Bom dia!

A jornada iniciada na semana passada com a publicação do primeiro ranque de melhores animes por gênero finalmente chega ao fim.

Após os 5 melhores animes de Ação, Esportes, Comédia, Drama, Romance, Slife of Life, e Mistério, Supense ou Horror (sim, o último era mais de um gênero), chegou a hora de publicar os 10 melhores animes dentre todos os animes do ano.

Naturalmente, quase todos os animes desse ranque serão animes que já terão aparecido nos ranques anteriores (eles foram os melhores, afinal), mas não necessariamente todos. Na verdade, tem sido prática nossa desde a primeira edição do Melhores do Ano que o primeiro colocado não apareça em nenhum outro ranque, deliberadamente, então é pelo menos ele.

Quais foram os seus animes prediletos de 2020? Será que estão aqui?

Quais serão os melhores animes do ano de 2020 segundo a equipe do Anime21?

Ler o artigo →

Bom dia!

Mais um ano, menos um ano, mais dezenas de animes e você talvez esteja se perguntando, “tá, mas o que que vale a pena eu assistir?” enquanto examina assoberbado a lista de todos os animes do ano de 2020. Provavelmente não.

Em todo caso, para eleger quais, dentre todos os animes de 2020, foram os melhores, reunimos mais uma vez a melhor equipe de especialistas em anime que pudemos: nós mesmos.

Com a pandemia, adiamentos e cancelamentos de animes, além do impacto na produção nos animes que efetivamente foram lançados, essa tarefa foi um pouco mais ingrata do que de costume, mas acreditamos ter produzido resultado à altura do desafio.

Começando hoje e seguindo ao longo dos próximos dias publicaremos os melhores animes por gênero, culminando no ranque de melhores animes do ano.

Hoje, animes de comédia.

Ler o artigo →

Eu sempre me surpreendo com a capacidade dos clichês de se tornarem bons, quando eles tem todo um conjunto bem articulado e que os fazem funcionar melhor do que o esperado.

My Life as a Villainess: All Routes Lead to Doom! – ou Hamefura – é um exemplo claro desse tipo de obra, carregando tudo o que já se conhece sobre o universo das romcoms e simplesmente pondo isso num enredo diferente, apostando suas fichas em uma vilã que é tão protagonista quanto a própria mocinha da história.

Ler o artigo →

Como tudo o que é bom sempre precisa acabar, Hamefura seguiu a regra e infelizmente chega na sua conclusão já deixando saudades, apenas por ser uma história excelente no que se propôs a fazer. A nossa digníssima protagonista não só escapou da morte, como ainda salvou os amigos e a nossa diversão da temporada, então feitas as honrarias, vamos lá conferir o que foi esse final!

Ler o artigo →

A jornada de Catarina Claes sempre foi marcada por muito carisma e um grande harém – que só deve aumentar ainda mais -, mas o quão valiosa a garota de fato era, para seus amigos e pretendentes?

O ataque lançado pelo Sirius, abriu margem para que agora todos entendessem a fundo os seus sentimentos e se movessem em prol dela, nesse que foi o episódio mais dramático e emocionante de toda a saga romcom.

Ler o artigo →

EU SABIA! Desde o princípio eu estava encucado com o destaque que o Sirius tinha, agora finalmente jogaram as cartas na mesa e sabemos quem ele é. O episódio teve uma pegada bem tensa e até me surpreendeu por isso, deixando ainda no ar alguns mistérios quanto ao personagem e seus planos de eliminar a Catarina.

Ler o artigo →

Simplesmente fofo e tocante, essa é minha única forma de descrever esse episódio que foi praticamente dedicado a maravilhosa Anne Shelley. Apresentando uma história bem interessante e redondinha sobre o passado da empregada e sua jovem patroa, o anime não só faz bonito e agrada, como parece ter reencontrado o seu trilho central nessa etapa final.

Ler o artigo →

A Catarina está cercada de gente e cada um deles tem as suas intenções íntimas para com ela, sendo esse tema a grande sacada desse divertido episódio. O destaque da vez foi a Mary e nem preciso dizer que as reações “over” dela dominaram, fazendo a graça rolar solta do começo até o fim.

Ler o artigo →

Esse anime não cansa de me impressionar e mais uma vez a história ganha contornos dramáticos interessantes, ao passo em que não perde a sua essência leve e cômica, encontrando o equilíbrio perfeito entre esses tons. Quem teve o seu momento dessa vez foi a Sophia e fiquei surpreso com os twists na história da menina, não bastasse o que já sabíamos sobre a sua dura vida até aqui.

Ler o artigo →

Se por algum instante a Catarina achou que essas férias de verão iam ser algo pacífico e sem grandes problemas, ela com certeza se enganou redondamente – uma pena que seja um cone para notar esse porém. Antes as coisas caminhavam mais tranquilamente, mas agora a rivalidade está comendo solta e se a preocupação era morrer por ser a vilã, já é hora de ela pensar em causar mortes por ser amada demais.

Esse episódio foi simplesmente divertidíssimo e curiosamente não só encapsulou algumas questões que eu já havia colocado aqui, como ainda resolveu outras com maestria, se utilizando do bom humor e do carisma que só esse pessoal daqui tem.

Ler o artigo →