Overlord acabou. Foi uma temporada que começou num ritmo lento e entediante assim como sua antecessora e acabou muito bem. Os planos de Ainz finalmente tiveram um início verdadeiro e até mesmo parece que teremos uma continuação. Sobre o episódio, foi interessante por conta do desenrolar (ainda que eu não tenho gostado de algumas coisas) e por termos visto o nascimento do império de Ainz. Lembrando que a resenha completa irá sair na semana que vem!

BEM VINDOS À UMA NOVA ERA

Gazef sabia que iria morrer. Ele tinha uma noção mínima de que não tinha chance alguma de vencer seu adversário e inutilmente pediu um duelo. Sinceramente eu ainda não consigo aceitar tal fato por conta de tudo que envolvia. A morte de Gazef não era necessária para ninguém e no fim acabou sendo uma perda grande, principalmente para o rei e o reino. Podiam ter negociado de alguma forma, afinal, só precisaria matar ou esperar que o velho rei morresse, não? Ainz conseguiria fazer isso acontecer rapidamente se fosse o caso e conseguir Gazef como um subordinado. No fim, nada vai me fazer mudar de ideia sobre quão inútil e desnecessária foi essa morte pois dava para evitá-la de tantas formas que daria para escrever um livro.

Aliás, você percebe que tal luta não tem sentido quando todos (além de você) querem te impedir, inclusive o seu adversário. Brain talvez não tenha sido enfático o suficiente para parar seu amigo e claro, quis respeitar o desejo final dele. Climb sequer conseguiu pensar em algo naquela atípica situação. E Ainz, apenas queria a espada que podia feri-lo mas Gazef não pôde aceitar tal condição (claro que eventualmente o Ainz vai pegar aquela espada para ele). O resultado da batalha não importava mais e sim o que aconteceria depois, Brain e Climb não queriam perder tal figura, Ainz tinha seus interesses e Gazef no alto de sua inocência queria ajudar seus companheiros com alguma informação útil sobre seu adversário.

Ah cara, que desperdício

E o começo da luta foi a morte de Gazef. Uma morte sem volta onde uma figura de extrema importância morria nos braços de seu inimigo sem direito à uma segunda chance. Uma morte que trazia desespero para aliados e inimigos que não sabiam o que pensar após tantas mortes e feitos inacreditáveis. O reino havia perdido grande parte de seu exército, os nobres teriam grandes motivos para pressionar o rei após tal derrota e o rei, perdeu seu grande apoio e talvez não consiga se reerguer. Ainz não mostrou apenas o seu poder, não conquistou apenas uma cidade importante de forma “simples”, ele demonstrou para à humanidade sua soberania absurda, talvez invencível aos olhos humanos e conquistou a fé das pessoas que acreditam nele, seja lá qual for o motivo.

Claro que mesmo após respeitar o desejo de Gazef, Brain não entendia o motivo de tal ato (nem eu entendo até agora). E ainda que Climb pudesse explicar que foi pela esperança de um futuro onde Ainz possa ser derrotado, o máximo que ambos puderam fazer foi aceitar a morte de Gazef e comemorar suas vidas e cumprir uma promessa. E se de um lado haviam pessoas que aceitaram a perda, de outro a queda de Gazef beneficia um grupo. O segundo príncipe finalmente poderá iniciar seus planos para tomar o trono para si junto de sua irmã e o nobre que esqueci o nome (que talvez tenha morrido). E a questão que fica é: qual é a opinião dele sobre Ainz e o surgimento de seu império?

Confesso que acho irritante essa visão distorcida que eles possuem

No fim, uma nova era se inicia. E-Rantel é a primeira cidade do império de Ainz e o mesmo tratou de iniciar uma entrada pomposa. É claro que as pessoas teriam medo dele e de seu exército e o teatrinho foi de certa forma necessário para atingir um resultado satisfatório. Ok, existiam outras formas de conquistar o povo usando a bondade por exemplo, mas, porém e entretanto, não faria sentido alguém como o Ainz fazer isso, afinal, ele é um ser supremo. Enfim, foi um bom episódio que dosou bem os acontecimentos e encerrou de uma forma digna para seu protagonista, o Rei Feiticeiro Ainz Ooal Gown.

  1. (Confesso que acho irritante essa visão distorcida que eles possuem) confesso isso verdade pura!!!
    e na minha opiniao deveria fica na fila de espera o anime porque varios coisas foi desnescessaria dentro de nazariki ok mas fora pessimo.nao preciava forca tipo 80%vida pessoa quer vai morrer tipo personagens do episodio 8 da tumba vida pessoal deles nao precisava mostrar!!! nao mesmo muita enrolaçao fora de nazariki sincero ninguem queria ver batalhas massacre em 3 temporadas.tipo cade pk lvl alto,outro aqui rival dele.e o outro reino que tento escravidar a vampira?a menina do cubo magico?
    que o cavalerio disse que ela e mais forte do que a vampira cade ela? novel ta parado se tiver poder ser daqui a 5 ou 10 anos

Comentários