterioso mundo para os humanos, chamado de Reino Oculto, pode surgir um dos mais verdadeiros sentimentos…

  1. o cara falar que ele saber que ela gostado patrao e ela so gosta dele como amigo nosssssssssa doi demais isso sei com e e ele falo bem normal sangue frio.mas cincero.

    • TripLl

      Realmente é uma situação complicada. Não é qualquer um que conseguiria lidar “bem” com isso, essas aspas é por conta que, mesmo não transparecendo mágoa, ou algum rancor, não dá para saber precisamente o que realmente o personagem pode estar sentindo. Então, vamos ver daqui para frente se mais informações são dadas. Obrigado pelo comentário, e até o próximo artigo.

Comentários