Finalmente, um bom episódio! Recheado de fanservice, “yoshi, yoshi”, carinhos maternos, cuidados ao dormir. Com foco na Mamako, a chance do animê acertar é muito grande. E, mais importante: habemos maid Mama-san! #xupamasato

Ler o artigo →

Mais um episódio repetitivo, dessa vez sem service de qualidade. Finalmente, esse caso da Medhi está chegando ao fim. Durou muito mais do que deveria, ninguém aguenta mais aquela escola.

Esse episódio foi tão sem graça que o ponto alto foram os NPCs, para você ter uma noção de quão ruim foi. Eles são tão irrelevantes que nem cheguei a citá-los. Chegou a hora: como o MMORPG ainda está em fase de testes, os NPCs são apenas modelos padrão, sem individualização e design definido. É uma desculpa para reduzir custos de produção, apesar de fazer sentido dentro do animê.

Ler o artigo →

Mais um episódio de aulas: cozinha e natação. Bem divertido e engraçado. Algumas partes deveriam ter sido mais exploradas, mas conseguiu compensá-las com uma excelente cena.

Basicamente, esse episódio tem o mesmo padrão do anterior: aulas para ganhar pontos, a diferença de tratamento das mães com seus filhos, Medhimama trapaceando e brigando com sua filha.

Ler o artigo →

Entre compras de equipamentos, banhos no onsen e muita falação, um episódio bem tedioso e bastante decepcionante.

O que seria da party sem as armaduras necessárias para se defender dos inimigos? Afinal, estamos num MMORPG de relacionamento, mas os monstros estão por toda parte.

Mamako, como toda mulher, vai querer experimentar todas as opções de vestes, ficar 72 horas escolhendo, para, no final, não comprar nada. Mas, pelo menos, dessa vez, ela comprou algo.

Ler o artigo →